1. Spirit Fanfics >
  2. A 16 passos de ti >
  3. Rapto da Flora e Derek Phillips Bieber

História A 16 passos de ti - Capítulo 15


Escrita por:


Notas do Autor


Cá vai mais um capítulo espero que gostem!

Boas leituras!

Capítulo 15 - Rapto da Flora e Derek Phillips Bieber


Fanfic / Fanfiction A 16 passos de ti - Capítulo 15 - Rapto da Flora e Derek Phillips Bieber


Flora Bieber :

Quando comecei a voltar a mim eu não consigui perceber onde estava, era um lugar sujo e escuro, mas uma voz ao longe fez com que eu a conhece se. 


Flora consegues ouvir me meu amor. - disse aquela voz que por mais anos que passem eu nunca me esqueceria dela.


Tia o que é que estas a fazer, a minha mãe vai encontrar te! A polícia vai encontrar te. - disse ainda meia estonteada.


A tua mãe não te vai encontrar sabes porque? Porque quando ela chegar aqui eu vou mata lá e ela nunca mais vai se intrometer nas nossas vidas vai ser apenas eu, tu, o teu pai e o mano mais ninguém. - disse sorrindo desequilibrada.


Tu és louca, o meu pai ama a minha mãe eles casaram. - disse já em mim.


Pois Flora mas não será por muito tempo porque eu disse à tua tia que se ela não viesse eu matava te. - disse e eu olhei para ela incrédula.


Não te preocupes porque é mentira, eu já mais te mataria Flora, tu foste a melhor coisa na minha vida, eu nunca te faria mal filha. - disse tocando na minha cara.


Não me chames de filha, porque eu não sou tua filha! A minha mãe chama se lauren. - disse olhando para ela.


Não.. A tua mãe sou eu, fui eu que cuidei de ti dês que nasceste, que te dei amor, carinho, atenção, eu dei te o que a lauren nunca te deu!-gritou comigo.


Se ela não me deu isso de que estás a falar foi porque ela não pode! Porque estava presa por uma coisa que não fez! Porque ela preferiu ir presa em teu lugar! - gritei olhando para ela. Sabes porque? Porque a minha mãe é mais forte do que tu! Ela aguenta coisas que tu já mais vais  conseguir aguentar a vida inteira, ela é uma guerreira não é como tu uma cobarde invejosa, que sou usa os outros por interesse! - gritei e ela deu me um estalo.


CALA TE!! - gritou me dando um estalo e eu fiquei incrédula.


As verdades custam a ouvir eu sei, mas eu só quero que saibas de uma coisa, eu nunca te senti como mãe, sabes porque? Porque tu só me usas te para poderes casar com o meu pai... - disse e ela começou a falar ao mesmo tempo que eu.

FLORA!.. - gritou e eu a interrompi. 

TU SÓ CASASTE COM O MEU PAI PARA DEITARES AS GARRAS AO DINHEIRO QUE NÃO É E NUNCA SERÁ TEU, TU NÃO GOSTAS DE NINGUÉM SÓ PENSAS EM TI E EU TENHO A CERTEZA QUE TU SÓ ENGRAVIDASTE DO MEU PAI PARA O PRENDERES A TI MAS ISSO NÃO VAI ACONTECER... PORQUE O MEU PAI AMA A MINHA MÃE!! - gritei e ela veio na minha direção.


NÃO O TEU PAI É MEU E SÓ MEU E A LAUREN VAI PAGAR POR O ME TER ROUBADO, EU LIVREI ME DELA HÁ 16 ANOS ELA NÃO ME VAI ESTRAGAR A VIDA OUTRA VEZE NÃO VAI!! - gritou comigo e eu senti medo daquela outra face da minha tia uma face desiquilibrada psicotica.


Ai! - gritou pondo a mão na barriga. Eu vou contar te como foi que a tua mãe perdeu o teu irmão até porque não se tem abortos espontâneos assim do dia para a noite como ela teve. - disse se sentando numa cadeira.


Lauren bieber :


Eu não podia acreditar que a minha irmã me tinha raptado a minha filha. 


Essa mulher está completamente louca só pode a onde é que já se viu raptar a pessoa que ela diz amar mais!-disse a Mel espantada. É que não tem cabimento nenhum.


Lauren conseguiste ouvir alguma coisa enquanto falavas com ela um rio, um comboio qualquer coisa?-perguntou o Ryan.


Não agora... Eu não consigo pensar. - disse olhando para eles.

Tenta pensar Lauren, concentra te. - disse o justin.

Agora que eu me lembro... Eu ouvi como o barulho de um comboio a passar. - disse olhando para eles.

Ela só pode estar em um único lugar que existe aqui e que passe um comboio ao pé. - disse o Ryan.

E a onde é esse lugar Deus do céu. - disse a Pattie aflita.

Ao pé do celeiro velho, onde guardavam a palha para os animais justin. - disse o Chaz.

Isso fica a 2 km daqui como é que vamos chegar lá. - disse chorando. Vai demorar muito tempo.

Elena Phillips :

Vamos ligar à tua mamã para saber se és assim tão importante para ela, ao ponto de já estar a caminho daqui. - disse olhando para a Flora que olhava para mim com um olhar mortal.

Pões o telemóvel no ouvido à espera que a Lauren atende se.

Parece que a tua mãe não se importa assim tanto contigo filha. - disse sorrindo para ela. Lauren eu posso saber porque raio demoras te tanto tempo para atender?! - perguntei irritada.

Eu nao estava ao pé telemóvel. - disse ela e eu sorri.

Ouve me com muita atenção, às 9 horas da noite vem ter a última estação de autocarros do lado este a 2 km dai. - disse e ouvi ela suspirar. E mais uma coisa se pensares em trazer a policia ou alguém atrás a Flora morre eu estou a te avisar. - disse e desliguei.

Vamos ver se a tua mamã vai ser obediente meu amor. - disse fazendo carinho na bochecha dela que afastou a cara da minha mão.

Flora entende uma coisa ninguém te ama como eu te amo filha, nem mesmo a tua mãe que foi quem te teve. - disse olhando para ela.

Pois fica sabendo que neste momento eu odeio te. - disse a Flora olhando para mim rancorosa.

Tu ainda me vais agradecer filha. - disse me sentado numa cadeira.

Lauren Bieber :

Eu preciso de ir a Elena acabou de me ligar a dizer para ir ter com ela, eu preciso de ir. - disse aflita pegando num casaco que a Mel me tinha trazido e foi até ao carro.

Lauren espera eu vou contigo! - disse o Justin.

Não ela disse para eu ir sozinha sem ninguém e muito menos a polícia.. Se eu não obedecer ela disse que matava a Flora. - disse chorando.

Ela já mais tocaria na Flora ela não lhe vai fazer mal Lauren! - disse o Justin aflito.

COMO É QUE TU SABES!! - gritei nervosa com o Justin.

Então meninos não vão discutir agora. - disse a dona Pattie. 

Eu vou indo quando mais depressa chegar melhor! Mais cedo acaba este pesadelo. -disse e foi para o carro.

LAUREN! - gritou o Justin vindo a correr até mim.

Tem cuidado a Elena pode te fazer mal. - disse olhando para mim.

Eu tenho não te preocupes. - disse sorrindo para ele.

Trás a Flora de volta. - disse me abraçando.

Eu trago, te amo! - disse o beijando.

Eu também de amo meu amor! - disse me beijando e eu entrei no carro.

Depois de muita estrada tinha finalmente chegado ao celeiro.

Elena Phillips :

Eu estava sentada em frente da Flora, as contrações para o bebé nascer ja tinham começado e de vez em quando vinha uma cada vez mais forte, o meu filho escolheu uma má hora para nascer.

A tua mãe nunca mais chega. - disse me levantado com dificuldade. Não dizes nada? - perguntei olhando para a Flora. 

Eu não tenho nada para dizer! O que é que queres que eu diga? - perguntou olhando para mim. 

Flora não me odeies por favor filha, eu gosto tanto de ti! - disse vindo para a frente dela. 

Então solta me por favor! - disse olhando para mim. 

Tu não compreendes que eu não te posso soltar! - gritei e ela assustou se. 

AI!!! - gritei pondo a mão na barriga quando deu me uma contração. 

Naquele momento bateram na porta e eu fui abrir. 

Finalmente lauren pensei que a tua filha não fosse assim tão importante para ti. - disse e ela entrou. 

A onde é que está a minha filha! - gritou e eu empurrei na para  dentro. 

Flora meu amor! - disse indo ter com ela. 

Mãe! - disse ela chorando. 

Ela magoou te? Fez te alguma coisa? - perguntou chorando e a Flora negou também chorando. 

Tu achas que eu iria magoar a minha própria filha? - perguntei apontando lhe uma arma. 

Não sei vindo de ti podemos espera todo Elena! Todo mesmo! - disse olhando para mim. 

Realmente lauren não me comeces de todo! - disse rindo. Nem parece que somos irmãs! - disse testravando a arma. Agora vai para o pé da Flora! JÁ!! - gritei e ela fez o que lhe mandei. 

Lauren Bieber :

Eu olhava assustada para a Elena que apontava uma arma a mim e à Flora. 

Se o Justin não pode ser meu ele também não vai ficar contigo Lauren! - gritou puxado o gatilho e eu fechei os olhos deixando uma lágrima escorrer. 

AI!! - gritou e eu abri os olhos, e vi um líquido escorrer pelas pernas da Elena e ela olhou para mim assustada. 

Ai tu não podes nascer agora miúdo! - susserou para a barriga. Não agora miúdo! AI! - gritou quando veio outra contração. 

Elena as águas rebentaram o teu filho quer nascer. - disse nervosa. 

CALA TE!! - gritou com a mão na barriga. 


Mãe o bebé vai sufocar se não nascer. - disse a Flora assustada.

Elena deixa me ajudar te tu vais matar o bebé, ele tem que sair! - gritei aflita.

AIII NÃO! NAO PARA FUGIRES COM O JUSTIN E OS MEUS FILHOS NAO!! - gritou e eu olhei para ela assustada com a sua loucura. AIII!! - gritou com uma contração e eu vi sangue a lhe escorrer pelas pernas.

Flora ajuda me a tua tia vai matar o bebé! - disse e ela concordou. Eu agarrei a Elena pelos braços e deitei na no chão.

LARGA ME LAUREN!!! - gritou. 

FAZ FORÇA ELENA! - gritei no meio das pernas dela. 

NÃO!!! - gritou. 

ELENA TU VAIS MATAR O BEBÉ TENS QUE FAZER FORÇA!! - gritei nervosa. 

NÃO!! - berrou quando veio lhe mais uma contração. 

FLORA FAZ FORÇA EM CIMA DA BARRIGA DA TUA TIA PARA EMPURRAR O BEBÉ!-gritei e ela assentiu. 

1!2!3!EMPURRA! - gritei e a Flora empurrou a barriga. 

AHHHHHH!!! - gritou a Elena fazendo força. 

1!2!3!-OUTRA VEZ EMPURRA! - gritei e ela empurrou. 

AHHHHHH!!!! - gritou fazendo força me olhando com raiva. 

OUTRA VEZ EMPURRA!! - gritei e ela empurrou 

AHHHHHHHHH!!!! - berrou fazendo força. 

Eu ja tou a ver a cabeça! - disse sorrindo e a Flora sorriu. 

Justin bieber :

Depois da Lauren ter ido embora eu e os meninos fomos atrás dela sem ela saber. 

Depois de um tempo chegamos ao tal celeiro. 

Deve ser aqui justin! - disse o Ryan. 

É aqui eu vi a Lauren entrar. - disse olhando para eles. 

Vamos ver se conseguimos entrar! - disse o Chris. 

Flora Bieber :

Mas uma e já o consigo puxar. - disse a minha mãe. 

EMPURRA FILHA!!-gritou e eu empurrei. 

AHHHHHHHG!! - gritou a minha tia fazendo força. 

Já está aqui! - disse a minha mãe sorrindo e eu ouvi o choro do meu irmão e sorri emocionada. 

Pronto meu amor! Shhhhh está todo bem ja passou! - disse a minha mãe chorando emocionada. 

Ele é tão lindo! - disse sorrindo emocionada. 

Dá me o meu filho Lauren. - disse a minha tia olhando para a minha mãe. 

Tu achas que eu vou te entregar o bebê depois de o quase teres matado. - disse  a minha mãe olhando para ela e o meu irmão resmungava no colo dela. 

O FILHO É MEU! NÃO É TEU LAUREN! - gritou histérica fazendo o bebê se assustar. 

Mulheres desequilibradas como tu não foram feitas para serem mães Elena. - disse a minha  mãe olhando para a minha tia. 

Justin bieber :

Depois de muito rodarmos o celeiro encontramos uma porta, depois de muitas tentativas conseguimos arrombar a porta. 

LAUREN! FLORA! - gritei quando entrei lá dentro. 

PAI! - gritou a Flora e eu fui a correr até onde elas estavam. 

Vocês estão bem?! - perguntei quando cheguei ao pé delas. 

Nós estamos bem e o teu filho também. - disse a Lauren olhando para mim emocionada com um bebé no colo. 

O meu filho ja nasceu?-perguntei emocionado.

Sim quando a tia me raptou ela entrou em trabalho de parto e eu e a mãe fizemos o parto. - disse a Flora e eu dei lhe um beijo na testa a abraçando. 

Toma o bebê. - disse a Lauren e eu peguei lhe emocionado. 

Ele é tão lindo! - disse lhe mexendo na mão e ele resmungou. 

Eu vou chamar a polícia e uma ambulância. - disse o Ryan pegando no telemóvel. 

Depois de um tempo a polícia já tinha chegado junto com a ambulância que estava a dar assistência à Elena e ao bebé. 

Lauren de certeza que tu e a Flora estão bem? - perguntei lhe a beijando na testa. 

Sim meu amor não te preocupes. - disse me abraçando. 

Depois da polícia ter tirado todos os depoimentos foram todos para o hospital para ver o bebé.

Lauren bieber :

Amiga como é que tu estás? - perguntou me a Mel me abraçando. 

Estou bem dentro dos possíveis. - disse a abraçando tambem. 

Eu ainda não acredito que a louca da tua irmã te raptou junto com a Flora. - disse a kim depois de me ter abraçado. 

Eu também ainda não estou em mim, mas ja sabem o que é que vão fazer a Elena?-perguntei. 

O comissário disse que a Elena iria para uma clínica psiquiatra e seria escoltada por um polícia. - disse o Chaz e eu suspirei. 

Menos mal enquanto ela estiver lá podemos ficar descansados. - disse olhando para os presentes. 

Mas e o Justin a onde é que está? - perguntei. 

Ele foi fazer um teste de DNA para verificar se o bebê é mesmo filho dele. - disse o Chris. 

Depois de um tempo ja se sabia o resultado do teste e o Justin era o pai do bebé para alegria dele que era um pai super babado. A Elena também já tinha ido para a clínica psiquiatra e eu o Justin a Flora e o mais novo membro da nossa família já estávamos em casa. 

Passado quase um mês:

O meu irmão é tão fofinho. - disse a Flora toda babada para o irmão. 

Ainda bem que gostas filha. - disse o Justin sorrindo para ela. 

É verdade já passou quase um mês e ainda não escolhemos um nome para ele. - disse lhe mexendo na mãozinha. 

Pois eu acho que tu vais gostar do nome que eu tenho em mente. - disse o Justin. 

E qual é? - perguntei. 

Derek Phillips Bieber! - disse e eu sorri emocionada quando ouvi o nome. 

O nome do meu pai! - disse sorrindo. 

Sim eu acho que é uma homenagem bonita para darmos ao nosso filho. - disse e eu olhei para ele espantada. 

Noss..nosso.. Filho! - gaguejei ainda sem reação. 

Se tu aceitares ser a mãe do meu filho ele terá na certidão de nascimento como pais justin drew bieber e Lauren Joanne Phillips. - disse e eu sorri emocionada. 

É claro que quero meu amor! - disse e beijei no. Eu te amo tanto! - disse sorrindo. 

Eu também de amo! - disse e beijou me. 

Eu também quero! - disse a Flora nos vindo abraçar. 

Eu não podia ter escolhido família melhor. 





Notas Finais


Até ao próximo capítulo! 👍👍👍😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...