História A Aposta - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber, LaLi Esposito
Tags Comedia, Justin, Justin Bieber, Lali, Mariana Esposito, Romance
Visualizações 54
Palavras 942
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Oito: Uma aposta perigosa


Justin observa Lali desaparecer do seu campo de visão. Que garota intragável! Essa aposta está fora de cogitação, sem chance. Liam interrompe os devaneios do amigo quando pergunta para Cande e Euge:

— Como aguentam o mau humor dessa garota?

— A Lali? Qual é, Liam, ela é legal. – Euge parte em defesa da amiga.

— Sei. – Justin revira os olhos.

— É verdade, a Lali é muito gente boa. – Cande confirma. – Deveriam tentar conhecê-la melhor.

— Qual o problema dela com pessoas do sexo masculino? – Liam indaga, interessado.

— Longa história e, sinceramente, não contarei a nenhum de vocês dois. – Cande não vacila. – Vamos, Euge.

— Vamos. – Euge concorda em ir, mas não se move. Essa paixão platônica por Liam já está tirando Cande do sério. Ela precisa praticamente arrastar a amiga dali.

— Até mais. – Liam se despede, indiferente ao fascínio que exerce sobre Euge. A maioria dos homens é cego.

Quando as meninas se afastam o bastante, Justin fuzila o amigo com o olhar. Liam dá de ombros, sem saber o porquê do olhar cortante.

— Certo, o que foi?

— Você levou a aposta adiante sem o meu consentimento. Cara, eu disse que estava fora.

— Man, consegui três mil reais. – Liam gira o boné na cabeça, deixando a aba para trás. – Três paus, cara! Qual é, vai amarelar?

— Não vai rolar, Cabeçudo. E outra, três mil é só a metade do que preciso. Mesmo se eu decidisse prosseguir com isso, ainda teríamos que pagar aos apostadores.

—Justin, meu camarada, se você vencer essa aposta, os três mil são seus, limpinhos.

— O que está dizendo? – Justin confronta, franzindo o cenho.

— O que quero dizer é que todos apostaram na Lali, ou seja, se você ganhar, a grana é toda sua, sem divisões.

— Mas que merda! Ninguém apostou em mim? – Justin replica, pasmo. – Nem você, cara?

— Só estou tentando ajudar. – Liam dá um tapa no ombro de Justin.

— Liam, é sério, devolva o dinheiro para os apostadores e esqueça essa merda de Grande Aposta. O diretor está de olho em mim, cara!

— Era com vocês mesmos que eu queria falar. – o tom arrogante não deixa dúvidas de quem se trata: Selena. Ela se aproxima embalada numa calça jeans skinny, dessas que se agarram ao corpo de maneira impossível. Rebola sobre as sapatilhas com padronagem de oncinha e requebra o quadril ao fitar Justin e Liam. A camiseta do colégio sofreu transformações significativas após uma sessão de customização. Está tão curta que deixa parte da barriga a mostra, desrespeitando a regra básica de etiqueta da escola.

— O que quer, Kibi? – Liam suspira antes de remedar: – Desculpe. O que quer, Babi?

Selena é a ex-namorada de Justin. Bem, ex namorada é subjetivo, já que a coisa toda não passou de uma aposta. E como toda garota orgulhosa e vingativa, Selena ainda não se esqueceu do que aconteceu no ano passado, mas contarei os detalhes sórdidos mais tarde. A loirona oxigenada gira a cabeça teatralmente, lançando os cabelos desbotados para o ar. Apesar de nutrir uma paixão avassaladora por Justin, jamais admitirá o fato. Amor e ódio, uma combinação explosiva. E a garota é pura TNT.

— Liam, vou relevar a piadinha, mas só porque tenho uma proposta para o Justin. – Selena recosta na mureta azul, dirigindo-se ao ex-namorado. – Soube que não vai levar a aposta adiante, é verdade?


        — Soube corretamente. – Justin admite, certo de que algo bombástico sairá dos lábios vermelhos de Selena.

— Que tipo de proposta é essa? – Liam estimula a garota a continuar.

— Soube que precisa de seis mil reais para arrumar a sua moto. Bem, eu tenho o dinheiro, Justin. – Selena verifica as unhas cor de fogo, preguiçosamente.

— É como eu disse, não vou levar isso adiante. – Justin se mantém impassível.

— O que quer do Justin, Babi? – Liam a encara, desconfiado.

— Vocês dois sabem o que aquela vadia da Lali aprontou comigo. Só estou querendo dar o troco, nada de mais.

— E quer a minha ajuda? – Justin adivinha, acertadamente. – Esqueça de mim nesse seu lance. Estou fora, qualquer que seja a proposta.

— É o seguinte, Bieber: ou você me ajuda nessa ou então, mostro para o seu velho o vídeo que está no meu celular. – ela estressa e tira o aparelho do bolso traseiro da calça, balançando-o na altura dos olhos de Justin. – E nem preciso dizer que fiz milhões de cópias, certo?

— Você disse que não iria mostrar a ninguém. – Justin se abala, sentindo o sangue ferver.

— E não vou! – Selena se faz de rogada. – Mas veja bem, se não me ajudar, como posso ajudá-lo, Justin?

— Você é uma Kibi filha da mãe. – Liam vocifera, entredentes.

— Cale a boca, Liam. – Justin nunca tinha sido chantageado antes. A boca seca e ele umedece os lábios, nervosamente. — O que me diz? – Selena finge não ouvir o que Liam acaba de dizer. Mira Justin e seus olhos castanhos se estreitam perigosamente.

— O que quer que eu faça? – Justin foi ameaçado abertamente e não acredita que esteja cogitando a possibilidade de ajudar Selena. Mas no momento, não encontra alternativa. Não pode permitir que seu pai saiba a verdade sobre o “acidente” com a moto.


— Deixe a Lali pensar que você desistiu da aposta, mas a verdade é que você não desistirá, entendeu?

— Não, não entendi. O que pretende com isso? – Justin tenta se manter calmo, apesar da situação.

— Não interessa o que pretendo. É só fazer a Lali acreditar que a aposta acabou. Aguarde novas instruções quando chegarmos na ilha. Assim que eu conseguir o que quero, você terá a sua grana. – Selena acaricia o rosto de Justin com o celular. – Bom, é isso. Até mais, lindão. E tchau para você, Liam. – armada do melhor rebolado, Selena deixa dois amigos embasbacados para trás.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...