História 7 Vidas de um Gato - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Dylan O'Brien
Personagens Dylan O'Brien, Personagens Originais
Visualizações 17
Palavras 1.347
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Festa, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aproveitem na capa é o Noah *3*

❤❤❤

Capítulo 6 - Se esforçe, mas não machuque ninguém


Fanfic / Fanfiction 7 Vidas de um Gato - Capítulo 6 - Se esforçe, mas não machuque ninguém

A cada uma hora de treino nós tínhamos um intervalo de 15 minutos para nos hidratar, usar o banheiro ou apenas  descansar no gramado ou no banco das arquibancadas.

Dylan estava deitado na grama do campo, na verdade mais jogado do que deitado, esticado.

Fui até Nicolas que igualmente dylan,  ele também estava largado no banco da arquibancada com a mão tampando os olhos decepcionado com si mesmo.

Sentei de seu lado e disse o encorajando.

- Levanta daí cara 

- Pra que ? Perder para idiotas mais novos que nós ? - Fez uma pergunta retórica num tom ranziza.

- Cara ainda temos o segundo tempo, precisa se esforçar mais - Aconselhei.

- Me esforçar mais? E você ? Por que você não se esforça mais ?! - Gritou empurrando-me.

Eu me iritei e empurrei o capitão do time fazendo ele sentar no banco novamente e gritei desta vez muio bravo.

- Você é idiota ?! Eu tô tentando ajudar você ! - Larguei o capacete no banco e continuei a gritar - Quer saber ? Faz isso sozinho, seu metido ! - Deixei o local indo até o treinador.

Dylan p.o.v

Observei Alec indo em direção ao treinador. O que havia acontecido? Me perguntei.

Até que ouvi passo e virei o pescoço vendo Noah o irmão de Lauren se aproximar e sentar-se perto de mim, me senti desconfortado e deixei de ficar deitado.

- Eles acabaram de ter uma briga feia - Explicou Noah olhando Alec conversar com o técnico.

- Nicolas é um idiota - Resmunguei encarando Nicolas.

- Ele só é um pouco temperamental - Relembrou o que o pai de Nicolas fazia a ele na infância.

- Ei ! -Chamei, mas o mesmo não olhou.

Então chamei novamente.- Noah.. - Encarei o lugar onde o rapaz estava olhando mas era para o nada.

Aproximei minha boca do ouvido de Noah e...

- Noah ! - Berrei no ouvido do loiro.

Ele deu um pulo alisando a orelha pelo estrondo que sentiu nos tímpanos.

- Cara ! Não faz isso ! 

- Que ouve ? Você encarou o nada em silêncio faz..Sei lá..Alguns segundos - Convenci.

- Foi mal, voltei no passado de repente- Disse se levantando e erguendo a mão  para mim.

Segurei na mão dele apoiando-me e se levantando.

Notei que Alec estava sentado na arquibancada de cima onde ficavam os torcedores, fui até a arquibancada e gritei vendo o mesmo de cima.

- O que está fazendo aí ?- Gritei levando as mãos perto da boca, como uma mania.

- Eu não vou jogar mais ! Vou assistir - Alec gritou para que eu pudesse ouvir.

- Por que ? - Questionei confuso.

- Porque o Nicolas é um metido, idiota e muitas outras coisas das quais não quero citar - Resmugou alto para que o próprio nick pudesse ouvir.

- Foda-se ! Não precisamos de você Laren ! - Gritou Nicolas furioso.

- Seu saco de bosta ! - Gritou meu melhor amigo com um belo humor.

- Calados! os dois ! - Berrou o treinador após soprar o apito.

- Parece que somos apenas nós - Disse Noah colocando o capacete.

Lucky colocou o capacete indo para seu lugar encarando Nicolas.

- Não pega leve ! - Gritou lucky pedindo para Nicolas machucar Eloah.

Narrador p.o.v

Lauren notou Alec sozinho na arquibancada e foi até ele.

- Por que não esta jogando ? - Perguntou olhando os jogadores organizados.

- Vou dar um tempo para o idiota do Nicolas - Respondeu - E você ? Por que não está na aula de violino? -

- Decidi dar um tempo para a idiota da Lucy - Disse rindo pelo fato de ter repitido a frase da mesma relação que Alec.

O Kickoff foi dado com extrema força,  a bola voou pelo campo e todos atacantes começaram a correr, um dos jogadores do time agarrou a bola e começou a correr pelas jardas, ao ver que não conseguia ultrapassar mais jardas lançou a bola para dylan quando o mesmo pulou para pegar foi derrubado por lucky, o albino, um jogador do mesmo time.

Dylan caiu contra o chão de bruços, abrindo a boca sentindo a dor de ter caindo em cima do braço.

Alec e Lauren que estavam assistindo ficaram preocupado ao ver Dylan caindo no chão e permanecendo na grama do campo, algo havia acontecido, ele se levantaria se não fosse grave ou se estivesse doendo.

Alec preocupado o bastante com seu melhor amigo desceu da arquibancada e correu invadindo o campo de futebol.

Lucky deixou Eloah pegar a bola e marcar ponto cruzando a Endzone e foi ajudar o rapaz.

- Merda ! Dylan desculpe.. - Se agachou ajudando dylan a se levantar.

- Tudo bem,  eu estou bem..agh...! - Gemeu ao levantar-se devagar segurando o ombro.

-Você tem algum problema de cabeça ?! - Gritou Alec empurrando com força Lucky no chão de grama, porém não o derrubou.

- Eu tô tentando vencer ! - Gritou se aproximando.

Alec p.o.v

Lucky deu passos longos e ficamos de cara a cara, prestes a brigar.

Dylan suspirou gemendo e indo para perto de mim.

- Parem vocês dois ! Eu estou bem ! - Disse tirando a mão do ombro e tentando disfarça a dor.

O treinador chegou e separou os dois,  Eloah se aproximou tirando o capacete.

- Uhuu touchdown ! - Gritou festejando o ponto que fez.

- Isso tudo culpa sua ! Seu estúpido - Nicolas gritou apontando para Eloah.

Eloah se aproximou do loiro com a mesma cara de sarcástico de sempre e disse. 

- Imprime sua opinião enrola e fuma porque ela é uma droga -  Humilhou Nicolas, seus amigos riram também o que o deixou com mais raiva.

Nicolas dá um passo a frente de pura raiva do aluno mais novo. Até que o técnico apitou e gritou.

- Já chega !!! Vão tomar um banho ! - Ordenou o treinador apontando para a saída do campo.

Certamente todos obedecemos, Noah e eu fomos até Dylan para ajudar e checar se o mesmo estava bem.

- Cara foi um tombo em tanto - Disse brincando. 

- É... Aquele garoto é mesmo um exibido - Dylan encarava Eloah.

- Gente.. Vou tentar acalmar o Nick - Disse Noah depois de ter acompanhado eu e dylan até  a saída do campo.

- Certo, cuidado tá ? - Me preocupei.

- Isso que faz você ser um ótimo amigo e jogador - Sorriu Noah indo até Nicolas.

- Meu deus ! Dylan você tá bem ? - Perguntou a morena conferindo o braço de dylan.

- Não... Está doendo muito...!  - Fingiu, porém Lauren percebeu que estava mentido.

- Sei...- Olhou para o chão.

- Não quero sair daqui e deixar você pensando sozinha, mas preciso levar o dylan na enfermaria - Pedi desculpas e saí da li, não queria ser duro demais,  mas dylan precisava de apoio.

Fomos na enfermaria

- É só tomar um banho quente ou fazer uma compressa de água quente e melhorará - Informou a enfermeira.

Dylan se levantou da cadeira e vestiu sua camisa.

Após ir a enfermaria entramos no banho, onde todos os jogadores estavam, tirei a roupa e liguei o chuveiro. Noah estava do meu lado direito sentindo a água quente molhar seu rosto.

- Eu falei com ele cara, e consegui acalmá-lo...  - Falou Noah com os olhos fechados.

- Não falam de mim como se eu não estivesse aqui ! - Nicolas interrompeu.

- Você tem um dom Noah, sabe como apaziguar melhor que ninguém as situações - Falei orgulhoso.

- Você também tem, não somos tão diferentes - Sorriu e continuou - Nenhum de nós somos. 

Depois do banho, fomos para o quarto nosso quarto e Lauren estava lá com o Gilbert no colo eu e dylan sorrimos aquilo era a única coisa que valia a pena, a aula de química era tediosa, a de física complicada, o treino foi horrível, porém a hora da noite em que víamos o Gilbert era especial e duradora na maioria das vezes.

Entramos em casa com sorrisos alegres no rosto.


Notas Finais


Até comentem o que acharam please 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...