História A Babá (imagine Park Jimin) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Hot Park Jimin A Babá
Visualizações 724
Palavras 1.203
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 10 - Traição


Fanfic / Fanfiction A Babá (imagine Park Jimin) - Capítulo 10 - Traição

- Ji-Jimin não - digo afastando o mesmo

- por que não?

- não quero ser a segunda opção na sua vida, você é casado Jimin,casado.

- s/n eu não me importo eu quero você eu preciso de você e agora eu to te colocando em primeiro lugar

- não você está colocando sua necessidade em primeiro lugar,agora por favor vamos embora​.

- aish s/n ok eu não vou te forçar

Ele liga o carro e arranca o mesmo,chegando dou um beijo na Sook e chego no quarto e jogo minhas roupas no canto entrando direto no chuveiro em uma água bem gelada,logo depois saio coloco uma lingerie e uma saia com uma blusinha e me jogo na cama.

Tento dormir,rolo para um lado e para o outro e nada ai Jimin está me deixando louca,meus pensamentos estão nele e não são nada bons são totalmente perversos. Ah eu me sinto molhada só de pensar em suas mãos em mim de novo.

- AISH - levanto rápido e quando chego na escada escuto Suk e Jimin brigando

- de novo Suk? Eu to cansado.

- Jimin eu não te trai ele que me beijou

- três vezes em lugares diferentes?

- Jimin meu amor

- não me chame assim não é a primeira vez que me mandam fotos de você me traindo,eu cansei eu te dei de tudo Suk amor carinho dinheiro tudo e você faz isso.

- Jimin eu te amo me perdoa,me da mais uma chance ou eu vou embora e vou levar Sook comigo

- ok só mais uma,mais hoje eu acho melhor você ir dormir na casa da sua mãe

- mais amor

- por favor preciso ficar sozinho

- ok,mais amanhã eu volto - ele beija a bochecha dele e sai desfilando.

Falsa do caralho ai mulherzinha vagabunda.

Vejo Jimin pegar um vaso que fica na mesinha de centro da sala e tacar na parede fazendo o mesmo quebrar em mil pedaços,o mesmo senta no sofá com as duas mãos na cabeça e abaixa a mesma,respiro fundo e vou até ele sentando ao seu lado.

- Jimin?

- que? - ele responde com a voz de choro em um tom baixo

- o que houve?

- nada...

- pode desabafar comigo...por favor.

- ok - ele me olha ainda com lágrimas escorrendo em seu rosto - eu to cansado s/n,a Suk sempre diz que eu sou imprestável,eu sempre dei de tudo pra ela,no começo do nosso casamento eu dei de tudo pra ela eu a amava de mais,mais ela menosprezava meu amor,fingia que não ligava e eu cansei por isso somos tão afastados,mais não sinto mais nada por ela,assim como tenho certeza que ela também não sente e nunca sentiu nada por mim,to cansado dela me chifrando,to cansado de sempre que eu falo que não quero mais ela ameaça levar Sook pra longe ela sabe que não vivo sem ela e é só por causa dela que eu ainda to com a Suk

- Jimin...eu,eu sinto muito eu não sabia.

- sabe s/n desdo do dia em que te vi eu me apaixonei por você eu realmente estou amando de novo e de verdade,um amor ainda mais intenso.

- Jimin por favor.

- s/n posso te pedir uma coisa? Ele pergunta e eu balanço a cabeça que sim

- me ame,como eu te amo por favor - ele diz colando sua testa na minha.

- Jimin eu já Te Amo - digo baixo mais o suficiente para ele ouvir.

Ele me beija um beijo calmo e lento,ele me coloca em seu coloca entrelaçando minhas pernas em sua cintura e se levanta ainda me beijando.

Sobe as escadas e me leva para seu quarto fechando a porta atrás de si e me colocando na cama com cuidado.

- s/n se não quiser eu paro - ele diz com uma cara de preocupado.

- esse é o problema Jimin...eu quero - digo e ele sorri voltando a me beijar,sua boca desce até meu pescoço me fazendo arrepiar,ele me dá vários beijos e chupões sinto sua mão entrar por dentro da minha cabeça até ele tirar a mesma.

Em questão de segundo meu sutiã é arremessado para o chão,tiro sua camiseta observando seu abdômen definido quase babando em cima do mesmo,sinto sua boca em meus seios onde ele maltrata os biquinhos enquanto eu puxo seus cabelos macios e sinto seu cheiro doce.

Ele vai descendo até a barra da minha saia onde ele tira a mesmo junto com minha calcinha ele me observa por um tempo me fazendo corar.

- você é a coisa mais linda que eu já vi - ele sorri me fazendo sorrir de volta e corar ainda mais.

Ele passa a língua em meu clitóris me fazendo soltar um gemido.

- esse é o som mais gostoso que eu já ouvi - ele diz e começa a me chupar logo em seguida me fazendo soltar vários outros gemidos.

Ele sabia como usar a língua eu já estava encharcada sinto ele me penetrar com um dedo sem parar de me chupar e logo em seguida ele enfia mais um me fazendo agarrar os lençóis eu necessitava dele dentro de mim.

Sinto meu ápice chegando e ele começa a fazer movimentos mais rápidos com os dedos.

Solto um gemido manhoso logo em seguida gozo nos dedos do mesmo que me olha e coloca os mesmos na boca.

Ele volta a me beijar e eu fico por cima passo minhas unhas em seu abs e tiro sua calça com sua cueca.

Seu membro pula para fora da cueca, tão duro e grande sem pensar duas vezes abocanha o mesmo fazendo o Jimin soltar um gemido rouco.

Aumento a velocidade e logo começo a masturba-lo enquanto ainda chupava sua cabecinha ele logo goza em minha boca e eu engulo tudo.

Ele me deita e vai até o guarda roupa e pega uma camisinha e coloca a mesma vindo em minha direção.

- você quer que eu seja bonzinho? - ele pergunta rouco passando sua cabecinha em minha entrada.

- na-não - digo com dificuldade e ele sorri.

Ele me penetra e começa com movimentos lentos,que vão aumentando a cada gemido meu.

Sentir ele era maravilhoso,sinto o suor escorrer pelo pelo meu corpo.

Logo invertemos a posição e eu fico em cima começo a rebolar e sua boca forma um "O" e ele solta alguns gemidos que logo se misturam com o meu.

Ele apertava minha cintura e me ajudava com os movimentos. Beijo o mesmo ele puxa meus cabelos de leve me fazendo sorrir volto a rebolar com força em seu membro seus cabelos grudados em sua testa o deixava mais sexy ainda.

Seu olhar me enlouquecia ele passa a língua entra os lábios e sorri de lado voltando a gemer quando eu aumento os movimentos. Eu poderia fazer isso o dia inteiro.

Sinto meu ápice chegando e pelo jeito ele também. Soltamos um último gemido juntos até gozarmos juntos e sorrimos.

Saio de cima do mesmo me jogando em cima dele,ele tira a camisinha e vai para o banheiro jogar a mesma.

Coloco a mão no rosto e sorrio feito boba batendo os pés na cama como uma adolescente apaixonada,logo ele volta e se deita ao meu lado novamente.

- s/n? - ele diz virando pra mim me puxando para seus braços.

- hum? - ele pro mesmo sem conter o sorriso.

- Eu Te Amo - ele sorri também

- é eu também Te Amo - dou um selinho no mesmo e acabo sendo tomada pelo cansaço dormindo assim mesmo.


Notas Finais


Desculpem os erros e a demora é que meu celular ta um lixo e eu só vou ganhar meu Notebook mês que vem, então vou formatar ele agora


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...