História 50 Tons de Incesto (Versão Jikook) Respost - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Babyjm, Daddyjk, Daddykink, Dirtytalk, Incesto, Jk Hyung, Jk!seme, Jmuke, Menção A Vkook, Menção A Yoonmin, Mpreg, Namjin, Taeyoonseok
Visualizações 426
Palavras 1.767
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Único update do dia...Minha sinusite vai atacar por causa do frio...Eu tô mto fodida

Capítulo 13 - Dinner and Surprises


Fanfic / Fanfiction 50 Tons de Incesto (Versão Jikook) Respost - Capítulo 13 - Dinner and Surprises

A tarde estava ensolarada e para um domingo aquilo era maravilhoso, mais uma vez eu sentia falta de um corpo colado ao meu na cama, passei a mão na lateral da mesma encontrando tudo vazio...

Bufei ao perceber que mais uma vez tinha sido deixado para acordar sozinho por Jungkook, me sentei na cama xingando o mesmo de todos os nomes possíveis, cocei meus olhos enquanto um bocejo escapava por meus lábios...

Peguei o celular ao lado da cama e desbloqueei o mesmo vendo minha foto com Kookie no papel de parede, meu coração doeu, eu não sabia ao certo o motivo mas me machucava acordar sem o mesmo ao meu lado...

Eu me sentia abandonado por ele, mesmo sabendo que não era isso que acontecia, me distanciei de meus pensamentos enquanto procurava o número de TaeTae, eu precisava desabafar com alguém e nada melhor do que o meu melhor amigo para isso...

Após chamar umas cinco vezes caiu na caixa postal deixando tudo muito estranho, tentei o número de Hobi-Hyung e deu na mesma, o de Jin e Namjoon nem tocava dando automaticamente como desligado ou fora da área de cobertura...

Bufei já me sentindo irritado com isso e decidi ligar para Suga, ao menos ele tinha que me atender, no segundo toque sua voz extremamente sonolenta e irritada se fez presente na ligação me fazendo rir...


- Quem caralhos interrompe meu sono?

- Oi pra você também Hyung.

- Caralho Jimin, você já viu que horas são? Tá muito cedo pra você interromper meu sono.

- Hyung, são cinco e meia da tarde, nem era pra você estar dormindo ainda e eu estou me sentindo sozinho.


Mesmo sabendo que Yoongi não pudesse ver fiz meu famoso bico de chateação e ouvi o outro respirar fundo do outro lado da linha antes de voltar a falar...


- Aish Jimin, chama o Kookie e pede pra ele resolver isso que eu quero voltar a dormir.

- Eu até chamaria Hyung mas ele não tá em casa e ninguém mais me atende, vem me fazer companhia por favor.

- Mas que merda, era pro Tae estar contigo enquanto o pessoal ajuda o Kookie, o Tae e uma besta mesmo, dá uma segurada que já já eu chego ai Minnie.

- Como assim enquanto o pessoal ajuda o Kookie? O que ele tá fazendo?

- Tchau Jimin.


Eu queria muito poder socar a cara do Suga quando me dei conta que o mesmo havia desligado na minha cara, bufei irritado e joguei o celular na cama...

Além do Kookie ter me deixado pra acordar sozinho ainda tinha feito o favor de recrutar nossos amigos pra fazer alguma coisa com ele que por acaso eu não podia saber, aish, as vezes eu odeio ser tão curioso...

Tentei me distrair indo tomar um bom banho quente e por alguns longos minutos isso deu muito certo, voltei ao quarto e vesti uma calça de moletom cinza com uma blusa de manga comprida branca com listras pretas...

Voltei a sala a tempo de ouvir meu Hyung estuprando a campainha e me fazendo revirar os olhos, abri a porta pro mesmo e seu habitual mal humor já estava presente, quando lhe dei um "OI" e o mesmo me respondeu com um dedo do meio bem enfiado na minha cara...

Fechei a porta atrás de nós enquanto Suga se dirigia a sala e se jogava no meu sofá, me sentei no chão próximo ao meu Hyung e comecei um pequeno interrogatório afinal eu precisava de informações sobre o que meu Kookie estava aprontando e eu as tiraria de Yoongi por bem ou por mal...


- Hyung, no que os meninos estão ajudando o Kookie-ah?

- Você tem boca, pergunte você mesmo pra ele.

- Rude, ele nem me atende, como eu vou perguntar?


Fiz um bico usando minha melhor cara de cachorro que caiu da mudança pra tentar convencer meu Hyung.


- Não adianta, essa cara não me convence Jimin, espere o Jungkook chegar e se vire com ele, eu vou dormir, então não me perturbe a menos que queira um soco.

- Aish Min Yoongi, o que custa me contar de uma vez o que o Kookie tá escondendo?

- E uma surpresa Jimin, pronto...agora cala boca e me deixa dormir inferno.

- Uma surpresa...pra mim?


Meus olhos brilharam com a ideia do meu Hyung favorito estar me fazendo uma surpresa, mas não estava nem perto do meu aniversário nem nada, então qual seria a surpresa que o Kookie teria para mim?

Olhei para o Min que permanecia deitado e agora revirava os olhos e virava de costas pra mim como se desistisse da minha insistência...

Tentei arrancar mais algumas informações de Yoongi mas tudo o que consegui foram algumas ameaças e quase uma chinelada na cara por ficar cutucando demais ele, bufei me cansando do mesmo e me levantei do chão...

Caminhei a passos rápidos até o quarto quase tomando um tombo na escada, peguei meu celular e disquei o número de Kookie que por sorte já parecia estar disponível para chamadas, no terceiro toque a ligação finalmente foi atendida mas diferente do que eu esperava não foi a voz de Jungkook que soou do outro lado da linha...

Mas sim uma voz feminina e muito bonita por sinal me deixando bem puto e doido pra matar um nos próximos segundos, inclusive o Kookie...


- Oii.

- Oi, cadê o Kookie e porque ele não atendeu o celular?

- Oii Jiminnie, o Kookie-ah tá meio ocupado agora, e alguma coisa urgente? O Yoongi ainda não foi ai te buscar?


A garota dizia tão apressada que no final da frase mal tinha folego para continuar me fazendo desconfiar ainda mais daquilo tudo.


- O Yoongi tá aqui, mas ele tá dormindo e vir me buscar pra que?

- Para surpresa ué, você já deveria estar vindo pra...Porra Shimi cala boca, não e pra contar...


Pude ouvir a voz do Kookie ao fundo repreendendo a garota que finalmente identifiquei como sendo Shin Min, sua melhor amiga a anos, a garota se desculpou rapidamente e logo apenas a voz de Jungkook soava conversando comigo agora...

 

- Oi meu amor, manda esse vadio do Yoongi levantar o cu daí e te trazer pra me encontrar agora.

- Eu não vou pisar fora dessa casa enquanto eu não ficar sabendo o que você tá aprontando.

- Até daqui a pouco Minnie.


E mais uma vez no dia alguém desligava na minha cara, respirei fundo enquanto sentia meu sangue ferver de raiva...

Eu poderia matar Jungkook sufocado assim que eu encontrasse o mesmo e eu com certeza não perderia a oportunidade de fazer isso...

Larguei o celular na cama e voltei a sala, eu pisava firme em cada degrau da escada me sentindo cada vez mais irritado com toda aquela situação, cutuquei Yoongi pela última vez e o mesmo me olhou assustado pela minha expressão logo começando com suas piadinhas...


- Caralho Minnie, que cara é essa? Sorte que o Kookie e o ativo senão coitado do cu dele hoje.

- Eu não to pra brincadeiras Hyung, me leva logo pra encontrar esse cretino antes que eu cometa um assassinato.

- Vamos criança, aposto que você vai se derreter todo quando ver o que ele aprontou ou não né...


Yoongi se calou no exato momento em que eu levantei a mão ameaçando dar um tapa na cabeça do mesmo...

Peguei a chave do apartamento e segui com meu Hyung para o elevador que por sorte tinha acabado de parar no meu andar, descemos em silêncio e permanecemos assim até subirmos na moto de Yoongi...

Coloquei o capacete e me agarrei no mesmo enquanto seguíamos para o lugar onde eu faria questão de fazer Jungkook dar seu último suspiro...

O caminho era bem longo e demorou alguns bons minutos para que eu percebesse que estávamos indo para um local completamente desconhecido por mim...

Yoongi parou a moto em frente a um prédio extremamente alto e que não parecia que era muito frequentado, desci da moto e olhei confuso para o mesmo e recebi apenas um sorriso e sua mão soltando meu capacete...

Tirei o mesmo e logo Yoongi tirou o seu e pegou o celular e mandou mensagem para alguém, esperei alguns minutos e logo percebi vindo em nossa direção uma garota que eu julgava ser Shin Min, uma ruiva baixinha que não tinha nenhum traço asiático mas bochechas extremamente fofas e apertáveis, a mesma sorria para mim enquanto vinha falar comigo...


- Finalmente Jiminnie, o Kookie já estava com medo de você não vir.

- Você e a Shin Min certo?

- Sim, pode me chamar de Shimi, agora vamos antes que o Kookie-ah tenha um filho.


Segui a garota baixinha e extremamente falante, me despedi rapidamente de Yoongi que apenas ria da garota e já ligava a moto novamente indo embora...

Entrei no prédio com a garota e o porteiro na mesma hora autorizou nossa passagem me deixando assustado pois eu tinha muitas dúvidas que alguém frequentasse ali, pegamos o elevador e Shin Min apertou para que fossemos ao penúltimo andar...

Meu estomago revirava de ansiedade e por mais que fosse perceptível que a ruiva estava se coçando para me contar alguma coisa ela se segurava até o último...

As portas do elevador se abriram dando de frente para uma sala de portas com um vidro escuro que não me deixava enxergar o que tinha na mesma, Shin Min me empurrou para fora do elevador e piscou em minha direção em quanto a porta se fechava...

Respirei fundo e tomei coragem entrando na sala escura, abri a porta e quase cai pra trás ao ver o local...

A sala estava repleta de velas acesas e mesmo ainda sendo fim de tarde os blecautes nas janelas ajudavam a parecer que já era noite, o chão estava repleto de pétalas de rosas vermelhas e algumas tingidas de azul...

Tae apareceu do nada do canto da sala apenas para me entregar um lindo buque de rosas azul e sair da sala...

Hoseok e Namjoon se encontravam próximos a outra parede e a poucos passos em minha frente uma mesa redonda com lugar para duas pessoas tinha mais duas velas e Jungkook em um terno lindo me esperando com o sorriso mais lindo que eu já vi...

Meus olhos já começavam a marejar enquanto eu andava até o mesmo que puxou a cadeira para mim e depois me deu um breve selar nos lábios e sussurrou em meu ouvido me fazendo arrepiar...


                                       - Espero que goste do jantar e da surpresa Minnie...


Notas Finais


Vocês também ficam com sinusite ou rinite atacada no inverno? Se tiverem e claro...

No meu caso a minha ataca e sempre me deixa muito mal, num grau de só deu desbloquear a tela do cel mesmo com a luz no mínimo eu fico super mal e não consigo nem ler nada :((


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...