História A Aposta ~ Imagine Park Jimin ~ BTS - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Ação, Bts, Romance, Suspense
Visualizações 2.080
Palavras 1.194
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura ❤

Capítulo 7 - Cap 7


Fanfic / Fanfiction A Aposta ~ Imagine Park Jimin ~ BTS - Capítulo 7 - Cap 7




- Na nossa amizade ou futuro namoro - sorriu 


- Amizade talvez, namoro não sei - voltei a andar 


- Você é muito chata - olhei e ele estava com um bico nos lábios e eu acabei sorrindo - Até que enfim lhe fiz sorrir - parou na minha frente 


- Dá pra sair da minha frente? - pedi 


- Só se você me der um selinho - se inclinou pra frente fazendo bico 


- Aigoo, como você é chato - lhe empurrei e voltei a andar 


- Chata é você - bufou e eu ri 



(...)



- Como foi na escola hoje, filhote? - minha mãe perguntou assim que entrou em casa 


- Resolveu dar as caras e agir como uma mãe - ironizei 


- Não começa, sabe que eu trabalho muito e tenho namorado, se você não quer um namorado também isso é problema seu - jogou na minha cara e subiu as escadas 


- EU SIMPLESMENTE NÃO DEPENDO DE UM HOMEM PRA SER FELIZ E IGNORAR A PRÓPRIA FILHA - gritei pra ela ouvir 


Calcei meus tênis e saí de casa bufando de raiva. Estava passando na frente da casa do Jimin e ouvi gritos vindo da sua casa, logo o mesmo saiu pela porta da frente batendo a mesma com força.


- DROGA! - gritou e puxou seus cabelos pra trás 


- Que foi ? Papai e mamãe perfeitos não deixaram o filhinho da uma festinha ? - debochei e ele notou que eu estava ali 


- Não enche, garota - rosnou 


- Esse é o Jimin que eu conheço - bati palmas - Palmas para o Park Jimin de verdade - comecei a rir 


- Cala a porra da boca - se aproximou de mim e segurou meus pulsos 


- Vai me bater, Park Jimin? - desafiei 


- Não, vou fazer é isso! - soltou meus pulsos e me puxou pela cintura e atacou meus lábios 


Pediu passagem com a língua e eu nem me importei em ceder, eu não verdade queria muito sentir seus lábios de novo. É isso mesmo sociedade, eu tô afim de Park Jimin, eu sou a maior idiota do mundo por esta gostando do maior mulherengo da escola e o mais bagunceiro, o garoto que gostava de me humilhar. Logo o loiro encerrou os beijos com vários selinhos e ficou com testa encostada na minha.


- Desculpa, eu precisava disso - disse ofegante com os olhinhos fechados 


- Pior que eu também - confessei 


- Podemos sair daqui e ir pra outro lugar? - afastou nossos faces e me olhou 


- Claro, vamos na praça - entrelaçou nossos dedos e saímos andando 


É estranho está andando de mãos dadas com ele, parece até que somos um casal. Mas no fundo somos duas pessoas com problemas na família. Depois de algumas caminhadas chegamos na praça e nos sentamos na grama um de frente pro outro.


- Quer me dizer porque das gritarias na sua casa? - perguntei fazendo o loiro me olhar 


- Meus pais vão se divorciar, minha mãe descobriu que meu pai estava traindo ela com a secretaria da empresa dele - suspirou e jogou a cabeça pra trás 


- Tal pai tal filho - sorri e ele me olhou sério - Desculpa, mas seu pai é um galinha e não presta, sua mãe está fazendo o certo - afirmei 


- Eu sei de tudo isso, amiga - brincou e eu ri - Mas eles ficam discutindo com quem vou morar - suspirou e eu sorri - Qual é a graça, sua chata ? - me olhou 


- Seus pais, eles ajem como você fosse um bebê ainda, e você já é de maior - gargalhei 


- Eu sou um bebê ainda - piscou - Serei seu bebê - mordeu o lábio 


- Aigoo, como você é tarado - corei 


- Você fica muito fofa assim - sorriu e seus olhos sorriram juntos me fazendo lhe encarar - Esta me olhando com essa cara de apaixonada porque?  - brincou 


- Apaixonada só se for a tua avó - joguei grama nele 


- É isso - estalou os dedos - Você é uma genia - se aproximou de mim e me beijou - Você é demais - sorriu 


- O que foi que eu fiz? - perguntei confusa 


- Eu vou morar com minha avó, ela mora atrás da sua casa, e assim continuarei a lhe acompanhar para a escola todo dia - sorriu 


- De nada, eu acho - sorri 


- Preciso ir, Tchau - me beijou e se levantou saindo correndo 


- Jimin! - chamei por ele mas foi em vão - Idiota - bufei 



(...)



- Quer dizer que Jimin é você se beijaram ontem? - estava Lee no refeitório enquanto ela me perguntava isso 


- Foi, confesso que gostei, ele parecia tão diferente do antigo Jimin - dei uma mordida na minha maçã 


- Eu tenho certeza que ele gosta de você - provou seu suco - Porque não fica com ele ? - me olhou 


- Aigoo, eu não, se ele quiser que me peça isso - sorri 


- Você então quer ficar com ele - deu palminhas 


- Olá  (s/n), Olá Lee - Yoongi  sentou na mesma mesa que nós 


- Seus amigos estão sentados na outra mesa, circulando - girei o indicador 


- Desde quando você ficou tão chata assim?  - colocou os pés em cima da mesa 


- Acho que vou tatuar a palavra chata na minha testa, porque não é possível, você e seu amigo loiro tingido só me chama assim - bati na mesa 


- Me chamaram? - Jimin e sentou ao meu lado 


- Falando no cão, querido aqui não é nem um ritual satânico, tipo assim, ninguém te chamou demônio - rosnei pra ele 


- Nossa, você anda muito chata, é tpm?  - sorriu sacana 


- Eu desisto - os três começaram a rir 


- Aí amiga, você vai acabar ficando doida de tanto bater cabeça com esses dois - gargalhou Lee 


- Escuta sua amiga, coisa chata - disse Yoongi 


- Para de me chamar assim - joguei minha maçã na cara dele 


- Isso doeu, sua chata, chata, chata, chata - Eu tampei meus ouvidos 


- Lá lá lá lá lá lá lá lá - fiquei cantarolando com os ouvidos tampados - Acabou? - olhei ele 


- Cansei no momento - deu de ombros 


- Então  (s/n), toma jantar comigo hoje? - Jimin me olhou 


- Tá bom, você não morde mesmo - peguei minha maçã de volta e mordi 


- Obrigado por ter aceitado, pensei que ia me xingar - sorriu aliviado 


- Oi (s/n), vamos pro parque de diversões hoje ? - Baek apareceu perguntando 


- Ela já tem compromisso comigo, Brother - Jimin e levantou ficando na frente de Baek 


- Não sou teu irmão - Baek respondeu 


- Graças a Deus, porque meu pai não faz filho feio - debochou 


- Você é um sem noção - Baek sorriu - Então princesa, vai semorriuair comigo ou com ele ? - me olhou 


- É princesa, vai sair com qual? - Jimin Me olhou com os braços cruzados 



E agora ? 




Continua....


Notas Finais


Com qual dos dois vocês vão sair ? 😂❤



Até amanhã ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...