1. Spirit Fanfics >
  2. A aposta >
  3. Conhece ela?

História A aposta - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Voltei com uma surpresinha para vocês, acho que iram gostar 🥰

Capítulo 12 - Conhece ela?


Fanfic / Fanfiction A aposta - Capítulo 12 - Conhece ela?

Pov Regina 

Duas aulas se passaram e eu praticamente não entendia nada das matérias, eu mal prestava atenção em sequer uma palavra do professor, só pensava no que eu havia feito, pela primeira vez na vida eu confessei gostar de alguém, ou melhor, eu gostava de alguém pela primeira vez, isso me deixava extremamente confusa, assim que o sinal bateu os alunos juntaram seu material e eu fiz o mesmo, Robin passou por mim dando um sorriso 

- Gina? Está tudo bem? - Escutei a voz da Emma chamando minha atenção 

- Sim... claro, o que tem programado pra hoje a noite? - Ela ficou pensativa e depois negou com a cabeça 

- Acho que nada - Ela disse rindo, Lily se aproximou de nos com um sorriso no rosto e a expressão de felicidade da Emma se desfez - Nos encontramos mais tarde então 

- Emma espera - Lily chamou sua atenção e ela fingiu não escutar, peguei na sua mão antes que ela se virasse para sair 

- Escuta ela amor - Ela me encarou por alguns minutos e então olhou para Lily 

- Quero te pedir desculpas por tudo que eu fiz... me sinto uma idiota 

- Okay - Ela simplismente falou, ela não havia desculpado, era óbvio 

- Olha... eu posso começar provando que eu mudei, porque não passamos em uma sorveteria agora? - Seria legal se a Emma desculpasse a Lily, principalmente depois de tantas coisas que ela me ajudou, quer dizer, o necessário 

- Eu acho uma ótima - ideia convencer a Emma não foi fácil mas acabamos indo, assim que chegamos pedimos um milkshake e nos sentamos ali onde jogavamos conversa fora, meu celular vibrou e pude notar quize ligações perdidas da Zelena 

- Eu já volto - Falei me levantando 

- Onde você vai? - Emma perguntou nervosa, ela não iria querer ficar sozinha com a Lily e estava claro 

- Preciso fazer uma ligação, prometo não demorar - Ela afirmou e eu sai dali 

Pov Emma 

Continuei sugando meu canudo olhando para qualquer ponto fixo que não fosse a Lily 

- Eu falei sério quando te pedi desculpas no colégio 

- Também falei sério quando disse okay - Ela me encarou por alguns minutos 

- Sei quando está mentindo 

- Não sabe nada sobre mim - Ela deu risada me fazendo a encarar 

- Me desculpa, é que eu sempre gostei de você por isso.. fazia aquilo, pra você me notar...

- Eu... vou embora - Falei tentando me levantar mais ela segurou minha mão 

- Desculpe, por favor, fique, não quero estragar tudo - Ela disse olhando nos meus olhos, afirmei me sentando novamente, aquilo pareceu sincero - Olha, a próxima semana vai ser aniversário da minha irmã, iremos fazer uma festa fantasia, porque não aparece? A Regina vai também 

- Não tenho fantasia 

- Posso te ajudar a escolher, branca de neve combina com você 

- Sério? - Eu falei em tom de indignação e ela deu risada - Não gosto de festa fantasia 

- Não precisa ir necessariamente de fantasiada 

- Se é uma festa fantasia, seria chato chegar lá como Emma Swan 

- Okay... faz assim, pensa e lá eu vou saber sua resposta - O bom é que ela não era muito insistente - Acha que vai ficar legal se eu for de vampira? 

- Depende, se não morder ninguém - Ela deu risada me fazendo sorrir também 

- Qual a graça? - Regina chamou nossa atenção, sua expressão era de brava, talvez eu já havia visto algumas vezes, mas não me acostumado 

- Ah... nada, só estávamos... 

- Emma... vamos embora? - Ela falou cortando a Lily, afirmei me levantando e deixando o dinheiro ali - Nos vemos por ai - Foi tudo que ela falou pra Lily, apenas dei um sorriso e balançando a cabeça em despedida 

- Por que a pressa? - Ela nem me respondeu, apenas seguimos para a sua casa sem trocar uma palavra, aquilo estava me agoniando, ela entrou em casa subindo para o quarto e eu fiz o mesmo atrás dela, ela jogou a mochila no chão andando de um lado para o outro 

- Bom... eu vou embora 

- Costuma perdoar muito fácil as pessoas Emma? - Ela perguntou pousando as mãos na cintura e eu sacudi os ombros, talvez não ou dependendo da pessoa - É... você costuma, olha... eu não sei se estou preparada para isso 

- Como? 

- Namorar você, não sei se é o momento certo - Senti meu coração apertar dentro do meu peito, e engoli as lágrimas que já se fizeram presente - Você é totalmente diferente de mim

- Não fala isso 

- Eu falo, você é ingênua, não entende a maldade de ninguém, isso me irrita Emma

- Me desculpa 

- Para de se desculpar, que droga - Ela falou já em tom alto - Você não enxerga que elas não querem ser sua amiga? Elas querem bem mais que isso, e isso é porque você ta comigo, não sei se pra me ferir...

- Eu posso mudar - Eu falei já chorando - Por favor... só não me deixa 

- O que você quer de mim? 

- Ficar do seu lado pra sempre, e se não for o suficiente, eu aceito tudo que você quiser, mas não se afasta por favor - Ela se aproximou puxando minha cintura 

- Ai amor não chora, me desculpa - Falou me abraçando - Eu só estava com ciúmes 

- Não quer... terminar? 

- Não - Ela falou me abraçando ainda mais forte 

- Eu prometo que vou mudar 

- Não precisa, eu aceito todos os seus jeitos - Continuamos assim por um tempo 

- Eu gosto de você 

- Eu também - Ela falou em seguida se afastou secando minhas lágrimas e selando rapidamente nossos lábios - Sabe... acho que acabei de programar algo na minha mente 

- Tipo? 

- Te mostrar minhas habilidades - Ela falou se levantando e puxando minha mão, tirei minha mochila deixando ali e saímos do quarto indo até a cozinha - Eu não sei fazer muitas coisas, mais essa você não vai resistir 

- Ual, estou louca para saber o que é - Eu disse em curiosidade e ela me lançou um olhar desafiador 

- Okay, você pode até descobrir o que é porque vai me ver preparar, mas... quando provar vai ver que eu estou falando a verdade - Ela falou pegando alguns ingredientes na cozinha, fiquei a observando por um tempo, eu fiquei com medo de que ela partisse, o que ela falou talvez fosse verdade 

- Conseguiu falar com a sua irmã? 

- Não, provavelmente ela vai me fazer jantar com outro pretendente, é estranho? Muito, mas é difícil entender a mente maluca dela - Até eu ficava confusa

- Tenho que concordar que ela paresse piradinha 

 - Você não viu nada - Escutamos a batida da porta - E por falar nela - Zelena entrou na cozinha ela tinha a ponta do nariz vermelha e uma carinha de choro - Ei, estou fazendo torta de maçã - Regina chamou sua atenção e assim que a olhou lançou um olhar confuso - Aconteceu algo? 

- Não.... rinite atacada e estou exauta 

- Como eu faço pra colocar o plano nada de segredos em ação? 

- A mamãe está na cidade - Regina derrubou um copo no chão ficando quase uma estátua e Zelena subiu as escadas 

- Gina está tudo bem? - Ela me olhou por alguns minutos 

- Podemos deixar isso pra amanhã? 

- Claro amor, minha mãe também está preocupada então... vou indo - Menti seguindo para o quarto onde peguei minha mochila, quando desci as escadas Regina estava encarando um ponto qualquer sentada próxima a mesa e me aproximei dando um beijo na sua testa 

Pov Regina 

Assim que a Emma saiu eu subi as escadas indo tomar um banho, aquilo era um baque, acho que tanto em mim quanto na Zelena nos despertava algum sentimento de raiva ou mágoa, vai ver era por isso que eu odiava sentir as coisas, me deitei na cama de toalha mesmo e escutei a porta do quarto abrir, minha irmã se deitou atrás de mim me abraçando 

- Esteve com ela? 

- Ela não me viu

- Que bom, não quero ela aqui 

- Ela não - Ficamos em silêncio por alguns minutos 

- Eu odeio esses sentimentos - Disse antes de escutar sua respiração leve, ela havia dormido, me levantei vestindo um pijama e me deitando ao seu lado...

No dia seguinte 

Acordei sentindo um flash batendo contra o meu rosto e abri os olhos onde a Zelena estava em pé dando risada

- Quantos anos você tem? 

- Acordou a mal humorada - Ela disse dando risada - Ficou tão boa que eu vou revelar 

- Me da isso aqui - Eu disse esticando a mão e ela negou - Okay Zelena, então eu vou pegar a força - Disse me levantando e correndo atrás dela que saiu dali se trancando no banheiro do corredor 

- Acho melhor ir se arrumar ou vai perder a hora - Revirei meus olhos voltando para o meu quarto e assim eu fiz, o fato da minha mãe estar de volta me despertava angústias, eu não sabia explicar exatamente qual a sensação mas ela me machucou muito, me arrumei rapidamente e sai de casa apenas pegando um suco de maçã e segui para o colégio, assim que entrei no colégio fiquei sentada no jardim do lado de fora e pude ver a Emma entrando no colégio, assoviei e ela me olhou lançando um sorriso e foi até onde eu tava se sentando ao meu lado 

- Bom dia amor - Ela disse mexendo em algo na mochila e tirou de lá uma maçã - Olha, parece que você é fã então... pensei em trazer 

- Obrigada e.. desculpa por ontem? 

- Ontem? Não lembro o que houve ontem - Falou fingindo e eu puxei seu rosto selando nossos lábios, olhamos para a entrada onde uma garota de cabelos vermelhos passava chamando atenção, eu nunca havia visto ela, sua saia e blusa extremamente curta e nos pés uma botinha baixa, alguns garotos mexiam com ela que apenas mostrou o dedo parecendo não se importar nem um pouco e passou por nos dando uma encarada na Emma 

- Conhece ela? 

- Não - Ela falou praticamente boquiaberta, eu não iria brigar com ela até porque aquilo também me surpreendeu 


Notas Finais


Agora vai dar bom kk
Cora voltando e a chegada de Ruby 😬


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...