História 50 Tons de MaLiam - Capítulo 4


Postado
Categorias 50 Tons de Cinza, Harry Styles, Liam Payne, One Direction, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Cinquenta Tons De Maliam, Karry, Larry, Lilo, Lirry, Loumylle, Maliam, Malle, Marry, Mayn, Mouis, Sexo, Zarry, Ziam, Zouis, Zylle
Visualizações 11
Palavras 962
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Capítulo 4


Finalizei aquela maravilhosa pilha de documentos e me encostei na cadeira. Logo uma figura loira aparece na porta; era Niall.

– Sim,Niall.. — digo.

– Liam pediu para que você fosse na sala dele. — disse ele.

– Eu ainda tenho que entregar isso.. — aponto para a pilha.

– Ele disse que você falaria isso e pediu para que eu levasse. — disse ele abrindo mais a porta e vindo até minha mesa pedindo licença. 

Logo Niall pegou a pilha e sumiu do meu campo de visão. Suspirei e dei a volta na mesa e sai da minha sala fechando a porta e caminhando até o elevador. Entrei e apertei o botão do último andar. Logo o elevador parou e as portas se abriram (saiu tão errado na minha mente agora). Sai e caminhei apressadamente até a sala em que Liam estava por pouquíssimo tempo. Bati duas vezes e ouvi um "entre". Entrei e o vi de costas olhando a cidade.

– Me chamou, Payne?! — digo obvia.

– Sim,Maria Eduarda. Agora feche a porta e sente-se na cadeira a minha frente. — disse ele num tom autoritário e eu obedeci.

– Isso é algum tipo de jogo para você, Payne? — perguntei.

– Se você acha que esse possível jogo pode colocar nós dois em um quarto está enganada. — disse ele.

– Ué, cadê o Liam Payne que queria levar a irmãzinha do melhor amigo para cama? — debochei.

– Ele caiu na real! — disse sério.

– Qual é,Liam. Você sabe,eu sei, todos sabem que você e eu é proibido. — digo.

– Eu não ligaria para isso. Lutaria até o fim,mas você não quer isso. Então, a partir de hoje somos apenas dois colegas de trabalho. Pode se retirar, Maria Eduarda.— disse ele e eu saí sem dizer nada.

Entrei no elevador e me encostei na parede. Aquilo doeu mais que uma facada. Ele simplesmente desistiu;e por minha causa. Apesar de eu zombar muito com o Liam, eu sempre tive medo de ser apenas mais uma pra ele. Liam e eu temos isso desde a adolescência, ou melhor, desde sempre. Liam e eu quando éramos crianças vivíamos grudados. Um dia enquanto meus pais e os pais dele saíram juntos ficamos sozinhos junto com Zayn. Naquele dia decidimos brincar de casinha. Liam e eu éramos os pais e Zayn nosso filho. 

Porém, Liam e eu não éramos casados na brincadeira e decidimos fazer um. Zayn ajudou o Liam com as roupas de papai e eu me virei com as roupas da mamãe. Realizamos o casamento com o Zayn como padre. Até que chegou na parte "pode beijar a noiva" e tínhamos combinado de que seria um beijo na bochecha, porém, Liam me beijou na minha boca. Digamos que aquilo foi um selinho. Zayn retardado começou a bater palmas e a gritar pela casa. Liam e eu riamos muito. Desde aquele dia nossa amizade era magnífica. Até que Cheryl Cole chegou na escola e Liam ficou encantado por ela. Então eu com meus ataques de ciúmes acabei com a nossa amizade.

Meses depois a gente conversou sobre isso e decidimos que era melhor cada um ficar no seu canto já que a amizade não seria mais a mesma. Entramos no colegial e Liam começou com essas brincadeiras até hoje. Limpei algumas lágrimas que insistiam em cair do meu rosto e sai apressadamente do elevador até minha sala. Peguei minhas coisas e sai do prédio. 

(...)

Estava sentada observando a movimentação dentro da cafeteria logo pela manhã. Geralmente, nesse horário é mais tranquilo mas parece que todos decidiram se atrasar um pouquinho. Suspirei e observei a porta ser aberta. Zayn e Liam entravam na cafeteria. Recolhi minhas coisas e uma sombra apareceu na minha frente. Subi o olhar vendo Zayn e Liam.

– Já tá indo,maninha? — perguntou Zayn beijando minha bochecha.

– Já. Tenho trabalho para adiantar e coisas para resolver. Vejo-os na empresa,tchau. — digo e saio dali o mais rápido possível.

(...)

Terminei tudo o que tinha que fazer e arrumei minhas coisas novamente. Peguei apenas o básico e sai da sala fechando-a em seguida. Falei com a secretária de Zayn e avistei Liam conversando com Cheryl. Ambos os dois, olharam mim e eu desviei. Agradeci a secretária e caminhei até elevador que infelizmente era perto de onde eles estavam.

– Já vai, Mah? — perguntou Cheryl.

– Já — digo seca.

– Não sabia que aqui vocês tinham privilégios. — provocou ela.

– E não temos! — disse Liam. 

O elevador chegou e eu entrei nele ignorando a presença deles. Apertei o botão para as garagens e entrei no meu carro. Apertei o volante com força e soltei um grunhido. Ouvi passos e olhei para trás. Era Liam.

– Aonde você vai? — perguntou grosso.

– Não lhe interessa,Liam. — digo.

– Ah, não?! Okay! — ele disse e sumiu da minha visão. A porta do passageiro abriu e Liam entrou dentro do carro. – Vamos!

– Isso é invasão, Payne! — digo.

– Pra você é Liam! — disse me imitando.

– A minha rola,Payne! — digo e saio dali. Viro a esquerda e subimos o Morro em silêncio total. 

(...)

– Onde estamos? — perguntou Liam.

– Na Mansão Tomlinson. — digo.

– Você vai fazer o que,aqui? 

– Ajudar,ou melhor, tentar ajudar um amigo.

Tocamos o interfone e Tommy veio atender a porta. Entramos e encontramos tia Johannah e Mylle conversando. Ao nos virem corri para abraçar elas. 

– Liam? — perguntou tia e ele assentiu. – Quanto tempo,rapaz. Olha como cresceu! Pera... Vocês vieram juntos? Você finalmente pediu ela em namoro, Liam?! — perguntou Tia Johannah olhando para mim e para ele.

– Não, definitivamente não. — digo.

– Poxa,Liam. Se eu fosse você, aproveitava que ela tá solteira. Por que se não, outro consegue.

– Duvido muito que alguém me peça em namoro. Bom, chega desse assunto. E o Louis? — perguntei e elas apontaram lá para cima. – Eu já volto.


Notas Finais


Oopah 😂💙

Hazz aparece no próximo capítulo...
Ops..

Malikisses 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...