História 7 Anos - Cophine - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Orphan Black
Personagens Alison Hendrix, Cosima Niehaus, Dra. Delphine Cormier, Felix "Fee" Dawkins, Kira Manning, Paul Dierden, Sarah Manning
Tags Cophine, Cosima, Delphine, Orphanblack Romance
Visualizações 92
Palavras 3.081
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, LGBT, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ola xuxus ❤️
Desculpa a ausência. Eu não sei o que está acontecendo com o tempo , porque ele está passando muito rápido e está tudo muito corrido.
Espero que gostem do capítulo ❤️

Capítulo 22 - Capítulo 22


Pov Delphine

-Olha quem chegou trazendo a comida - Falo entrando na casa da Cos - Isso mesmo , o amor da sua vida.

-Boa noite , meu amor - Minha noiva levanta do sofá e vem até mim - Eu estava contando as horas para te ver hoje

-Está tudo bem ? - Coloco as comidas na mesa

-Sim , eu só estava com saudades, tive um dia bem cansativo e chato no trabalho.

-Me conte tudo , só vou pegar um vinho na cozinha - Fui para a cozinha e peguei seu melhor vinho com duas taças

Nos acomodamos no sofá e começamos a comer o hambúrguer que eu comprei pra gente , estávamos conversando sobre o nosso dia.

-Esses dias eu achei o meu livro do terceiro ano - Ela foi até a estante - Ai eu guardei para mim ver com você - Senta do meu lado novamente

-O meu nem sei onde está mais - bebi o último gole do vinho colocando ele na mesinha de centro - Vamos ver o que temos aqui - Cos deita sua cabeça no meu ombro

-Essa foto é muito boa porque está todo mundo aqui olhando para a câmera e nós duas lá no canto se pegando - Minha gatinha diz sorrindo

-Saudade desses tempos - Sorri - Essa é muito boa ,  a nossa turma toda junta 

-Foi a melhor turma que eu tive - Respirou fundo

-Eu também, a pesar das brigas , era uma turma boa - Sorri - O quão louco é o tempo né , quase todo mundo está casado e com filhos.

-É verdade , cada um achou o seu caminho - Cos fechou o livro e colocou na mesinha - Seremos as próximas - Entrelaça nossas mãos

-Com toda a certeza - Beijei sua bochecha

-Meu dia foi tão estressante , mas quando estou com você tudo fica mais alegre e calmo de um jeitinho maravilhoso - Ela diz com um sorriso encantador nos lábios

-Posso te passar uma cantada ? - Pergunto sorrindo 

-Pode.

-Gata , você não é vagalume mas seu bumbum ilumina a minha vida.

-Essa me parece familiar - Gargalhei

-Amor , o tempo passa e vou ficando sem criatividade - Sorrindo digo acariciando seu rosto

-O que vale é a intenção - Cos sentou no meu colo - Quando está com os cabelos amarrado me da um negócio no meio das minhas pernas - Sussurra em meus lábios

-Deixa eu ver - Chupei dois dedos meus e coloquei dentro da sua calça afastando sua calcinha para o lado - Está molhadinha do jeito que eu gosto

-Molhadinha para você - Falou e depois me calou com um beijo molhado

-Eu vou te comer todinha - Levanto com ela no meu colo , colocando-a Deitada no sofá

-Adoro quando me trata como a safada que sou - Ela diz com um sorrisinho lindo porém maldoso também

01:16

-Quando vamos sair para ver os salões, amor ? - Pergunto saindo do banheiro

-Salões do que ? - Pergunta olhando para o livro que estava lendo

-Do nosso casamento - Falo olhando para ela e passando creme na mão - Temos que ver o Bufet , os convites , a dança e varias outras coisas - Apaguei a luz

-Então, sobre isso a gente tem que conversar - Ela fecha o livro e apaga o abajur

-Você quer desistir ? Realmente eu não te entendo , até agora o seu sonho era se casar , e agora vai dar para trás ?

-Ei calma , não é isso , eu queria uma coisa menor , e se a gente só for para o cartório ?

-Mas... você não quer festa ? Festa é legal , vamos comemorar com nossos amigos e familiares.

-Eu não sei , Del - Ela encara as mãos - Os meus pais não vão estar aqui para me ver casar

-O seu pai não está vivo ?

-Está, mas eu não falo com ele desde quando minha mãe morreu - Seus olhos se encheram de lágrimas

-O que aconteceu ? Você não me contou - Pego seu queixo fazendo ela me encarar e respirar fundo

-Depois que a minha mãe morreu , ele me culpou pela morte dela , começou a inventar varias coisas , e então eu me afastei , nunca mais falei com ele - Cos me abraçou forte

-Tudo bem , se você não quiser festa , a gente só vai no cartório mesmo , oque importa é casar - Beijei seu coro cabeludo

-Você vai ficar triste por isso ? Eu sei que você quer festa - Minha noiva me encarou

-Claro que não, meu bem - Beijo seu testa

-Você é minha - Ela enxugou suas lágrimas - E mais de ninguém

-Eu sou sua - Começo a distribuir beijos pelo seu rosto e ela ri

Deito em cima de seu corpo ainda dando beijinhos por toda sua face .

-Amor - Cos segura meu rosto - Vamos sair amanhã à noite ?

-Onde vamos ? - Deito do seu lado novamente

-Em um karaokê , Fê me chamou para ir - Minha noiva deita no meu peito e eu a envolvo nos meus braços 

-Convite aceito - Beijo sua testa.

-Eu me sinto tão protegida com você.

-Eu prometo que nunca vou deixar acontecer alguma coisa com você.

-De dedinho ? - Ela me mostra seu dedo mindinho

-De dedinho - Apertei seu dedo - Você é a coisa mais importante na minha vida.

-Você também é , e ainda tem o melhor perfume francês - Ela sorri de olhos fechados - Eu te amo

-Eu também te amo - Beijo seu coro cabeludo

Quando acordei pela manhã vi que estava sozinha na cama. Tomei um banho bem quente para relaxar , usei algumas maquiagens da Cos e resolvi alisar o cabelo. Quando desci para a cozinha ela já tinha deixado o café da manhã pronto. Peguei meu celular em quanto comia e vi que tinha mensagens da Cos.

Amor da minha vida - Bom dia , minha loira mais linda , gostosa e sexy. Tive que sair mais cedo , esqueci de te avisar que peguei mais um projeto e acabei ficando atolada, não queria te acordar pois sei o quanto tem trabalhado e o quanto está cansada . Que o seu dia seja tão maravilhoso quanto você. Quando puder me liga , beijo e te amo muito . Minha bela noiva. 

Essa mensagem com certeza alegrou o meu dia 100%. Acabei de tomar café, arrumei as coisas e fui trabalhar e no caminho liguei para minha amada.

20:40

-Cadê a Bebel ? - Cos pergunta sorrindo

-Ficou com a minha mãe hoje - O namorado do Félix responde sorrindo

-O próximo nome da lista é Cosima Niehaus - Eu olhei para ela surpresa

-Você vai cantar ? - Pergunto sorrindo

-Não queria que eu cantasse para você ? -Ela levanta , beija a minha testa e vai para o palco

-Eu sou muito sortuda - sorrindo apaixonada falo

-Essa música é para a minha noiva - Ela disse no microfone e ajeitando o violão - Essa música marca muito o nosso relacionamento à quase nove anos atrás - Ela começou a tocar o violão - Hoje cedo eu chorei , acordei com você na cabeça , não peça pra que eu te esqueça , pois tudo no mundo me lembro você [...] - Ela cantou olhando para mim e meus olhos se encheram de lágrimas

Essa música é muito nossa , da nossa pausa de 7 anos , do que sentíamos , desde o  nosso primeiro namoro ouvíamos essa música.

-Eu tentei, eu lutei , fiz o possível , mas viver sem você é impossível. Eu tentei , eu busquei outra saída , mas o que fazer se só da você na minha vida ? - Canta com seus olhos fixados em mim

Ela acabou de cantar e desceu , todo mundo começou a aplaudir e Cos ficou com vergonha porque suas bochechas estavam rosinhas.

-Nossa , você foi incrível - Félix diz amimado

-Foi muito boa - Pedro diz sorridente também

-E então ? - Minha noiva diz entrando no meio das minhas pernas

-Uau , eu não tenho palavras , Cos - Abracei ela forte - Obrigada , você foi demais - Beijei seu rosto - Eu tenho a melhor noiva

-Tem mesmo - Cos me deu um selinho e ficou abraçada no meu pescoço e eu com meus braços em volta da sua cintura

-Como está o seu trabalho , Cos ? - Fê pergunta

-Está legal - Responde sorrindo - Eu só não posso sair e entrar na hora que eu quiser , mas tirando isso.

Foi muito legal sair com eles. Eles são bem divertidos , é bom para descontrair um pouco a cabeça.

-Cosima - Ouço a voz do Paul quando estávamos indo para o carro de mãos dadas

-Oi Paul - Ela diz sorrindo

-Vejo que está noiva - Paul fala pegando sua mão e olhando o seu anel

-Não encosta nela - Eu puxei a mão da Cosima

-Vai me bater de novo ? - Ele diz em deboche

-Se você ficar de gracinha eu bato - Falo em um tom grosso

-Cosima estava tão triste no dia que almoçamos juntos , achei até que iriam terminar - Ele diz

-Cosima você almoçou com o Tom ? - Olho para ela não acreditando e largando a sua mão

-Sim , mas... - Eu a cortei

-Quer saber , estou indo para casa - Dou as costas para ela e saio andando

-Del , para de bobeira - Minha noiva diz indo atrás de mim - Não precisa de ciúmes

-Não é ciúmes , Cosima - Me viro para ela brava - Ele me fez perder dinheiro , muito dinheiro , me envergonhou na frente dos empresários mais importantes do Canadá , não é ciúmes , eu achei que você poderia ter um pouco de consideração por mim , porque eu não posso te proibir de falar com ele , mas como a minha futura esposa achei que poderia pensar em mim só um pouquinho - Ela ficou quieta - Já que não vai falar nada , eu vou embora - Entrei no meu carro e dei partida

Chegando em casa , troco minha roupa rápido , tiro a maquiagem e Cosima me liga e eu ignoro.

Não dormi tão rápido assim mas dormi.

-Bom dia - Alison entra na minha sala - Trouxe para você - Me entrega um copo de café 

-Bom dia - Sorri - Obrigada

-Como você está ? - Ela senta na minha frente - Nervosa para o casamento ?

-Não iremos fazer nada grande , e eu entendo que ela não queira por conta dos pais dela - Dei um gole no meu café

-Se sair casada está bom - Ali sorri - Estou voltando hoje

-Mas já ?

-Ja estou muito tempo fora de casa , minha esposa não gosta - Sorri - Agora sabe que vai só transar com a Cosima para o resto da vida né.

-Quem me dara se fosse a vida toda , evitaria muita coisa , queria eu só ter feito isso com ela - Digo olhando para papelada - Eu não ligo para isso , eu amo fazer sexo com a Cos eu nunca enjoo e no dia que isso acontecer me interne - Ali riu - To falando sério - E você ? Ta com uma cara que está na seca a meses

-Acertou , não temos tempo para gente , eu saio de manhã e fico até a tarde , ela sai de tarde e quando chega eu já estou dormindo - Ela respirou fundo - A vida de casado não é fácil

-Tem varias formas para vocês fazerem como: de madrugada , por telefone , na hora do seu almoço , eu tenho uma foto mais íntima da Cosima no meu celular , que quando estou muito estressada eu uso bastante as minhas mãos - Falo

-Eu também tenho da minha mulher , mas , sei lá - Ela respira fundo

-Não desanima não, se deixar cair na rotina é pior , faz um jantar romântico, leve flores para ela , diga o quanto ela é linda e o quanto tem sorte de tê-la em sua vida , são nos pequenos detalhes que a gente ganha , pergunte como foi o seu dia , faça uma massagem nela , surpreenda-a de alguma forma , o amor é incrível - Falo sorrindo - Diga o quanto a ama e que sem ela você não seria ninguém , fale como ela ficou gostosa no vestido , diz que sua maquiagem está incrível , de cantadas nela , paquera ela , vai por mim , é um caminho sem volta paquerar a sua esposa e no meu caso é noiva.

-Cosima tem tanta sorte de tê-la , de poder beija-lá e toca-lá, Del você é o sonho de qualquer pessoa - Eu fico quieta - Quem diria , Delphine Cormier me dando conselhos amorosos - Alison diz sorrindo e descontraindo um pouco- Agora eu pensei o quão ridícula eu sou

-Não fale assim , tá , você é só um pouco - Ela riu - To brincando , mas faz isso para ver como sua vida amorosa decola , porque um relacionamento vai mais do que uma atração sexual.

Ficamos conversando mais um tempo até que Alison teve que ir para o aeroporto.

Lembrei que tinha combinado com a Cos de ver algumas casas para comprar , mesmo que a gente não tenha se falado desde ontem , eu não poderia dar o bolo nela.

18:39

-Boa noite - Cheguei perto da Cos , estava ela e a corretora de móveis em frente a casa

-Boa noite - Ela responde sorrindo - Sou a Alex Vouse - Estende a mão para mim - Você deve ser a noiva

-Sim , sou a Delphine Cormier - Aperto a mão dela sorrindo - Desculpe meu atraso , é que o trânsito estava tenso

-Tudo bem - Responde sorrindo - Como eu estava falando para a senhora Niehaus , essa casa é uma casa ótima , ela é perto do centro , tem três quartos , então quando quiserem filhos terá quartos para todos , ela é bem espaçosa por dentro , tem quatro banheiros e três são suítes. Vamos entrar - Ela foi caminhando até a casa e nós a seguimos.

A casa realmente era muito aconchegante , dois andares , os quartos bem espaçosos , a cozinha grande, a casa era muito a nossa casa.

-A casa é incrível - Cos fala sorrindo - Confesso que foi a que me chamou atenção das casas que fomos ver.

-Eu também , ela tem tudo que precisamos , e o melhor é que é perto do meu trabalho - Digo sorrindo com a mão no ombro da minha noiva

-Fico feliz que tenham gostado -‘Alex responde sorrindo

-Mas antes de assinar as coisas acho melhor conversarmos direito , porque vamos fazer um grande investimento - Cos diz

-Tudo bem , aposto que não irá se arrepender - Vouse sorri - É a primeira vez que estão casando ?

-Sim - Respondo sorrindo

-Vocês formam um belo casal - A corretora coloca seus óculos na cabeça

-Obrigada - Cosima sorri - Você me disse que é nova na cidade né

-Sim , eu e minha esposa Piper chegamos tem uns meses , ainda não conhecemos muitas coisas mas devagar estamos nos adaptando.

-Vocês vieram da onde ? - Pergunto.

-Nova York , lá é uma boa cidade , mas tivemos uns problemas e preferimos nos mudar - Ela coloca seus óculos no rosto de novo - Poderíamos marcar um jantar , não temos muitos amigos por aqui

-Claro - Cosima sorri

-Por mim tudo bem - Respondo sorrindo também

-Então quando ja tiverem com a resposta me liga , aí vocês vão na minha casa e jantamos.

-Ótimo - Sorri

-Foi um prazer conhecê-las , espero que tomem a melhor decisão - Ela nos cumprimenta com apertos de mão

-O prazer foi nosso e muito obrigada - Cos diz sorrindo

Fomos até os nossos carros.

-Oi - Minha noiva fala de um jeitinho fofo

-Oi - Destranco a porta do meu carro

-Para de ficar brava comigo , eu vou ficar brava com você - Ela diz manhosa - Eu sei que deveria ter te falado , é que naquele dia a gente tinha brigado , e eu estava com raiva de você porque não queria se casar comigo , mas eu juro que não aconteceu nada... - Eu prendo ela entre o carro e o meu corpo

-Shii.. - Tapei a sua boca com meu dedo - Não precisa se desculpar , eu não estou brava com você - Pensei - Tá , só ontem , mas passou - tirei a mão da sua boca e escorreguei até o seus peitos apertando - Eu confio em você - Apertei seus peitos e um gemido discreto saiu de seus lábios

-Me diz que eu vou me casar com você mesmo , não me fala que é um sonho - Sorri

-Você vai - Sussurrei nos seus lábios - E se você concordar , aquela casa - Apontei para a casa - Vai ser onde vamos morar , possivelmente criar os nossos filhos e envelhecer juntinhas.

-Eu te amo tanto - Ela coloca uma mexa do meu cabelo para trás da minha orelha 

-Eu também te amo tanto - esfreguei nossos narizes em um beijinho de esquimó e nós sorrimos

Minha noiva toma a iniciativa me beijando profundamente , minha mão vai direto para a sua bunda e apertando-a.

Eu não sei muito bem onde isso vai parar e o meu desejo é que nunca para essa vontade que eu tenho de amar a Cosima mais e mais. Sinto que agora eu posso voar na linha do amor ( Isso é muito gay e eu sei ) mas é a verdade. Cosima sempre soma na minha vida , mesmo longe, perto , brigadas , ou na paz. Cos sempre da um jeito de me fazer a mulher mais sortuda e feliz do mundo. Sempre serei grata a Cosima por abrir os meus olhos e o meu coração. E as minhas pernas , claro.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...