1. Spirit Fanfics >
  2. .a astrologia que mente mais para mim do que para você >
  3. .sobre sagitarianos foguentos e virginianos terrosos

História .a astrologia que mente mais para mim do que para você - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - .sobre sagitarianos foguentos e virginianos terrosos


talvez esse não seja o nosso momento, talvez não seja para ser. somos completos opostos, não somos? você é terra, firme, forte e fixo. sou fogo, intenso, quente e brilho até onde escuridão alcança. "derivei de você mas sei do meu valor", disse o pequeno fogo para sua grande mãe terra.

a astrologia mente para mim toda vez que pesquiso cada detalhe do meu mapa astral para ver se encontro características consideráveis que combine tanto com o seu, só assim para me trazer paz e sossego. eu estou enlouquecendo! e esse efeito que você causa em mim é diferente de outros que experimentei; firme, forte, fértil, seco e paciente. não sei explicar o motivo de total cadelização à você.

mas tem algo em seu sorriso completamente perfeito que me faz querer viver cada momento perto de ti apenas para apreciar cada sorriso que você esboçar nas ruas quentes de manaus. algo sobre a sua risada que é estranha e diferente dos sons que meus ouvidos estão acostumados acabam por levar-me ao mundo de fantasia, a terra do nunca, para criar algo novo com você. ou talvez seja o seu humor sarcástico e irônico quando eu falo algo; "meu deus! calma aí, escritor. alguém segura o fã de tcd*!?", disse quando estava super inspirado à escrever estórias sobre coração partido, acho graça em seu jeito tão alternativo e nada fantasioso. algo no seu cronograma de estudos ou na sua playlist que ainda não ouvi, que me atiça, faz com que eu procure métodos para te ter por perto. fogo e terra.

você deixou claro o que quer de forma inconsciente e só um pequeno talvez ㅡ que tá mais pra mais do que menos para talvez ㅡ, eu tenha me incomodado com a sua forma reservada e individualista, fazendo o meu fogo oscilar, vacilar e deslizar sutilmente para trás. não, não é um medo físico ou emocional, não sinto medo de me machucar. sempre consigo voltar das cinzas, sou chamas em brasas que ainda não foram consumidas por inteiro. meu medo e meu deslize para trás é sobre te queimar. eu sou fogo, você terra.

representa fertilidade, passividade e paciência. uma chama mal cuidada minha poderia te destruir e consumir toda a sua fertilidade. não estou disposto a tirar algo que ainda está florescendo e que possivelmente, não volte mais a florescer, caso algo aconteça. suas lindas árvores ainda são brotos para mim, sinto que não te explorei o bastante para entender e compreender a sua expansão em sua forma sincera.

mas... tem algo na forma como você fica sem palavras quando a minha chama acende mais e você fica constrangido, sem reação, usando o humor para não acreditar e flertando com a realidade e mostrando dualidade na nossa conversa. eu acho graça, acho divertido e isso me estimula a continuar e alimentar esse fogo que vai crescendo em torno do que eu sinto por você.

talvez esse não seja o nosso momento. talvez não seja para ser. mas, em contra-partida, não quero encerrar por aqui. quero deixar em aberto a história que nós ainda estamos escrevendo, seja como amigos, amantes ou maridos de mentirinha.

e essa história estará em aberto porque fecha-lá agora, seria dar adeus a terra do nunca, à você e ao que você representa e eu pretendo te levar lá muitas vezes antes do nosso fim.  


Notas Finais


não escutem chapéu de palha! correm o risco de ficarem inspirados até demais da conta

espero que tenham gostado. até em breve, acho


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...