História 50 Tons De Cinza-Kim Taehyung - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin), Rosé
Visualizações 78
Palavras 598
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


B
O
A
L
E
I
T
U
R
A

Capítulo 9 - Organizar sessão de fotos


Quando eu olho para Kim Taehyung,ele está nos observando como um falcão,seus olhos azuis encobertos e especulativos, sua boca uma dura linha impassível. Ele mudou de forma estranha, do cliente atento para outra pessoa, alguém frio e distante. 

— Hobi, eu estou com um cliente. Alguém que você deve conhecer, — eu digo, tentando desarmar o antagonismo que eu vejo nos olhos de Kim.

Eu arrasto Hobi acima para encontrá-lo, e eles se medem um ao outro. A atmosfera de repente é ártica.

— Ah, Hobi, este é Kim Taehyung. Sr. Kim, este é Jung Hoseok. Seu irmão é o dono do lugar. — E por alguma razão irracional, eu sinto que eu tenho que explicar um pouco mais.

— Eu conheço Hobi desde que eu trabalho aqui, entretanto nós não nos vemos com frequência. Ele chegou de Princeton onde ele está estudando administração de empresas. — Eu estou balbuciando… Pare, agora!

— Sr. Jung. — Taehyung sustenta seu aperto, seu olhar ilegível.

— Sr.Kim, —Hobi retorna seu aperto de mão. — Espere, não Kim Taehyung? Da Kim Holdings Enterprise? — Hobi vai de mal-humorado para impressionado em menos de um nano segundo. Kim lhe dá um sorriso cortês que não alcança seus olhos.

— Uau, há alguma coisa em que eu possa ajudá-lo?

— S/n tem me ajudado, Sr.Jung. Ela tem sido muito atenciosa. — Sua expressão é impassível, mas suas palavras… é como se ele estivesse dizendo outra coisa completamente diferente. É desconcertante.

— Legal, — Hobi responde. — Vejo você mais tarde,Jeon S/n.

— Certo,Hobi. — Eu assisto-o desaparecer em direção á sala de estoque. — Mais alguma coisa, Sr. Kim?

— Só estes itens. — Seu tom é cortante e frio. Porra… eu o ofendi? Respirando fundo, eu viro e dirijo-me ao caixa. Qual é o seu problema?

Eu carrego a corda, macacões, fita adesiva e as braçadeiras até o caixa.

— Isso deu quarenta e três dólares, por favor. — Eu olho para Kim, e desejei não ter feito isso. Ele está me observando de perto, seus olhos azuis intensos e claros. É enervante.

— Você gostaria de uma sacola? — Eu pergunto enquanto eu pego seu cartão de crédito.

— Por favor,S/n. — Sua língua acaricia meu nome, e meu coração mais uma vez fica frenético.

E mal posso respirar. Apressadamente, eu coloco suas compras em uma sacola de plástico.

— Você me liga se você quiser que eu faça a sessão de fotos? — Ele é todos negócios mais uma vez. Eu aceno, sem palavras mais uma vez, e devolvo seu cartão de crédito.

— Ótimo. Até amanhã talvez. — Ele vira-se para partir, depois faz uma pausa. — Ah, e S/n, eu estou feliz que a Senhorita Chaeyoung não pôde fazer a entrevista. — Ele sorri, então anda a passos largos com o propósito renovado para fora da loja, atirando a sacola plástica acima de seu ombro, deixando-me uma massa trêmula e furiosa de hormônios femininos. Eu passo vários minutos olhando fixamente para a porta fechada pela qual ele acabou de sair antes de retornar ao planeta Terra.

Certo, eu gosto dele. Eu admito, isto para mim mesma. Eu não posso esconder meu sentimento mais. Eu nunca me senti assim antes. Eu o acho atraente, muito atraente. Mas ele é uma causa perdida, eu sei, e eu suspiro com um pesar agridoce. Foi apenas uma coincidência, sua vinda aqui. Mas ainda assim, eu posso admirá-lo de longe, certamente? Nenhum dano pode resultar disto. E se eu encontrar um fotógrafo, eu posso seriamente contemplá-lo amanhã. Eu mordo meu lábio em antecipação e eu me encontro sorrindo como uma colegial. Eu preciso telefonar para Chae organizar uma sessão de fotos.


Notas Finais


Gente
eu não estou conseguindo colocar os cap em todos os dias por que eu estou de mudanças espero que vocês entendem isso
Kiss!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...