1. Spirit Fanfics >
  2. 50 tons de ciúmes >
  3. Capítulo 4 : Os tons das regras

História 50 tons de ciúmes - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Olá como vão ? Eu ultimamente venho numa fase de preguiça e decepção , sério . Desculpa o desabafo porém me decepcionei a constar que as fics que dedico tanto amor e carinho não são tão queridas e venho criando uma long-fic focada na minha oc e tenho sendo asolada pelo fantasma do flopper .
Obrigada a quem esta lendo essa fic fique com esse capitulo

Capítulo 4 - Capítulo 4 : Os tons das regras


Fanfic / Fanfiction 50 tons de ciúmes - Capítulo 4 - Capítulo 4 : Os tons das regras

Os dedos esguios seguraram fortemente a cintura o guiando, forçando a caminhar segundo os cômodos do Kim. Oh! Pincelou a língua ateira sobre os lábios ressecados e judiados por mordidas — resultado de sua ansiosidade.


— Feche os olhos hyung e apenas abra quando eu ordenar — Mesmo sendo contraditório aos joguinhos do Kim, Hoseok prontamente atendeu sentindo seu corpo sendo acomodado na cama de casal, Taehyung o pôs sentado e Hoseok cruzou os braços não se aguentando de curiosidade além do desejo de dar uns cascudos no dongsaeng, onde já se viu a falta brincar com a curiosidade de seus hyungs? 


Bruscamente Hoseok teve as pernas afastadas tendo as coxas pressionadas pelos dedos longos, desnorteado e ainda sofrendo com as carícias depositadas Hoseok ousou entreabrir os olhos para descobrir a razão do mistério.


Quase gemeu com a visão de Taehyung trajando o paletó exibindo a barriga sarada, encarou Taehyung esse tinha a sobrancelha arqueada, fitando seu hyung como se o desafiasse para vê quais dos dois desviaria o olhar primeiro. É tão sexy observar Taehyung usando novamente a máscara que usou para fotografar para o army zip, o ambiente esquentou assim como o corpo do Jung dava sinais de quentura.


— Disse para não abrir os olhos hyung — Repreendeu o mais velho, descontando a desobediência na clavícula do Jung, Hoseok encontrava-se perdido que não pode impedir que Taehyung marcasse seu pescoço com chupão, não satisfeito com a coloração clara lambeu e chupou com afinco até que atingisse seu tom favorito; roxo.


— Taehyung, mas que porra! Primeiro me chama aqui e depois fica com esse papo estranho de… — Bloqueou a fala dele espremendo os lábios de formato de coração com a mão esquerda e com a direita deferiu um tapa na coxa do Jung.


— Silêncio hyung, hoje você tem duas funções; a primeira é não me chamar de Taehyung é Daddy ou V, entendido ? — Negou e novamente foi atingido, a ardência incomodou Hoseok e contrapartida serviu para animar outra região do seu corpo.


Hoseok queria entender onde se encontrava seu namorado gentil, carinhoso e romântico que às vezes têm dificuldade em falar um simples xingamento em vez do dongsaeng carinhoso existia um Taehyung devasso, observando de forma tão intensa como um tigre feroz que está prestes a devorar sua pressão.


— Hyung, coopera comigo… ou… — Sorriu sádico — Terei que punir você, e avisando que descontarei cada vez que outro ser humano o cobiçou, quando me provoca em frente a câmeras interagindo de modo libidinoso ou tocando de maneira maliciosa fingindo inocência, hyung me enlouquece ter que me controlar e não te marcar inteiramente para que compreenda que é meu namorado, meu homem e somente eu posso te foder e amar — Taehyung não agia com razão, queria marcar Hoseok hoje, porém havia lucidez ainda nas suas ações então moderava seu toque nas regiões visíveis e que dariam problemas ao seu amado.


Hoseok sabia que no fundo Taehyung é ciumento, mesmo que fingisse indiferença roía de raiva semelhante ao Jung em vê a quantidade de fãs cobiçando o Kim e que ter ganhado uma vez o título de homem mais bonito de homem fez crescer o holofote em Taehyung.


— Para Taehyung, você não vai me marcar e sem preocupação com ciúmes afinal é só a ti que amo, tigrinho — A face esquentou com apelido juntamente dos sorrisos doces de Hoseok, Taehyung sentiu-se sujo por ter imaginado indecências com a expressão inocente e amorosa do Jung, porém Hoseok veio para ser punido e ensinado que não precisa de Christian Gray enquanto Kim Taehyung estivesse respirando.


— Boa estratégia hyung — Gargalhou falsamente, Hoseok respondeu confuso algo que deveria ter sido 'que estratégia', contudo Taehyung não prestou atenção — Hoje você vai ser punido Hoseok, antes por meus ciúmes e agora porque esqueceu de cumprir a regras; me chamar de forma correta e sempre obedecer o que o Daddy aqui ordenar.


Hoseok tremeu com o brilho da íris, brilhando em puro desejo sabendo que não resistira a cumprir as ordens, ninguém precisa saber que Hoseok ama ser submisso aos toques e ordens do mais novo, não devem explanar que Hoseok e amante do sexo bruto acompanhado de xingamentos, tapas, puxadas de cabelo, mordidas e tudo que envolva não ser carinhoso e gentil.


O Jung adorar provar dos tons que seu namorado vira a apresentar.


Notas Finais


Bem vou deixar aqui o link para a fic nova porque preciso de auxílio com ela
https://www.spiritfanfiction.com/historia/friends-are-for-that-19926530

Até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...