História 50 Tons De Cinza-Kim Taehyung - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin), Rosé
Visualizações 58
Palavras 889
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


B
O
A
L
E
I
T
U
R
A

Capítulo 10 - Kim.


Chae está em êxtase.

— Mas o que ele estava fazendo na Clayton? — Sua curiosidade escoa pelo telefone. Eu estou nas profundezas da sala de estoque, tentando manter minha voz casual.

— Ele passou por aqui.

— Eu acho que isto é uma coincidência enorme, S/n. Você não acha que ele estava ai para ver você?

Ela especula. Meu coração bater forte com a possibilidade, mas a alegria dura pouco. A triste e decepcionante realidade é maçante, ele esteve aqui a negócios.

— Ele veio visitar a divisão de agricultura da universidade. Ele está financiando algumas pesquisas, — eu murmuro.

— Oh sim. Ele deu ao departamento uma doação de $2.5 milhões de Grant.

Uou.

— Como você sabe disto?

— S/n, eu sou uma jornalista, e eu escrevi um perfil sobre o cara. É meu trabalho saber disto.

— Ok, Jeon S/n, fique fria. Então você quer as fotos?

— Claro que eu quero. A questão é, quem vai fazê-las e onde.

— Nós podemos perguntar-lhe onde. Ele disse que vai ficar na área.

— Você pode contatá-lo?

— Eu tenho seu número de telefone celular.

Chae ofega.

— O mais rico, mais esquivo, mais enigmático solteiro do Estado de Washington, apenas lhe deu seu número de telefone celular.

— Ah… sim.

— S/n! Ele gosta de você. Não há dúvida sobre isto. — Seu tom é enfático.

— Chae, ele está apenas tentando ser agradável. — Mas mesmo quando eu digo as palavras, eu sei que elas não são verdade.

—Kim Taehyung não é agradável.Ele é educado, talvez. E uma pequena voz sussurra silenciosa, talvez Chae esteja certa. Fico arrepiada com a ideia de que talvez, apenas talvez, ele possa gostar de mim. Afinal, ele disse que estava contente por Chae não ter feito à entrevista. Eu abraço a mim mesma com uma silenciosa alegria, balançando-me de um lado para outro, acolhendo a possibilidade de que ele possa gostar de mim por um breve momento. Chae me traz de volta para o agora.

— Eu não sei como vamos conseguir fazer as fotos. Jin, o nosso fotógrafo regular, não pode. Ele foi para casa em Idaho Falls pelo fim de semana. Ele vai ficar puto por perder uma oportunidade para fotografar um dos principais empresários da América.

— Humm… Que tal Jimin?

— Grande ideia! Você pergunta a ele, ele faz qualquer coisa por você. Então chame Kim e descubra onde ele nos encontrará. — Chae é irritantemente arrogante sobre Jimin.

— Eu acho que você deveria chamá-lo.

— Quem, Jimin? — Chae ridiculariza.

— Não, Kim.

—S/n, você é a única que tem um relacionamento.

— Relacionamento — Eu bufo para ela, minha voz subindo várias oitavas. — Eu mal conheço o cara.

— Pelo menos você o conheceu, — ela diz amargamente. — E ele parece querer conhecer você melhor. S/n, apenas ligue para ele, — ela estala e desliga. Ela é tão mandona às vezes. Eu faço uma careta para meu celular, mostrando minha língua para ele.

Eu estou deixando uma mensagem para Jimin, quando Hobi entra na sala de estoque procurando por lixas.

— Nós estamos meio ocupados lá fora, S/n, — ele diz sem animosidade.

— Sim, hum, desculpe, — eu murmuro, voltando-me para sair.

— Então, como é que você conheceu Kim Taehyung? — A voz de Hobi tenta se mostrar indiferente, mas é pouco convincente.

— Eu tive que entrevistá-lo para nosso jornal estudantil. Chae não estava bem. — Eu encolho os ombros, tentando soar casual, mas também sou pouco convincente.

— Kim Taehyung na Clayton. Vá entender, — Hobi bufa, pasmo. Ele agita sua cabeça como se para limpá-la. — E então, quer sair para beber ou algo assim hoje à noite?

Sempre que ele está em casa ele me convida para sair, e eu sempre digo não. É um ritual. Eu nunca considerei uma boa ideia sair com o irmão do chefe, e além disso, Hobi é muito atraente como todo jovem Americano/Coreano da casa ao lado, mas ele não é nenhum herói literário, nem esforçando muito minha imaginação.Kim é? Meu subconsciente pergunta-me, sua sobrancelha levantada no sentido figurado.

Eu o esbofeteio.

— Você não tem um jantar de família ou algo assim com seu irmão?

— Isto é amanhã.

— Talvez alguma outra hora, Hobi. Eu preciso estudar hoje à noite. Eu tenho meus exames finais na semana que vem.

—S/n, um dia destes, você dirá sim, — ele sorri quando eu escapo para a loja.

— Mas eu fotógrafo lugares,S/n, não pessoas, — Jimin geme.

— Jimin, por favor? — Eu imploro. Segurando meu celular, eu marcho pela sala de estar de nosso apartamento, desviando a vista da janela para a luz noturna desvanecendo.

— Dê-me o telefone. — Chae agarra o telefone de mim, lançando seu sedoso cabelo, loiro avermelhado acima de seu ombro.

— Escute aqui,Park Jimin, se você quiser que nosso jornal cubra a abertura de seu show, você vai fazer estas fotos para nós amanhã, capiche?— Chae pode ser terrivelmente dura.

— Ótimo. S/n vai ligar de volta informando o local e horário. Nós vemos você amanhã. — Ela fecha meu celular com um estalo.

— Feito. Tudo que nós precisamos fazer agora é decidir onde e quando. Ligue para ele. — Ela aponta o telefone para mim. Meu estômago revira.

— Ligue para Kim, agora!

Eu faço uma careta para ela e alcanço no meu bolso de trás o cartão de negócios dele. Eu tomo uma profunda e firme respiração, e com dedos trêmulos, eu disco o número.

Ele responde no segundo toque. Sua voz é tranquila e fria.

— Kim.




Notas Finais


Gente...
Me desculpa por não está postando capítulos todos os dias,Sorry!!!'


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...