História 5 days to my death (Granny) - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Ficção, Granny, Terror
Visualizações 16
Palavras 889
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá fadas e Gnomos, turu bom?

Gente me desculpa, sério! Por favor não desistam de mim, eu sei que vacilei de mais, mas amanhã vou postar outro cap sem falta, que aproposito será longo

Boa leitura

Capítulo 8 - Day 3: end of day 3


-Vamos logo!- Eu fui pegar na mão do Kirk para ajudar ele a levantar mais o Adam o pegou antea,

-Deixa que eu te ajudo- Adam

-Que clima ein Shelly- Lindsey

-Vai cagar Lindsey, vamos nos separar, dois vão abrir o cadeado e os outros vão pegar a arma

-Sim senhora- Kirk prestou uma continência, ele está montado nas costas do Adam

-Mas o Adam não era fraquinho?- Lindsey falou com cara de deboche

-Eu não estou tão pleno quanto pareço- Adam disse com uma cara de cansado

-Então vamos, Kirk e Adam vão pegar a arma, e eu e a Lindsey vamos abrir o cadeado

Todos nós saímos pelo buraco na parede, eu e Lindsey começamos a subir as escadas enquanto os meninos passaram por outro buraco, eu empurrei a porta bem devagar, eu coloquei a cabeça para fora e olhei em volta para ver se a velha estava por perto, sinal algum dela

~Vamos~ Eu e Lindsey saímos, e passamos com cuidado para não disparar a armadilha barulhenta da Granny, eu abri o cadeado e ele caiu, fazendo barulho, eu e Lindsey fomos correr, até que eu pisei em falso, e coloquei meu pé dentro de uma armadilha de ursos, ela se fechou e prendeu minha perna, os dentes de metal perfuraram minha pele, eu soltei um grito e pude ouvir os passos da velha vindo em minha direção

-Tira isso Shelly!

-Não consigo!

-Ela ta vindo, Shelly por favor

-Me deixe! Sai daqui!

-Eu não vou te deixar

-Vai! Anda!- ela começou a chorar como sempre, ele correu para trás das escadas e se escondeu dentro de uma porta

A velha estava se aproximando de mim, pude olhar nos olhos dela

-Facil como caçar ratos- Ela disse levantando seu taco para me atacar

-Sua velha filha de uma puta

-Sua vadiazinha!-

-Deixa ela em paz!- Eu e a velha olhamos para o segundo andar, e Adam e Kirk estavam lá com a arma

-NÃO!- A velha gritou

-Você se fudeu velhinha- Adam atirou, um dardo voou e acertou no peito da velha, ela inspirou fortemente, ela caiu para o chão e ficou deitada lá, dormindo, Adam apontou para uma prateleira que estava em cima da escada, e atirou em um vaso de flor, o dardo fez o vaso cair, e dentro do vaso tinha uma chave de carro, eu a peguei, e Lindsey saiu do armário e veio com um cartão

-Eu achei o código!- Ela gritou

-Então coloca!

Ela foi até a porta e pegou o cadeado com senha, colocou o código e o cadeado se abriu

-Falta só a chave mestra- Kirk gritou

-E eu sei como pegar ela!- Eu olhei para baixo e vi o alicate que eu havia deixado para trás quando a velha me pegou, eu o peguei e corri para o sótão junto com os outros, nós passamos pelo pedaço de madeira e chegamos naquela mini cadeia, eu entrei e cortei o fio do ventilador, ele parou de rodar, eu pude colocar a mão dentro, eu peguei a engrenagem e mostrei para todos

-Temos que ter três dessas para abrir a caixa de ferro da Playhouse, e a chave mestra deve estar lá- Kirk disse

-Aonde estaops outras engrenagens?-Adam

-Uma deve estar no banheiro- Kirk

-Então vamos!- Adam foi passar correndo pela tábua, ele se desequilibrou e ele começou a balançar, Kirk estava nas suas costas, a perna do Adam falhou, e fez ele despencou para o primeiro andar, e Kirk ficou pendurado na tábua, eu corri e olhei para baixo e a velha não estava lá, eu ouvi a porta se abrir e a velha entrar

-Kirk eu sei que você tá machucado, mas se levanta por favor!- Eu disse a ele, ele tentou se levantar, mas soltou um grito de dor, a velha foi até ele e acertou as mãos deles, fazendo ele se soltar e cair para primeiro andar, a velha olhou para mim e para Lindsey

-Shelly, pega a engrenagem!- Ela correu e pulou o buraco, e empurrou a velha para o chão, e começou a brigar com ela, eu corri e pulei o buraco, e vi uma passagem na parede, eu passei por ela e havia uma grade no chão, eu cair junto com a grade e cheguei no banheiro, eu em levantei correndo, e olhei dentro da pia, e do vaso, e nada da engrenagem

-Olhe aqui...- eu olhei para a banheira, e não havia nada, eu me aproximei e aquela garotinha estava deitada dentro da banheira com água, sua cabeça estava submersa mas ela ainda falava- Eu engoli o que você procura- Ela pôs a mão para fora da água e ela estava segurando uma faca- Vá, corte minha garganta- A garganta dela se elevou fazendo a forma de uma engrenagem, e ela começou a repetir sem parar para eu corta lá

Eu coloquei a mão dentro da água, eu fui enguer a garota para eu poder cortar, mas a água ficou preta, e a menina segurou a minha mão debaixo da água e começou a gritar

-Fique comigo! Fique comigo! FIQUE COMIGOOO!- Eu ouvi algo atrás de mim, eu olhei para trás e a velha estava pronta para me bater, eu senti algo segurar minha cabeça, e quando eu olhei, um ser completamente negro, com os olhos vermelhos como sangue e portando uma par de chifres na cabeça acabou de sair da água e estava me segurando para a velha poder me bater

-Me soltaaa!- A velha me atacou no rosto, eu fiquei inconsciente, e desmaiei....

Day 4


Notas Finais


Espero que tenham gostado

Gente, o cap que vai sair amanhã vai ser o dia 4, vai ser um dia de capítulo único, ou seja, o dia 4 só vai ter 1 cap, mas vai ter um tamanho bom, MOMENTO SPOILER: Shelly e Lindsey vão desencalhar amanhã

Gente eu esqueci de avisar que o ganhador foi o #TeamKirkAdam, então os dois vão se pegar, e se vocês quiserem um hot.....

Bjs gente, vejo vocês no próximo Capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...