História 50 vezes mais atrevida (abo) - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias 50 Tons de Cinza, Teen Wolf
Personagens Personagens Originais
Tags Ceo Abo
Visualizações 34
Palavras 795
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela, Sobrenatural, Yuri (Lésbica)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura baby❤

Capítulo 27 - Um neto...


Fanfic / Fanfiction 50 vezes mais atrevida (abo) - Capítulo 27 - Um neto...

18/09/2018 terça-feira.

Valentine's Corp 

( Lô)

Ela tinha aquele olhar sedutor,aquele sorriso safado de quem sabe que é gostosa e que é boa no que faz,ela sabia me provocar e me levar nas alturas,ninguém,ninguém nunca vai ser ela ou melhor que ela e eu jamais vou esquecer ela.

- Eu sinto tudo que você sente. Disse ela.

- Então sinta quanto prazer você me proporciona. Eu disse e ela tirou sua blusa,suas tatuagens a deixava tão sexy,seus cabelos caiam nos olhos e quando ela tirava ficava uma tentação.

Nos beijavamos intensamente,suas mãos percorriam meu corpo me fazendo" pegar fogo."

- Lara? Eu a chamei.

Ela continuou a mordiscar meus seios e só me olhava buscando não perder minhas reações.

- Você é tudo que eu mais quero,eu sou tão feliz por ter você. Eu disse segurando minhas lágrimas.

Ela parou,me deu um selar na bochecha sorrindo fofa.

- Vou te mostrar como eu posso ser melhor ainda. Disse ela.

Ela me puxou pra ficar no meio da cama,pegou minhas pernas e colocou em seus ombros,ela me chupava e ao mesmo tempo me fodia com os dedos.

- Ah, nossa Lara. Eu gemia seu nome e ela aumentava o ritmo.

- Eu ainda não fiz nada. Disse ela.

Ela parou quando eu ia gozar.

- Porra Lara. Eu suspirava frustrada.

- Shi,eu disse que não fiz nada ainda. Disse ela.

Ela me fodia e sempre parava quando eu ia gozar,ela ficou nessa tortura durante minhas três quase gozadas.

- Já tá cansadinha? Perguntou ela provocando.

- Eu te quero. Eu pedia quase implorando.

Ela não disse nada,mas dessa vez me deixou gozar,e o orgasmo veio como uma onda e eu me afoguei nela,eu não sentia minhas pernas,eu nunca senti tanto prazer assim e ela sabia.

- Porra,fui tão bem assim? Perguntou ela.

- Você ainda pergunta? Eu disse e ela riu.

- É uma nova sensação poder sentir seu prazer. Disse ela se deitando e me puxando pra perto.

- E isso é bom? Eu perguntei.

- Shi,sem perguntas gatinha. Disse ela.

Eu nem tive tempo de responder porque cai no sono e a última coisa que eu me lembro é dela me abraçando forte e pegando no sono junto comigo.

■Horas depois■

Alguém batia na porta do meu quarto,eu ainda não tinha tomado banho e a Lara estava tão cansada que não acordou nem quando eu me levantei.

- Sério,eu nunca mais venho aqui. Disse minha mãe na porta.

-Desculpa mãe,eu tinha esquecido da senhora. Eu disse.

- Jura? Nem percebi. Disse ela.

Eu não sabia o que dizer,me esconder de baixo da cama era a melhor opção pra sanar minha vergonha.

- Eu adiei nossa viagem pra hoje a noite,vê se dessa vez não perde a hora e diz pra Lara que ela pode nos visitar na Argentina quando quiser. Disse minha mãe.

- Você sabe que não pode,meu pai não vai aceitar ela. Eu disse.

- Filha,quem manda naquela casa sou eu e ela é uma boa mulher então ela é bem vinda. Disse minha mãe descendo as escadas.

- o café tá pronto? Eu perguntei e ela me mostrou o dedo do meio.

- Não sou sua empregada,mas sim. Disse minha mãe.

Eu estava indo pro banheiro tomar banho quando a Lara levantou.

- Tem muito tempo que você está acordada? Eu perguntei.

- O suficiente. Disse ela.

- Eu realmente vou ter que ir,mas eu vou voltar e eu sei que é egoísta,mas você vai me querer de volta? Eu perguntei.

- Por ter te marcado eu não posso ficar muito tempo longe de você Lorrayne então eu vou te visitar,mas e seu pai? Perguntou ela.

- Ele não gosta de lobos,na verdade ele estava caçando quando foi atacado por um e teve um ataque cardíaco e desde esse dia ele adoeceu. Eu disse e ela me olhou seria.

- Seu pai é um caçador? Perguntou ela incrédula.

- Sim,por que? Eu perguntei.

- caralho,eu tô fodendo com a cria de um caçador de merda. Disse ela mais pra si do que pra mim.

- Ei.Eu disse.

- Desculpa,mas ele sabe da sua sexualidade? Perguntou ela.

- Sabe por alto,já que ele espera um neto. Eu respondi e ela riu.

- Na onde eu me meti. Exclamou ela.

- Em lugar NENHUM,não tô te pedindo pra ficar com a filha do caçador que você anda traçando. Eu respondi irritada.

- Calminha aí,não foi isso que eu quis dizer. Disse ela.

- Fodasse. Eu disse entrando no banho.

Quando eu saí eu já estava mais calma e ela estava sentada na minha cama olhando pro nada.

- Lara? Eu a chamei.

- podemos conversar? Pediu ela.

Me sentei do seu lado e ela começou a contar uma história da sua alcateia.

[...]


Notas Finais


Desculpem os erros❤💕

https://youtu.be/tC2BgizQnTY


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...