História A Aposta - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber, LaLi Esposito
Tags Comedia, Justin, Justin Bieber, Lali, Mariana Esposito, Romance
Visualizações 129
Palavras 448
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Um: Ação e Reação



Via Láctea.
Sistema Solar.
Planeta Terra.
América do Sul.
Brasil.
São Paulo.
Zona Sul.
Colégio Prisma.
Segundo andar.
Estão me acompanhando? Pois então, é bem provável que o barulho do tapa desferido por Lali em Justin tenha feito o caminho inverso, reverberando nas bordas da galáxia, alcançando inclusive nossa vizinha, Andrômeda. O rosto do garoto queima como a superfície do sol e não é apenas pela dor. 
Ele está enfurecido.
Seus olhos cor de mel encontram-se com os castanhos escuro de Lali. Estão estreitos,cortantes, flamejantes. Justin leva a mão ao local estapeado, alisando a barba por fazer. 
Ele não pode ver, mas Lali pode: quatro dos dedos dela estão marcados na pele de Justin como um carimbo para que ele se lembre, pelo menos pelas próximas horas, de com quem está lidando.
Um uuuhhhhhh abafado surge de todos os cantos do corredor em azul e branco, recém pintado com uma tinta lavável e de fácil manutenção. O lance sobre a escolha da tinta não vem ao caso agora, concentremo-nos no tal tapa.
 E que tapão!
Justin foi pego desprevenido e quando seu cérebro finalmente para de zunir, avança um passo em direção a Lali, desconcertado. Ele não esperava por isso, ninguém imaginava esse desfecho. Acredito que até Lali esteja surpresa com sua atitude. Mas como toda ação leva a uma reação contrária na mesma intensidade, podemos supor o que acontecerá
a seguir.
— Você é louca? Qual o seu problema? – Justin dispara, ainda alisando o rosto em chamas.

— Meu problema é você, Justin Bieber! – Lali cospe, exaltada. – Você, seus amigos e essas malditas apostas!

— Ah, saquei tudo. – Justin lança no ar um sorriso debochado. – Quer saber, Lali? Nem se o valor da aposta triplicasse, eu toparia beijar você.

— Uuuuhhhhhhh. – outra comoção deixa a atmosfera mais tensa.

— Seu… seu… seu cretino! Está invertendo as coisas a seu favor! E você me beijaria sim ou então, não teria aceito essa aposta ridícula.

— Ri-dí-cu-la. Você tem toda a razão. Beijar você é absurdo e eu seria patético se levasse isso adiante. – o garoto não tem a menor noção do perigo.

Lali se aproxima e impulsionada por uma fúria crescente, acerta uma joelhada nas bolas de Justin. O cara empalidece e urra de dor, caindo ao chão. Antes que algum engraçadinho se ajoelhe e conte até dez, como nos ringues de luta livre, uma voz mal humorada surge dos confins do corredor:

— Chega dessa palhaçada! Voltando para a sala de aula agora mesmo! – o professor de Literatura aproxima-se a passos largos, enxotando a todos como se fossem mosquitos irritantes. – Menos vocês dois. – aponta para Justin e Lali. – Venham comigo. O diretor vai adorar ouvir a empolgante narrativa que culminou nesse momento tão ímpar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...