História A arte do amor - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais, Rafael Vitti
Tags Arte, Jesuíta Barbosa, Novela, Rafael Vitti, Romance, Segredos
Visualizações 15
Palavras 1.957
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Ai esta mais um capitulo

Capítulo 18 - Capitulo 18


Fernando e Bento se encaram e Fernando fala

Fernando: Não sei se devo - ele fala sem graça

Bento: Porque não ? a gente não tem mais nada,mas foi você que me incentivou a me lançar, me apoiou, faço questão da sua presença nessa exposição - ele fala sorrindo

Fernando da espaço para Bento entrar no seu apartamento

Fernando: Eu sei, mas agora a galeria ta nas mãos da Aline, e acho melhor a gente ficar mais afastado um do outro - ele fala encarando Bento

Bento: Eu te fiz alguma coisa ? não entendi ate agora o porque de você ter terminado nosso relacionamento - ele fala sincero

Fernando: Eu ja te falei, a gente não tava dando certo, e foi melhor para nós dois esse término - ele fala sem graça

Bento: Mas não é porque a gente não tem mais nada, que você nao pode comparecer a minha exposição, afinal, eu só vou me lançar, porque você insistiu em mim, e investiu - ele fala sorrindo tímido 

Fernando: Eu fico feliz por você, de verdade, e se der, eu dou uma passada la no dia da exposição - ele fala sorrindo

Ambos se encaram e um clima se instala no ambiente

Fernando: Que beber alguma coisa ? um suco ? - ele fala indo ate a cozinha 

Bento: Aceito - ele fala mechido 

Bento fica sem graça andando de um lado para o outro na sala, quando escuta um barulho vindo da cozinha, ele vai ate la 

Fernando: Caramba derrubei os copos de suco - ele fala desastrado 

Bento: O que aconteceu ? - ele fala entrando na cozinha

Fernando: Eu, desastrado como sempre derrubei o suco - ele fala dando risada 

Bento: Voce como sempre, ruim de cozinha, deixa isso ai - ele fala pegando na mão de Fernando

Os olhares de ambos se cruzam,  mas Fernando se afasta

Fernando: Vou pegar outro copo para você - ele fala pegando o copo e colocando o suco

Bento: E você, conseguiu um emprego ? - ele fala curioso

Fernando: Consegui, to trabalhando em uma galeria mais modesta, sou um dos funcionários - ele fala sorrindo

Bento: Fico muito feliz por você - ele fala e o clima volta a se instalar ali - Bom, acho melhor eu ir indo - ele fala sem graça

Fernando: Te levo ate a porta - ele fala indo ate a sala

Fernando ameaça abrir a porta, mas Bento que esta atrás dele, o impede, fechando ela com a mão e imprensando Fernando contra a porta, Fernando se vira para encarar ele

Bento: A gente ta se comportando como dois desconhecidos que acabaram de se esbarrar, sendo que a gente é bem mais que isso - ele fala colando seu corpo com o de Fernando

Fernando: Bento, para, a gente não tem mais nada - ele fala tentando se controlar

Bento desliza sua mão pelo rosto de Fernando, passando o dedo indicador sobre os olhos e nariz do mesmo, o fazendo suspirar 

Bento: Porque ta fugindo do que ta sentindo ? fala para mim o que ta acontecendo - ele fala colando as testas 

Fernando: Eu não posso, por favor, me entenda, a gente não nasceu para ficar junto - ele fala encarando Bento

Bento: Eu ainda vou descobrir o que ta acontecendo - ele fala se afastando

Bento sai pela porta e Fernando se escora na parede, mechido. Uns dias depois, chega o dia da exposição de Bento, a galeria está aberta ao evento, e toda a sociedade e amantes de artes estão chegando, enquanto Aline e Anderson conversam no escritório

Anderson: Tem certeza que esse pintor tonto vai fazer sucesso ? - ele fala curioso

Aline: Sim, e se não fizer tambem, ja marquei a exposição de quadros clássicos - ela fala arrumando o cabelo

Anderson: Quadros falsos né - ele fala sínico

Aline: É, isso mesmo, mas que vai render milhões - ela fala alegre

Anderson: E quanto a Tânia ? - ele fala curioso

Aline: Esta na clínica clandestina, inclusive, essa clínica fica numa ilha la no Rio de Janeiro, ela vai ficar bem quietinha la - ela fala fria

Anderson: Não seria mais fácil você ter....- ele começa a falar mais Aline interrompe

Aline: Não sou uma assassina, e faço de tudo para me dar bem, mas jogo sujo, não faço esse tipo de coisa, ainda mais sendo a Tânia, ta desde sempre na familia, ela vai ficar la bem cuidada, ate desistir dessa ideia absurda de revelar a verdade para o Fernando - ela fala fechando a cara

Anderson: Ok, vamos para a exposição ? - ele fala e ambos saem do escritorio 

Não demora e Bento chega a galeria, acompanhado de Joana e Tereza, e os fotografos registram o novo pintor do momento, Aline presencia a cena e se aproxima

Aline: Bento, querido, a exposição ta sendo um sucesso, vamos fazer umas fotos - ela fala sínica e Bento finge simpatia 

Bento e Aline posam para as fotos, e os fotografos pedem para ele posar com alguns de seus quadros, enquanto Joana e Tereza admiram ele

Joana: To muito orgulhosa dele - ela fala alegre

Tereza: Eu tambem, mas esse orgulho não cobre o rombo que seu segredo causou, alias, ja falou para ele ? - ela fala encarando Joana

Joana: Não, ele ta tão empolgado com essa exposição, que decide deixar quieto - ela fala sem graça

Tereza: Ele precisa saber da verdade - ela fala repreendendo Joana

Joana: Aqui não é lugar para isso - ela fala indo olhar os quadros

A galeria fica agitada, não demora e Fernando entra no local, arrancando flashs dos fotografos, Bento que estava dando um entrevista para um jornalista, observa de longe, sorrindo. Fernando fica alegre de ver os quadros de Bento expostos e ele fazendo sucesso. Ao ver que Fernando está admirando um dos quadros, Joana se aproxima

Joana: Fernando, voce veio - ela fala alegre

Fernando: O Bento fez questão da minha presença, e eu tambem, tinha que prestigiar ele - ele fala sorrindo

Joana: E sera que a gente podia conversar ? - ela fala tímida

Fernando: A gente não tem nada para falar, com licença - ele fala saindo dali e Joana fica chateada

Aline se aproxima de uma bancada que tem ali, para fazer um comunicado

Aline: Boa noite, gostaria de agradecer a todos que vieram, nesta noite maravilhosa estamos lançando um novo pintor no mercado, Bento Moreira, e eu queria chamar ele ao palco agora - ela fala e Bento sobe enquanto todos aplaudem 

Bento: Obrigado a todos pelo carinho e pela recepção - ele fala sem graça

Aline: Fale um pouco para gente da sua arte, da sua inspiração - ela fala forçada

Bento: Bom, eu sempre pintei por hobby, por distração, sempre fui um cozinheiro de restaurante, pintar para mim sempre foi nas horas vagas, ate porque nunca pensei que tivesse talento para expor em uma galeria conceituada, sempre me falaram que meus quadros só serviam para expor nas praças, ate que conheci uma pessoa, que mudou totalmente o meu destino - ele fala sorrindo 

Fernando se espanta com essa afirmaçao e Bento fala

Bento: Conheci um artista, que até então era dono dessa galeria, ele me incentivou a expor, a me lançar no mercado, me deu conselhos, me ajudou a vencer meus medos, investiu em mim, e fez deslanchar esse artista que tinha dentro de mim, Fernando Azevedo, é o nome dessa pessoa que me fez expor esses quadros que voces estão admirando aqui hoje, e eu quero chamar ele ao palco, para ficar junto comigo - ele fala encarando Fernando

Toda a atenção das pessoas se voltam para Fernando, incluindo os fotografos, Bento sorri para ele, não demora e Fernando aceita o pedido e sobe ao palco com Bento

Bento: Você é meu parceiro na arte, nada mais justo você estar aqui do meu lado nessa exposição - ele fala e ambos se encaram frente a frente

Fernando: Eu não fiz nada demais, você que um grande artista, que estava desperdiçando o seu talento, com uma visão sentimental das coisas, e das características, e agora ta mostrando para o mundo o seu talento - ele fala sorrindo

Bento: Esse homem é um grande artista, essa galeria só é renomada e conceitual por causa dele, ele se dedicou e fez dela esse sucesso, com sua visão, com seu talento, o seu amor, o seu empenho, devido aos acasos, a galeria agora esta nas mãos de Aline, mas o sucesso dela se deve ao trabalho do Fernando, e essa exposição só esta acontecendo, porque o Fernando acreditou e investiu em mim, o meu sucesso, é o seu sucesso - ele fala encarando Fernando

Fernando e Bento sorriem e se encaram, enquanto todos aplaudem, e Aline se retorce de raiva, vendo o sucesso dela sendo ofuscado pelos dois. A exposição segue, todos os quadros de Bento são vendidos, mas nada muda o humor desagradável de Aline. Bento puxa Fernando para conversar em um canto

Bento: Aqui a gente pode falar melhor - ele fala alegre

Fernando: Você é maluco, me fez subir ao palco, e me encheu de elogios - ele fala sorrindo

Bento: Era o justo né, mauricinho - ele fala sorrindo tímido

Fernando: Obrigado, fiquei muito comovido - ele fala sem graça

Bento: É uma injustiça, esse trabalho é meu e seu, a galeria é sua, agora a Aline ia levar toda a vantagem, não deixei barato para aquela ordinária - ele fala dando risada

Fernando: Você é um teimoso marrento - ele fala sorrindo

Ambos se afastam devido a agitação da exposição, e Aline vai para o escritorio

Aline: Que raiva, aqueles dois ofuscaram o meu brilho - ela fala jogando objetos na parede

Anderson: Calma Aline - ele fala espantado

Aline: Essa galeria é minha, e o Fernando segue roubando a minha atenção, o meu foco - ela fala descontrolada

Anderson: Procure se acalmar - ele fala tentando acalmar Aline

Aline atinge mais uns objetos na parede, e Bento entra pela porta

Bento: Nossa, ta brava porque docinho ? a exposição foi um sucesso - ele fala com ironia 

Aline: Você fez a atenção toda do evento se voltar para o Fernando, encheu ele de elogios, fez o sucesso da exposição ser mérito dele, sendo que eu sou a dona da galeria - ela fala descontrolada

Bento: Não falei nenhuma mentira, eu tenho direito de falar e homenagear quem eu quiser, a exposição é minha, não quebrei regra nenhuma no contrato, e só falei a verdade, foi o Fernando que se dedicou em me lançar, você só beneficiou do que ele se esforçou para construir, e voce com uma rasteira tirou dele - ele fala alterado

Aline: Você é um imbecil, sei que ele te largou, terminou o relacionamento sem grandes explicações e você ai, homenageando ele, patético - ela fala com raiva

Bento: Ja ouviu falar em consideração ? acho que não, você nem sabe o que é isso, a exposição foi um sucesso - ele fala encarando Aline

Aline: Você sabe o porque o Fernando terminou com você ? não né ? mas eu sei, ele não se preocupou nem um pouco em esconder um segredo de você e muito menos te enganar - ela fala alterada

Bento: Do que você ta falando  - ele fala espantado

Aline: Quer saber o motivo do término ? leia o diário da sua mãe, Joana - ela fala firme

Bento: O que o diário da minha mãe tem haver com isso ? - ele fala encarando Aline

Aline: Ela tem um segredo, que envolve o Fernando, e que os dois estão escondendo de você - ela fala debochada

Bento se espanta encarando Aline

 


Notas Finais


O que acham ? ? comentem kkkkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...