História 505 -Fillie - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Stranger Things
Visualizações 58
Palavras 336
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura, meus amoras.

Capítulo 2 - Fúria


O sangue na pista, a escuridão da noite já havia partido e dado lugar a um dia de nuvens cinzas carregadas de tristeza assim como as pessoas naquela sala de espera. A ruiva ainda chorava, era como se houvesse um rio,ou até mesmo um oceano, dentro dela, o rapaz ainda estava na tarefa da consolação. Os pais, tanto da garota tanto do garoto, estavam lá encarando uns aos outros como se houvesse uma batalha acontecendo e que sangue poderia ser derramado se algum deles começasse a falará alguma coisa, seja lá o que fosse.

Mas, esquecendo aquelas pessoas na sala de espera, não muito longe dali, na cama do quarto 331 estava a despertar o rapaz.

Sua cabeça doía como se alguém estivesse batendo repetidas vezes em sua cabeça com um martelo, seu corpo estava dolorido e ensanguentado. Ele tentou se levantar, mas desistiu ao sentir a cabeça girar como se estivesse dando uma volta no Thunder.

A, o que ele supôs ser, enfermeira entrou no quarto e saiu rapidamente com os olhos arregalados.

Alguns minutos depois um homem alto e de cabelos já grisalhos entrou,m andou que fizessem alguns exames e que o mesmo ficasse de repouso. A enfermeira estava na porta, ela segurava firme o pingente em formato de cruz que estava em seu pescoço antes de sair.

          ~~~~~

Na sala de cirurgia estava a garota aberta na mesa, com uma hemorragia intensa e com 85% de chances de morrer. Será que os 15%consiguiria vencer? Os médicos estão torcendo para que sim.

        ~~~~~~~~~

Voltando a sala de espera, alguns horas depois, o jogo de quem pisca primeiro ainda estava acontecendo, não era exatamente isso, mas era o que parecia da.

Quatro adultos, com vida, trabalho e filhos(que por um acaso correm sérios riscos), brincando de um jogo infantil, e cheio de ódio, raiva e rancor.

Olhos ferviam em fúria quando os médicos chegaram na sala.

"Acompanhantes de Millie Bobby Brown?"

"Acompanhantes de Finn Wolfhard?"

" Sim"responderam os quatros antes de virarem os rostos e empinarem seus narizes enraivecidos.


Notas Finais


Obrigada, por chegar até aqui. Comentem o que estão achando e qual as suas expectativas para o desenrolar da história. Favoritem e compartilhem.😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...