História 7 é demais - Capítulo 1


Escrita por: e xtaesoft

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Red Velvet
Personagens Chanyeol, Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Suho, Wendy
Tags Bangtan Boys, Black Pink, Bts, Bts!teen, Casa Cheia, Chanyeol, Comedia, Família, Jennie, Jikook, Namjin, Red Velvet, Suho, Taekook, Wendy
Visualizações 64
Palavras 418
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Bishounen, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fluffy, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


ENFIM, POSTADA
Gente, perdoa os erros que não foi betada ainda
Não adianta pedir spoilers, que os shipps da fic não saem #ha
Comediaun da Marjorie e da San, top.
Não levem a sério, pfvr, as piadas com as meninas, faz tudo parte do enredo.
Boa leitura ~♥

Capítulo 1 - I. Prólogo


Fanfic / Fanfiction 7 é demais - Capítulo 1 - I. Prólogo

Se você está aqui, provavelmente ficou curioso sobre minha história.

Estou avisando, ainda há tempo de voltar atrás.

Ainda está aqui? Depois não diga que não avisei.

Sabe quando parece que a vida resolve te dar uma rasteira e juntar tudo que você mais odeia na mesma casa?

Não? Pois então vou irei explicar como isso funciona.

Há alguns anos atrás, por motivos ainda desconhecidos — talvez — por mim e meu irmão, TaeHyung, meus pais se separaram. Kim Namjoon, um homem muito respeitado na cidade, e Wendy, sua "excelentíssima" esposa. É engraçado tocar nesse assunto, porque todos sempre afirmaram que eles eram o exemplo de casal perfeito.

Mas parece que da fruta que minha mãe curtia, meu pai também gostava.

Nada contra, não irei negar que talvez, só talvez, eu também tenha um pézinho na coisa.

O problema foi que depois de se assumir, passado alguns anos após o divórcio, ele apareceu namorando o meu professor de economia doméstica, Sr. Seokjin, e no pacote veio os três filhos insuportáveis dele.

Meu professor pode ser um amor de pessoa, um bom homem, amável e atencioso com todos, mas com certeza não soube educar os próprios filhos. Ou, talvez, eles sejam muito parecidos com a mãe deles, Jennie, pessoa essa que não saí da nossa casa soltando o veneno entre o casal "namjin" — gostou do shipp? obra minha e de Tae —.

Sem dúvida alguma, nem uma das ex esposas ficaram satisfeitas com esse relacionamento, e muito menos eu quando descobri que com ele viria mais tarde um casamento e que eu seria obrigado a deixar minha casa, meu quarto individual, para morar com os monstrinhos... Sério, quem é obrigado a largar o próprio quarto para ser companheiro de quarto de Jeon Jungkook? Esse garoto consegue ser mais cobra que a própria mãe.

"Ah, mas Jimin, por que você não mora com a sua mãe?"

Se não me bastasse todo esse tormento, minha mãe, senhora lindíssima Wendy, resolveu namorar um Don Juan conquistador, pai de um palhaço qualquer da escola, para provocar meu pai.

Mãe, acorda. Meu pai é gay. Já era.

Já não basta TaeHyung ficar achando que está apaixonado por esse insuportável do Jungkook, ainda vou ter que aturar a família Suho x Chanyeol e suas piadas de tiozão na mesma casa?

Eu só sei que nada disso pode dar certo, e para enfatizar ainda mais meu desgosto e a vontade de tacar fogo na casa, irei contar para vocês, a partir de agora, minha história.

E que história.


Notas Finais


Ainda não sabemos quando saí o próximo a
Mas prometo que logo sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...