História 50 Tons De Cinza-Kim Taehyung - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin), Rosé
Visualizações 50
Palavras 689
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


B
O
A
L
E
I
T
U
R
A

Capítulo 12 - Kim Taehyung....


 — Sr. Kim, se você puder se sentar aqui, por favor? Tenha cuidado com os cabos de iluminação. E depois, nós vamos fazer algumas de pé também. — Ela o direciona para uma cadeira instalada contra a parede.

●Continuação●

Suga liga as luzes, momentaneamente ofuscando Kim, e murmura uma desculpa.

Então, Yoongi e eu recuamos e assistimos como Jimin passa a tirar fotos. Ele tira várias fotos apoiadas, pedindo para Kim virar-se de um jeito, de outro, mover seu braço, então, abaixá-lo novamente. Movendo o tripé, Jimin tira muitas outras, enquanto Kim se senta e posa, pacientemente e naturalmente por mais ou menos vinte minutos. Meu desejo se realizou: Eu posso ficar aqui de pé e admirar Kim bem de perto. Duas vezes nossos olhos se fitam, e eu tenho que afastar o meu para longe de seu olhar nublado.

— Já é o suficiente sentando. — Chaeyoung comanda novamente. — De pé, Sr. Kim? — Ela pergunta.

Ele se levanta, e Yoongi corre para remover a cadeira. O dispositivo da Nikon de Jimin começa a clicar novamente.

— Eu acho que temos o suficiente, — Jimin anuncia cinco minutos mais tarde.

— Ótimo, — diz Chae. — Obrigada novamente, Sr.Kim — Ela o cumprimento, assim como Jimin.

— Eu espero ansiosamente ler o artigo, Senhorita Chaeyoung, — Kim murmura, e se vira para mim, aguardando à porta. — Você me acompanha, Senhorita Jeon? — Ele pergunta.

— Claro, — eu digo, completamente arrebatada. Eu olho ansiosamente para Chae, que encolhe os ombros para mim. Eu noto que Jimin-ssi está carrancudo atrás dela.

— Bom dia para vocês todos, — diz Kim enquanto ele abre a porta, abrindo caminho para me permitir sair primeiro.

Que inferno… o que é isto? O que ele quer? Eu paro no corredor do hotel, remexendo-me nervosamente quando Kim sai do quarto, seguido pelo Senhor “Corte de Recruta” em seu terno acentuado.

— Eu ligo para você, Taylor, — ele murmura para o “Corte de Recruta”. Lisa caminha pelo corredor abaixo, e Kim vira seu olhar azuis queimando para mim. Merda… eu fiz algo errado?

— Gostaria de saber se você se juntaria a mim para o café da manhã.

Meu coração dispara em minha boca. Um encontro? Kim Taehyung está me convidando para um encontro.Ele está perguntando se você quer um café. Talvez ele pense que você não acordou ainda, meu subconsciente resmunga para mim em um humor irônico novamente. Eu limpo minha garganta tentando controlar meus nervos.

— Eu tenho que levar todo mundo para casa, — eu murmuro, me desculpando, torcendo minhas mãos e os dedos na minha frente.

— TAYLOR, — ele chama, fazendo-me saltar. Taylor, que tinha retrocedido pelo corredor abaixo, se vira e volta em direção a nós.

— Eles vão para a universidade? — Kim pergunta, sua voz suave e inquiridora. Eu movimento a cabeça, muito atordoada para falar.

—Taylor pode levá-los. Ele é meu motorista. Nós temos um grande 4x4 aqui, então ele poderá levar o equipamento também.

— Sr. Kim? — Taylor pergunta quando ele nos alcança, permanecendo distante.

— Por favor, você pode conduzir o fotógrafo, seu assistente, e a Senhorita Chaeyoung para casa?

— Certamente, senhor, — Taylor responde.

— Pronto. Agora você pode juntar-se a mim para o café? — Kim sorri como se tivesse concluído um negócio.

Eu olho feio para ele.

— Aah, Sr. Kim, é, isto realmente… olhe, Taylor não tem que levá-los para casa. — Eu lanço um breve olhar para Taylor, que permanece estoicamente impassível. — Eu trocarei de veículo com Chae, se você me der um momento.

Kim sorri deslumbrante, desprotegido, natural, exibindo todos os seus dentes, um sorriso Quadrado Perfeito.Oh meu Deus… e ele abre a porta da suíte para que eu possa entrar. Eu passo ao redor dele para entrar no quarto, encontrando Charyoung em uma profunda discussão com Jimin.

— S/n, eu acho que ele definitivamente gosta de você, — ela diz sem qualquer preâmbulo. Jimin me olha com desaprovação. — Mas eu não confio nele, — ela adiciona. Eu levanto minha mão na esperança de que ela pare de falar. Por algum milagre, ela o faz.

— Chae, se você levar o fusca, eu posso levar seu carro?

— Por quê?

— Kim Taehyung me convidou para tomar café com ele.

●Continua??●


Notas Finais


●Annyeong!!Primeiramente,Obrigada pelos 21 fav Pessoinhaaaas,muito obrigada mesmo,eu fico muito feliz por nós ter chegado aqui,amo muito vocês
I Love You Unnie/Dongsaeng●


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...