História A à Z - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Carla Tsukinami, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yuma Mukami
Tags Alfabeto, Autora Aj, Laitoxayato, Mansão Sakamaki, Reijixruki, Subaruxkou, Yumaxshuu
Visualizações 35
Palavras 1.477
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shounen, Sobrenatural, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiiii gente VOLTEIIII!!!! Com mais um capitulo agora é YuShuu kkkk
Então esses primeiros quatro capitulo será como os casais começaram a namorar e esse é um deles.
Acho que é só isso então...
BOA LEITURA!!!!!!

Capítulo 2 - B de Bola


Fanfic / Fanfiction A à Z - Capítulo 2 - B de Bola

Era um dia tranquilo na escola mais tranquilo do que o normal. Mesmo com várias pessoas frequentando a escola um silêncio enorme dominava os corredores da mesma, o que proporcionava uma enorme calmaria... realmente era muito agradável para se tirar um cochilo, e era exatamente isso que Shu fazia, dormia calmo e profundamente, mesmo no chão e com um pouco de barulho existente quando alguém passava ali, para aquele loiro dorminhoco tudo ao seu redor parecia ter sumido restando apenas ele e seus inseparáveis fones tocando suas queridas e tão apreciadas músicas clássicas deixando o sono ainda mais convidativo. Tudo estava na maior tranquilidade só poderia ser um sonho um sonho que ele adoraria não acordar, mas que infelizmente teve seu fim quando derrepente uma bola vinda de só Deus sabe onde, veio em sua direção acertando em cheio sua cabeça, no mesmo instante o loiro deu um pulo abrindo os olhos assustado e um pouco sonolento.

Shuu_ Itaiii... - Disse levando uma das mãos à cabeça passando-a de leve no local acertado.

Olhou a sua volta e encontrou um par de pernas a sua frente, subiu o olhar desde os pés até a cabeça do indivíduo a sua frente demorando um pouco ( já que o ser não era nem um pouco baixo), finalmente chegando em seu rosto parou para o observar e viu que era um ruivo de olhos castanhos escuro que se encontrava fitando os seus olhos azuis.

Ficaram se encarando por alguns segundos em um silêncio constrangedor, até o mesmo ser quebrado pelo ruivo.

Yuma_ Desculpe, não queria ter te acertado. - Se pronúncia sem quebrar o contato visual, estava hipnotizado com aqueles olhos da cor do oceano. _ Qual é o seu nome? o meu é Yuma.

O loiro sem responder, só se levantou do chão com cara de tédio e um pouco tonto e passou pelo ruivo a sua frente sem mesmo o olhar, ignorando-o completamente e seguiu pelo imenso corredor para procurar um lugar mais sossegado para dormir.

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Após o ocorrido com a bola mais cedo, Shuu estava deitado em um sofá dentro da sala de música da escola e como de costume dormindo em um sono profundo já que sua cabeça não doía mais. A mansidão reinava dentro do ambiente em que o loiro repousava, mais como tudo que é bom sempre acaba, mais uma vez a paz foi expulsa do aconchego onde o loiro se encontrava quando outra vez uma bola foi acertada no Sakamaki mais velho, a mesma de mais cedo e como na vez anterior o loiro de fones abriu os olhos assustado se levantando e sentando no sofá, olhou em direção à porta da sala e tomou mais um susto quando viu o mesmo ruivo que havia encontrado no corredor mais cedo com isso evitou um grito que soaria mais como o grito de uma garotinha assustada do que com o grito de um garoto. Imediatamente se levantou quase caindo do apoio onde estava e foi em direção ao ruivo parado na entrada do cômodo, Shuu estava fervendo de raiva só podia ser perseguição, o que aquele gigante estava pensando?

Shuu_ Qual o seu problema? - Estava furioso aquela segunda bolada tinha sido muito forte... sua cabeça rodava e sua visão estava desfocada.

Yuma_ É você loirinho. - Sorriu de canto.

Shuu_ O qu....

Shuu nem teve tempo de terminar de falar pois sentiu seus olhos pesarem, seu corpo fraquejar e perder totalmente as forças, a última coisa que viu foi a silhueta do ruivo a sua frente indo em sua direção e apagou.

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Quando Shuu abriu os olhos reconheceu que estava na enfermaria da escola, tentou se lembrar de como tinha chegado lá mas nada. Então olhou para os lados procurando saber se havia alguém consigo e logo pode ver que não estava sozinho, quem estava com ele... sim era o ruivo com quem discutia antes de desmaiar, o mesmo ruivo que pelas suas contas havia lhe acertado duas boladas na cabeça. O mesmo fitava o loiro deitado na cama da enfermaria, e de novo ficaram olhando nos olhos um do outro por longos segundos, misturando o castanho escuro com o azul mar em uma quietude em massa, mas que logo foi quebrada pelo loiro.

Shuu_ Como eu vim parar aqui? - Disse se levantando da cama.

Yuma_ Eu te trouxe.

Shuu_ Por que?

Yuma_ Você desmaiou.

Shuu_ Por sua causa.

Yuma_ Como por minha causa? - Disse fingindo inocência.

Shuu_ Só pode ser perseguição, você me acertou duas boladas hoje e não vem dizer que não foi de propósito por que foi sim. - Dizia com raiva pela cara de pau do ruivo. _ Qual seu problema?

Yuma_ Eu já disse que é você. - Fala colocando as mãos no bolso da calça.

Shuu_ Como assim eu? - Perguntou confuso.

Yuma_ Eu admito... - Ergueu as mãos em rendição. _Eu acertei de propósito as bolas em você.

Shuu_ Por que? - Agora estava ainda mais confuso.

Yuma_ Porque eu queria chamar sua atenção e pelo visto eu consegui. - Sorri maliciosamente.

Shuu_ Conseguiu sim, mais poderia ser de outro jeito. - Cruzou os braços fazendo um biquinho fofo, Yuma riu de leve com isso. _ Mais diz aí, porque queria chamar minha atenção?

Yuma_ Porra! como você é lento será que não percebeu ainda que eu.....que eu gosto de você. - Diz a última frase baixinho, desviando o olhar.

Shuu_ Não ouvi, será que poderia falar mais alto.

Yuma_ Eu gosto de você. - Repete num resmungo baixo de novo.

Shuu_ Ainda não ouvi.

Yuma_ VOCÊ É SURDO OU O QUE? EU DISSE QUE GOSTO DE VOCÊ. - Gritou impaciente fazendo o loiro arregalar os olhos azuis.

Shuu_ ......

Yuma_ Diz alguma coisa.

Shuu_ Eu ehhh.... - Sentiu o rosto queimar, estava muito constrangido.

Yuma_ Se você não vai dizer nada, então eu vou fazer isso.

E assim o ruivo se aproximou do loiro o empurrando na parede, lhe puxando pela gola da camisa do uniforme e selando seus lábios, Shuu ficou surpreso com o ato do outro ficando ainda mais vermelho, mas acabou retribuindo o beijo quando Yuma pediu passagem com a língua. Ficaram se beijando intensamente até que a famosa falta de ar se fez presente separando os lábios dos dois garotos, que se olhavam ofegantes.

Yuma_ E aí gostou do beijo? - Sorriu, passando seu polegar em seus próprios lábios.

Shuu_ Ora essa..... - Se encolheu entre a parede desviando o olhar.

Yuma_ Se você ainda estiver em dúvida se gostou ou não, posso te beijar de novo. - Se apoiou na parede com um dos braços e abaixou a cabeça roçando seu nariz no pescoço pálido do menor, fazendo-o estremeçer e se encolher mais.

Shuu_ Você não se atreveria.

Yuma_ Quer pagar pra ver? - Aproxima seu rosto do rosto virado do loiro.

Shuu_ Não! - Disse bravo virando o rosto rapidamente fazendo assim seu nariz roçar no do outro. Agora estavam cara a cara com as respirações se misturando.

Yuma_ Mais admita, eu sei que você gostou.

Shuu_ Como pode ter tanta certeza?

Yuma_ Você retribui o beijo... - O loiro fica em silêncio. _Vamos confesse que gostou e quer que eu te beije outra vez.

Shuu_ Até que não foi tão ruim... - Tapou a boca rapidamente com a mão quando se deu conta do que dissera. Yuma riu.

Yuma_ Eu sabia que você tinha gostado.

Shuu_ Então porque perguntou. - Fez um biquinho emburrado.

Yuma_ Queria ouvir da sua boca.

Shuu_ Baka.

Yuma_ Se quiser outro beijo posso te dar quantos você quiser, mais... - Diz acariciando o rosto corado do outro.

Shuu_ Mais o que?

Yuma_ Mas só se aceitar namorar comigo. - Leva a mão até o queixo do menor o levantando um pouco para que lhe encarasse nos olhos.

Shuu_ Mais acabamos de nos conhecer. - Disse falando o óbvio.

Yuma_ E isso importa? - Diz com uma expressão séria, escondendo seu nervosismo pela possibilidade de Shuu não aceitar namorar com si. Mas logo se acalmou quando Shuu sorriu, um sorriso radiante mostrando suas presinhas.

Shuu_ Tem razão, isso não importa então.....eu aceito. - Yuma sorriu grande se segurando para não surtar, queria gritar de alegria. Aquele que observava e amava de longe agora era SEU namorado.

E com aquela última palavra proferida pelo loiro e pelo quase surto que Yuma deu, ambos se aproximaram um do outro colando os lábios pela segunda vez naquele dia que começou errado mais que terminou do jeito certo para os dois rapazes. Ali mesmo naquele local se dava inicio a uma nova história e a um novo amor, onde tudo começou com uma insistente bola que pela ação de um certo ruivo sismava em cair em todo lugar que o loiro estava, coincidência ou não... foi assim que Shu e Yuma começaram a namorar.











Notas Finais


Gostou? Não gostou?
COMENTE 😘😘😘
O próximo capitulo será do Reiji e Ruki.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...