História 7 Cartas para o meu amor - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol
Tags Byun Baekhyun, Chanbaek, Death, Letters, Park Chanyeol, Sad, Shortfic, Yaoi
Visualizações 32
Palavras 307
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Pansexualidade, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Quem é que tomou vergonha na cara e veio atualizar a Fic ? Eu mesma.

Me desculpem meus amores eu estive muito ocupada nesse meio tempo, provas e trabalhos tomaram conta do meu tempo. Mas enfim eu to viva e isso que importa rs

Boa leitura e me desculpem os erros ^^

Capítulo 6 - A quinta carta


"Querido ChanYeol,

Hoje você parecia mais calmo na escola.

Ouvi pelos corredores que o seu pai havia sido preso, e realmente, você parecia mais tranquilo.

Fiquei feliz por você, pena que a minha felicidade durou pouco.

Cheguei em casa e me deparei com uma cena incomum.

Meu pai estava sentado no sofá, e parecia abalado. Minha mãe estava do seu lado, parecendo assustada, e nenhuma de minhas irmãs estava em casa, já que não ouvia o típico barulho de suas conversas e risadinhas.

-Oi? -perguntei

Imediatamente meu pai levantou, minha mãe o acompanhou, como uma sombra.

-Finalmente chegou. -ele parecia bravo.

-O que vocês estão fazendo aqui ? Não deviam estar trabalhando? -perguntei confuso

-Eu descobri algo que me fez faltar. E mandei sua mãe ficar comigo.

Minha mãe se encolheu.

-O que você descobriu? -estava com medo

-Isso. -ele mostrou um pequeno diário azul... o meu diário.

Fiquei paralisado.

-Achei aqui no sofá. Eu li.

-E? -perguntei nervoso

-E EU NUNCA MAIS QUERO OLHAR NA SUA CARA -meu pai gritou

-O... o quê?

-POR CAUSA DISSO AQUI -ele levantou o diário - EU DESCOBRI QUE MEU FILHO, QUE EU CRIEI COM TODO O AMOR E CARINHO, NÃO PASSA DE UMA BICHA FRESCA ! 

Foi nesse ponto que minhas lágrimas começaram a rolar.

-Pai, eu...

-EU NÃO QUERO MAIS SABER! SAIA DAQUI! 

-Mãe... -apelei

Ela me olhou, parecia querer falar alguma coisa. Depois olhou para o meu pai, e voltou a encarar o chão.

-Ela concorda comigo. Você Não passa de um viadinho de merda. Agora saia daqui. Você não é mais o meu filho! Eu não te conheço !

Continuei parado.

-SAIA DAQUI SUA BICHA! 

Ele estava vermelho, minha mãe chorava e eu também.

Dei meia volta e saí, mal conseguindo enxergar por causa das lágrimas.

Fui até a casa de um antigo amigo. Woojin.

Ele me acolheu, e estou no quarto de hóspedes dele.

Nem sei mais o que dizer, ChanYeol. Não tenho palavras para descrever o que sinto.

Eu não tenho mais nada.

Atenciosamente,

Byun. B"


Notas Finais


Desculpem pelo capítulo bosta, estou morrendo de sono.

Coitado do Baek, o pai dele é um babaca.

A fic está acabando :(
Só mais duas cartas e o epílogo.

Comentem e favoritem.

Beijinhos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...