História 505 -Fillie - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Stranger Things
Visualizações 28
Palavras 683
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura!!!

Desculpem qualquer erro.

Capítulo 13 - Enfermeira


Fanfic / Fanfiction 505 -Fillie - Capítulo 13 - Enfermeira

   20:30, 10 DE OUTUBRO DE 2019

                                  P. D. V M

O aniversário de Ana fui lindo e stressante.

Depois daquele dia Finn foi proibido de andar sozinho com Ana. Ele não sabe dizer não ele só sabe não saber. Meu Deus.

- Mãezinha o papai já tá chegando?

- Tá sim,por que você não vai esperar ele lá na sala? - falo para pequena garotinha que entrou na cozinha abraçada ao seu unicórnio de pelúcia que é bem maior que ela não sai como ela consegue segurar.

- O que vamos comer hoje? - Perguntou a menina,ela realmente ama comer, não sei como não comeu as paredes ainda.

- Hoje,no jantar,vamos comer macarrão na pressão - Respondi a pergunta da pequena.

- Macarrão na plessão ?

- Pressão. Repete comigo : pre

- Pre

- Ssão

- Ssão

- Pressão

- Pressão

- Isso meu amor parabéns - A mesma abriu um sorriso enorme e orgulhoso - O que acha dessa ser a sua palavra do dia?

- SIIM,isso vai ser ótimo.

- Sabe filha,eu acebei de ter uma ideia.

                          20:55, P.D.V F

- Onde estão minhas princesas? - falei assim que entrei no apartamento que pelo o que parece está vazio.

Ponho o chave no gancho e tiro meus sapatos pondo eles ao lado sofá,v ou até a cozinha acendendo a luz e quase por um pouquinho eu não tenho um infarto.

- Pelo o amor de Deus, Millie - A morena ria de chorar com as mãos apoiadas na mesa.

- Você devia ter visto a sua cara.

- Isso não teve graça - Cruzo os braços na frente do peito e, provavelmente, vermelho de raiva.

- Amor, não fica com raiva.

- Tá bom, cadê a Anastacia?

- Ela acabou de sai. Pedi para Sadie fica essa noite com ela  para nós aproveitamos um pouquinho - Só agora eu reparei melhor nela e vi o que ela tava vestindo e meu Deus ela só pode estar querendo me deixar louco.

Ela está vestindo sua fantasia de enfermeira. O estetoscópio pendurado no pescoço, o vestido curto com saia meio rodada, branco com bolinhas vermelhas, um decote fechado que só acentuou mais seua seiis fartos.

Ela está simplesmente linda.

- Bom Sr. Wolfhard está na hora da sua consulta.

   14:30 , 11 DE OUTUBRO DE 2019

                               P. D. V M

Digamos que a noite passada foi quente, e bota quente nisso.

Hoje Finn vai sair mais cedo para a gente ir jantar fora. Um jantar em familia e amigo.

Vai ser muito legal, vamos oficialmente apresentar a Ana para todo mundo, com toda correria que tem rolado desde quando ela chegou não deu tempo de apresentar ela a todo mundo. 

                     18:00, P. D. V F

Não sei porque, mas estou com uma sensação de que algo vai dá errado essa noite.

Sei que é errado da minha parte fica achando que algo vai dá errado mas está tudo indo muito bem e isso está começando a me deixar desconfiado.

Por isso essa noite depois de apresentarmos Anastacia a todos e juntarmos vou fazer as nossas malas e da um jeito de convencer Millie a voltarmos para casa.

                    P. D. V M

Finn está muito queto,ele não é assim, tem alguma coisa errada.

Não sei o que está acontecendo mas vou descobrir.

- Amor, tá tudo bem? - Pergunto repousando minha mão em cima da sua acariciando a mesma.

- Tá sim, não é nada de mais - ele pega minha mão na sua massageando---a antes de dar um beijo nela.

- Tem certeza? Por que se tiver alguma coisa te incomodando a gente não vai.

- Não é nada vai ficar tudo bem é só uma sensação.

- Ok, te amo

- Também te amo

- Eu te amo mais.

-Eu amo mais  do que vocês dois - Falou a baixinha do banco de trás nos fazendo rir.

                        P. D. V S

Eu já cansei de esperar, já tá mais do que na hora da verdade ser dita, doa em quem doer. Eu não me importo. Aquela vadia dirou o que é meu de mim e ela vai me devolver. Ela vai pagar com juros. Juros muito altos








Notas Finais


Quero pedir um favor para você leitor que chegou até aqui. Diz para mim aí em baixo, o que você tá achando da história até aqui? Estou muito insegura se devo continuar ou não


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...