História A Babá do EXO 2 - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias EXO, Neo Culture Technology (NCT), Red Velvet
Personagens Chanyeol, Jaehyun, Joy, Kai, Kun, Personagens Originais, Suho, Yuta
Tags Nct Exo Redvelvet
Visualizações 177
Palavras 944
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá gente, como estão??
Bom, ontem eu meio que desabafei com vocês sobre a minha dificuldade em escrever essa fic, pela falta de criatividade e tals, mas eu li um comentário de uma de vocês que me fez reler os capítulos e achar ali a continuidade que eu precisava!

Não irei apagar mais a fic e consegui a minha criatividade de volta! YES!
Muito obrigada pelas palavras de incentivo. Então como recompensa, vamos para o capítulo de hoje!

Espero que gostem e tenham uma boa leitura...

Capítulo 12 - 12


Fanfic / Fanfiction A Babá do EXO 2 - Capítulo 12 - 12

Capítulo 12

POV Suho

 Estava voltando para o dormitório, onde eu iria ficar até me resolver com a (S/N). Eu não iria voltar para aquela casa aonde o seu cheiro doce estava em todos os móveis.

Entro no dormitório e vejo Lay com MinJun em seu colo.

- Filhinha! – Digo me aproximando da mesma e a pegando em meu colo – Lay, por quê ela está aqui?

- A (S/N) deixou ela aqui – Disse a olhando – Ela disse que você iria ficar com MinJun nessa noite.

Sorrio para a minha filha, que me olha com um brilho em seu olhar. Mesmo separados a (S/N) fazia questão de deixar que eu tenha contato com a nossa filha. Seguro MinJun com um pouco de força em meu colo e a olho mais uma vez.

MinJun tinha o olhar da (S/N). Aquele olhar doce e ao mesmo tempo sereno. Maravilhoso, eu diria.

- Você sente a falta dela hyung – Disse Lay me olhando – Porque não tenta falar com ela mais uma vez?

- Ela não irá me perdoar Yixing – Digo com lágrimas em meus olhos – Eu a agredi! Ela não vai me querer por perto nunca mais.

- E ela tem razão disso – Olho e vejo Chanyeol se aproximando – Mas se não tentar, ai sim vai ter perdido ela para sempre.

Olho para Chanyeol e vejo nele uma  oportunidade de reconquistar (S/N).

- Channie, Lay – Digo olhando para os dois – Vocês me ajudariam a reconquistar a (S/N)?

- Todos nós ajudaríamos – Disse Sehun se aproximando da gente – Eu não aguento mais você chorando a noite por ela.

 Rio da afirmação de Sehun, mas não o nego. Eu passava o dia inteiro a chorar por ela, coisa que eu nunca fiz com Krystal ou por outra mulher.

- Vamos esperar o amanhã chegar – Disse Xiumin – Assim a gente põe o plano em prática.

POV (S/N)

 Passei o dia inteiro com Kun. O mesmo me fez rir á tarde inteira com suas piadas sem graça e pelo seu jeito desastrado.

- Nonna eu vou ter que ir agora – Disse meio triste – Tenho que fazer o jantar do NCT Dream.

- Tudo bem – Digo o abraçando – Muito obrigada Kun, você está sendo um ótimo amigo.

- Que nada – Disse envergonhado – Até amanhã nonna.

Fecho a porta assim que Kun sai de minha casa e sinto o vazio me atingir. Estava com saudades das risadas agudas de MinJun e das atrapalhadas de Suho.

Estava com saudades de nossa casa, do local onde ficávamos abraçados no inverno, de Suho cantar para mim dormir.

- Ah Junmyeom – Digo com lágrimas em meus olhos – Porque isso foi acontecer com a gente?

Tento limpar as lágrimas e tentar esquecer os meus problemas, até que a minha campainha toca como uma louca.

- Já vou – Digo indo em direção a porta.

A abro e vejo Joy por ela. A morena estava com a maquiagem borrada, seus olhos estavam vermelhos e a sua roupa meio suja.

- J... Joy, o que houve? – Digo a puxando para dentro de minha casa.

- Por culpa sua o Kai terminou comigo – Disse aos choros.

Engulo em seco a notícia recebida. Porque o Kai foi fazer isso por minha causa?

- Joy, eu sinto muito mesmo – Digo olhando para a mesma triste – O Kai deve estar confuso...

- Confuso? – Disse Joy me interrompendo – Não, ele terminou comigo depois do tapa que eu lhe dei. Eu achei que ele iria te esquecer, mas me enganei.

Olho para Joy triste, me aproximo da mesma e dou um abraço forte.

- Não está irritada comigo? – Disse Joy – Eu te agredi.

- Eu sei, mas não guardo rancor – Digo sorrindo – Eu vou conversar com o Kai e resolver com ele, prometo para você.

Joy pega em minhas mãos e sorri para mim.

- Me prometa que não irá se envolver com o Kai? – Disse Joy aos choros – Me prometa isso por favor (S/N)!

 Olho para Joy e respiro fundo. Mesmo querendo dizer que eu nunca iria me envolver com o Kai, metade de mim negava e dizia que Kai poderia me interessar.

- Não posso prometer isso Joy – Digo fazendo a mesma me olhar séria e indignada – Kai sabe o que o que eu sinto por ele é uma amizade, eu não posso fazer isso.

 Joy me olha zangada. Nunca tinha visto Joy com aquele olhar antes, ele era assustador.

- Irene está certa, você só causa discórdia – Disse irritada – EU DEVIA TER A ESCUTADO NO HOSPÍ...

- ESPERA! – Digo fazendo a mesma me olhar assustada – Você está visitando a Irene?

Joy me olha assustada, ela parecia esconder alguma coisa. A mesma corre em direção a porta e sai correndo, me deixando confusa com sua atitude.

- O que houve aqui? – Digo confusa – A Joy está visitando a Irene?

 Me sento em meu sofá e fico a pensar no que Joy havia dito, até que o meu celular começa a vibrar.

 Ligo o mesmo e vejo uma mensagem de Suho. Era uma foto onde MinJun estava em sua caminha, Chanyeol estava tocando em seu violão e Lay e Xiumin estavam cantando para ela dormir.

“Boa noite (S/N).” – Suho.

 Sorrio com a foto, mesmo com a ideia de divórcio não perdia a vontade de me mandar mensagem e me avisar sobre MinJun.

Vejo outra mensagem de Suho.

“Eu te amo Jagiya” – Suho.

  Sinto o meu coração pular de felicidade com essa mensagem. Quem eu estava querendo enganar? Eu amo Suho e o desejo todas as noites, mas infelizmente o seu ciúme era a pior coisa do mundo e eu não aguentava mais.

- Eu também te amo – Digo sorrindo olhando a foto de todos cantando para MinJun.

 

 


Notas Finais


Até o próximo capítulo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...