1. Spirit Fanfics >
  2. 50 tons e acordes... >
  3. Um momento de paz

História 50 tons e acordes... - Capítulo 17


Escrita por:


Notas do Autor


Bom dia meus amores! Olha quem deu as caras logo cedo! Rsrs ❤

Capítulo 17 - Um momento de paz


Fanfic / Fanfiction 50 tons e acordes... - Capítulo 17 - Um momento de paz

Durante todo o percurso McCartney conversou e desabafou com o seu amigo Rings que o ouvia atento.

-Agora eu não sei o que faço Rings! Eu sinto algo por ele, algo que nunca senti antes... Mas me recuso a ser tratado assim! Eu confesso que gostei mas eu queria... Eu queria...

-Você queria um relacionamento amoroso, queria ficar com ele, namorar com ele e etc. Acertei?

-Você deve estar me achando um bobo sentimental né?

-Claro que não Paulie! É um direito seu ser quem você é! Eu te entendo... Tenho certeza de que existem milhares de pessoas que são desse “mundo" assim como ele e que acham super normal tudo isso, mas pra nós “garotos do interior” é tudo muito novo e as vezes até meio estranho! Imagino como seria um choque pra mim se um cara ou uma garota dissesse que queria me bater kkk logo de cara eu teria medo! Porque não sou familiarizado com isso, mas se eu estivesse envolvido com a pessoa e surgisse essa idéia, aí tudo seria diferente... Você entende onde eu quero chegar?

-Sim, ao menos eu acho que sim rsrs – McCartney sorriu tímido.

-Estou dizendo que foi tudo muito rápido e intenso com você! É como aquela história do sapo.

-Qual história Ringo?

-Se você jogar um sapo na água quente, ele pula fora, mas se você o colocar na água fria e ir esquentando ele morre cozido! Kkk

-Só você mesmo Rings!

-Relaxa Paulie é normal se sentir assim, você se apaixonou por ele... E esse George? Me fala mais sobre ele.

-O George é muito atencioso e simpático sabe? O tipo de pessoa agradável que te faz rir e é uma ótima companhia, mas...

-Você não sente por ele o mesmo que sente pelo John, né!?

-E agora o que eu faço!?

-Primeiro você vai relaxar no sítio com a gente, depois você coloca essa cabecinha pra pensar!

-Tem razão! Eu mereço um tempinho pra mim! Tô ansioso pra gente chegar lá!

E assim os dois seguiram viagem até o sítio da família Starkey, chegaram de madrugada e foram recebidos de braços abertos por Elsie e Richard.

-Nem acredito que os meus meninos vieram passar o final de semana com a gente! – Elsie dizia animada.

-Mãe Elsie desculpa chegar esse horário eu devia ter pedido pro Ringo avisar a senhora...

-Deixa de bobagem Paulie! A sua cama está sempre arrumada! Você é da família! É o meu caçula!

-E eu!? Nossa, ninguém vem me abraçar e me dar boas vindas! – Ringo fingia um bico.

-Vem cá meu filhotinho dá um abraço na sua mãe! E já aproveitando... POR QUE VOCÊ NÃO RETORNA MINHAS LIGAÇÕES!? QUER MATAR SUA MÃE DE PREOCUPAÇÃO!??

-Mas mãe eu retornei sim! Todas as CINCO!

-Eu liguei SEIS!

-Elsie deixa os garotos ao menos guardarem as mochilas, devem estar exaustos! – Richard pegava as mochilas de Paul e Ringo.

-Isso mesmo! É um complô contra mim! Ainda bem que você está aqui Paul, esses ingratos não me dão valor! Vem lanchar querido... – a mulher abraçava McCartney e seguiam pra cozinha - você está tão magrinho Paulie! Tem se alimentado bem meu amor?

-Tenho sim rsrs devo ter perdido peso por causa do emprego novo, ainda estou me adaptando.

-Oh aquele como escritor!? Eu estou tão orgulhosa de você! Isso merece uma comemoração! O que você quer que a sua velha mãe prepare pra você?

-Eu adoraria aquele seu pão caseiro!

-Considere feito! Eu fiz hoje alguns biscoitos e bolo, pode se servir enquanto eu preparo um chocolate quente pra você! E VOCÊS DOIS AÍ NÃO VÃO VIR!? EU E O PAULIE ESTAMOS ESPERANDO!

Os quatro fizeram um lanche reforçado e depois foram pra cama, Paul não conseguia dormir, não parava de pensar. Ficava lembrando da viagem que fez com John, seus olhos felinos, sua boca, seu toque... Mas aí se lembrava do seu jeito rude e das coisas que ele disse.

-Eu queria ter um botão de desligar – pensava.

McCartney se forçou a limpar sua mente se concentrando nos sons que vinham do lado de fora da sua janela, sons de uma noite no campo. Se enrolou com o cobertor e adormeceu.

De manhã o moreno levantou e caminhou até a cozinha.

-Paulie tem uma visita pra você!

Ao chegar levou um susto ao ver aqueles cabelos cor de cobre sentado à mesa com Elsie, então o homem se virou segurando um chicote e usando uma roupa de mago.

-Surpresa Macca! Hoje eu vou domar você!!!!

Paul abriu os olhos assustado, felizmente era um sonho, voltou então a dormir.


No dia seguinte antes mesmo de abrir seus olhos ele podia sentir um cheiro maravilhoso vindo da cozinha, era pão caseiro no forno, mas não era só isso, Richard preparava café. McCartney levantou e foi seguindo aquele aroma divino se deparando com o casal.

-Paulie eu sabia que era você! O Ringo costuma dormir até tarde, mas você desde pequeno acorda cedo, olha só o que eu fiz pra você! – Elsie tirou do forno um lindo e suculento pão – vem comer com a gente! O meu velho fez café fresquinho pra nós! Também tem suco de laranja, queijo, bolo de milho, doce de leite, você quer ovos mexidos? Eu preparo rapidinho!

-Não rsrs não precisa! Aqui já tem um banquete!

-Imagina! Eu faço com muito gosto!

-É muito bom ter você aqui Paulie! Depois do café vou te mostrar a horta que eu fiz! - Começou Richard - Está linda, também temos um novo morador! Nasceu um filhote de ovelha, você precisa ver ele é uma graça!

McCartney pensava enquanto olhava pro casal.

-Eu realmente não vou ter tempo pra pensar em  mais nada! Rsrs louvado sejam o senhor e a senhora Starkey!


***


Enquanto isso longe dali Lennon andava de um lado pro outro falando ao telefone.

-Você ligou novamente no prédio dele? Como assim o porteiro não sabe pra onde ele foi!??? Mas é um incompetente mesmo! Continua tentando no celular dele! Não só no celular mas em todos os contatos!!!! EU QUERO ISSO PRA ONTEM!!!!!!

Ao desligar o telefone algo passou pela cabeça do ciumento John Lennon, então pegou o celular e rapidamente discou um número.

-Sua chamada está sendo encaminhada para a caixa de mensagens...

Com as mãos trêmulas discou outro número, mas ninguém atendia. Então ligou para um terceiro número.

-Alô!

-Eu preciso falar com o George!

-Sinto muito senhor Lennon mas o senhor Harrison não se encontra.

-Pra onde ele foi!?

-Ele não disse senhor.

Antes mesmo de desligar o telefone, John arremessou o aparelho com toda força na parede.

-Juntos... Eles estão juntos!


Notas Finais


Que ciúme é esse Johnny!? O Paulie não está com o Geo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...