História 99 IMAGINES BTS VOLUME 2 - dedicado para armys - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Imagine Bts Bangtan
Visualizações 202
Palavras 653
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Quase todos vão ser do ponto de vista da S/N. E quase sempre ela vai ser infeliz.

Capítulo 4 - Câncer - Jeon JungKook


A mais o menos cinco anos ele luta pelo câncer. O meu querido JungKook , meu marido , luta contra essa doença terrível. Já foram cinco anos fazendo quimioterapia. Cinco anos de ouro sofrimento e dor , ele já não era mais o mesmo de antes. Não era feliz , não se amava mais. Essa doença o fez sentir muito mal. 

- Bom dia meu amor. - falei. Ele acabara de acordar de um longo sono. 

- Bom dia querida. - sorriu sem forças. Como isso me partia o coração. 

- Quer alguma coisa ? 

- Não. Não precisa , por que você não vai para casa ? E descansa , você ficou comigo a semana toda. - falou com um pouco de dificuldade. 

- Tudo bem. Eu vou , mas eu volto. Não vou te deixar. Nunca. - sussurrei para ele que estava tão cansado. Dei-lhe um selinho e fui embora. 

JungKook estava se sentindo mal desde o dia que teve de raspar a cabeça. Sabe aquela cena de filme ? Com uma música de fundo e os cabelos caindo ? Ele estava daquela maneira. Meu coração apertou a cada fio de cabelo que caia. Eu via sem semblante tristonho , não aguentava mais o ver assim. Eu queria ajudá-lo , reanima-lo. E a única forma para isso , seria ficar igual a ele. Pelo menos eu acho que vai ajudar. Portanto fui até o cabeleireiro.

- Bom dia S/N. Como JungKook está ? - Anne era minha amiga e cabeleireira. Por isso éramos íntimas. 

- Bom dia Anne. JungKook está muito melhor , e você como vai ?- ri fraco. 

- Que bom. Eu estou muito bem. Mas e você está bem ? 

- Sim estou ótima. - disse convicta de minhas palavras. Mesmo com tudo isso , não poderia me deixar abalar. 

- O que vai ser hoje ? - perguntou atrás de mim. Eu estava sentada. 

- Quero raspar a cabeça. Isso é pelo JungKook e para fazê-lo se sentir bem , apenas faça para mim Anne. - suspirei fundo.

- Ok. - a mesma respondeu tristonha. 

Ela pegou a máquina e pôs na zero. Meus grandes cabelos encaracolados que vinham até meu bumbum , foram tirados de uma vez só. Também fiquei triste ao vê-los caírem. Me senti como o JungKook , agora eu sei como ele estava triste. Após raspar a cabeça fui para minha casa , tomei um banho troquei de roupa e comi algo. Peguei o carro e voltei para o hospital. Queria fazer essa suspresa para o JungKook. Chegando lá , vi que uma maca com rodas (esqueci o nome) estava saindo do quarto dele e, ele estava nela. Corri até ele e vi que estava muito mal , os médicos disseram que estava tendo uma recaída fortíssima. 

- Amor ! Você vai ficar bem. - falei segurando sua mão e o mesmo olhou para mim. Sorri para ele com lágrimas nos olhos e ele sorriu , ele deu o seu melhor sorriso. 

- Eu te amo. - murmurou e os médicos o tiraram de mim e foram com ele para uma sala qualquer. 

- Ele sorriu.... - falei para mim mesma e, lembrei de seu sorriso. O mais belo de todos , ele havia sorrido da mesma forma de quando percebemos que estávamos apaixonados. Ele sorriu para mim. Fiquei esperando calmamente em seu quarto. Esperei ele voltar , porém apenas apareceu um médico. - E aí doutor ? Ele melhorou ? 

- Infelizmente ele morreu. Sinto muito. - o médico disse isso como se fosse a coisa mais normal do mundo e se foi. Deixou-me no quarto com os pensamentos a mil. Com o coração despedaçado. A minha meta havia morrido , mesmo que fizesse pouco tempo eu já sentia que faltava algo em mim. Porém a única coisa que me consolava era saber que antes de morrer ele se sentiu bem e não indiferente.


Notas Finais


Eu fiz uma pergunta sobre isso no meu Instagram. Era : "você rasparia a cabeça para fazer o JungKook se sentir melhor?"

Muitas votaram em sim e outras não rsrs e você ? Faria como a S/N ?

(Se ele tivesse câncer)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...