História A Bailarina - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Jihyo, Jungyeon, Mina, Momo, Nayeon, Sana, Tzuyu
Visualizações 87
Palavras 1.460
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Yuri
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Young and Beautiful


Chaeyoung esperava ansiosa na porta da escola. Estava ansiosa pra ver Mina de novo e curiosa pra saber onde ela a levaria.

Depois de longos minutos de espera, um enorme sorriso surgiu em seu rosto quando ela viu Mina  vindo em sua direção. Ela estava de óculos escuros e caminhava com a ajuda de uma bengala para deficientes visuais. Estava totalmente diferente do que ela estava acostumada a vê-la na escola. Os cabelos lisos estavam soltos, ela usava um short jeans escuro, uma blusa de manga branca e um colete por cima.

-Demorei? - Mina perguntou parando bem ao lado dela.

-Não, cheguei a pouco tempo - mentira, ela estava ali a um bom tempo esperando, mas ela não tinha que saber disso.

-Que bom, podemos ir? - questionou.

-Onde vamos? - quis saber. Não estava se aguentando de curiosidade.

-Já disse que é uma surpresa - ela disse.

-Eu odeio surpresas - Chaeyoung fechou a cara e a menina apenas riu.

As duas pegaram um táxi. Durante todo o caminho Chaeyoung perguntou onde iam, não segurando a curiosidade, mas Mina não deixou escapar nenhuma pista. Vinte minutos e elas haviam chegado ao destino. As duas saltaram do táxi, parando em frente a um prédio que dizia "Seeing The World Through Different Eyes".

-Que lugar é esse? - Chaeyoung perguntou.

-Bom, eu achei que seria legal você conhecer melhor o meu mundo - ela deu de ombros.

-Seu mundo? - ergueu a sobrancelha.

-Esse é um instituto de ajuda pra deficientes visuais - ela disse - minha omma me trazia aqui todos os dias. Eles me ajudaram a lidar com o meu problema, agora eu trabalho aqui, ajudamos pessoas como eu, crianças e jovens que tem que aprender a viver essa realidade.

-Que legal -Chaeyoung sorriu.

-É sim - ela sorriu também - vem comigo.

Mina estendeu a mão pra ela que a segurou e então ela lhe guiou para dentro do instituto. Era um lugar especialmente agradável, as paredes pintadas de cores alegres. Tinha um espaço aberto, um enorme pátio onde várias crianças brincavam e jovens conversavam. Assim que entraram, uma senhora foi conversar com elas.

-Mina, que bom que chegou - a mulher a abraçou.

-Como está senhora Moonbyul? - Mina perguntou.

-Muito bem. Vejo que trouxe uma amiga - sorriu.

-Sim - concordou - essa é a Chaeyoung. Chaeyoung, essa é Moonbyul, a diretora do instituto.

-É um prazer - Chaeyoung a comprimentou.

-O prazer é todo meu - sorriu amigavelmente - espero que goste do nosso instituto.

-Com certeza.

Chaeyoung se sentiu bem naquele lugar, pra todo lado que olhava via muitos sorrisos, alegria, simpatia. Era difícil pensar que aquelas crianças e jovens eram todos deficientes.

-Onde ela esta? - Mina perguntou.

-No jardim - Moonbyul informou.

-Vem Chae - Mina segurou de novo sua mão - quero que conheça alguém.

Mina a guiou pelo enorme prédio, parecia saber muito bem onde ia, ela devia conhecer aquele lugar como a palma de sua mão, isso a deixava impressionada. Depois de uma rápida caminhada, elas chegaram a um lindo jardim onde duas meninas brincavam juntas. Mina soltou a mão de Chaeyoung.

- Hinata ? - ela chamou.

A menina virou o rosto na direção da doce voz e sorriu, depois veio correndo na direção de Mina que se agachou pra ficar na altura dela. A menina devia ter uns cinco anos, era morena e tinha os lindos olhos.

-Pinguim - a menina a abraçou.

-Tudo bem princesa? - ela perguntou.

-Sim - respondeu animada - ganhei um ursinho novo.

-Ah que legal, depois você me diz como ele é - sorriu - agora eu queria que conhecesse alguém.

Mina fez um gesto com a mão pedindo que Chaeyoung se aproximasse, ela se abaixou ao lado dela, ficando de frente pra linda garotinha.

- Hinata, essa é a Chaeyoung - ela disse - Chaeyoung, essa é minha amiga Hinata.

-Oi - a linda menina sorriu.

-Oi princesa - Chaeyoung sorriu pra ela - tudo bem?

-Sim e você?

-Eu estou ótima - ela garantiu - alguém já disse que você é muito bonita?I

A menina sorriu envergonhada.

-Posso tocar seu rosto?

Chaeyoung olhou para Mina sem entender muito bem, Mina apenas assentiu com um enorme sorriso no rosto, a encorajando a aceitar.

-Claro - ela concordou.

A menina ergueu as duas mãos e levou ao rosto, tateando, memorizando cada detalhe. Chaeyoung sorriu enquanto a observava e Mina também. Ela não podia ver, mas sabia que Chaeyoung sorria, ela podia sentir.

-Você é bonita - Hinata sussurrou.

-Obrigada - ela riu - mas você é muito mais.

-Vocês são igual a tia Moon e a tia Sun?

-Não meu anjo, somos só amigas - Mina respondeu tímida - porque você não volta a brincar com sua amiguinha?

-Tchau Chae - ela deu um beijo na bochecha de Chaeyoung.

-Chae? Gostei. Tchau princesa - ela deu um beijo na bochecha dela e então a menina voltou sorridente pra junto da amiga.

As duas se levantaram e Chaeyoung ainda ficou observando a menina mais um tempo. Nunca foi muito fã de crianças, mas aquela menina era encantadora.

-Ela é linda não é? - Mina perguntou.

-Encantadora - Chaeyoung assentiu.

-Ela perdeu 80% da visão em um acidente o ano passado - Mina explicou.

-Como aconteceu? - ela perguntou.

-Uma doença. Não puderam evitar e ela ainda corre o risco de perder o resto da visão - explicou.

-Coitada - comentou - é tão pequena e...

-Eu sei - Mina sorriu - ela só enxerga parcialmente. Vê vultos, formas.

Chaeyoung olhou novamente na direção de Hinata. Era triste que uma menina tão linda e pequena já tivesse que passar por isso.

-Vem comigo, tem mais alguém que quero que conheça - Mina disse.

Mina segurou a mão dela e voltou a guia-la pelo lugar. Dessa vez elas entraram no prédio e andaram pelos corredores até uma sala. Era como uma sala de aula, haviam várias crianças brincando, pintando, rindo.

-Matthew ? - Mina chamou parada na porta.

Um menino levantou da cadeira e foi correndo na direção de Mina, ele a abraçou.

-Oi Mina - sorriu.

-Oi Matt - ela deu um beijo na bochecha dele - como vão as aulas?

-Muito bem.

O menino devia ter seus nove anos. Chaeyoung observou intrigada que ele usava um tapa olho no olho esquerdo. Mina o abraçou de lado e se virou para Chaeyoung.

-Matt, essa é minha amiga Chaeyoung - ela apresentou - Chaeyoung, esse é o Matt.

-Oi Matt - Chaeyoung estendeu a mão e o menino a apertou.

-Você é a namorada dela? - ele perguntou.

-Por que todo mundo fica perguntando isso? - Mina fez careta - ela é só minha amiga Matt.

Os três riram. Chaeyoung não estava especialmente incomodada com a ideia. Na verdade, ela lhe agradava e muito, mas os pensamentos fugiram de sua mente enquanto ela observava o menino. Era engraçado vê-lo com aquele tapa olho.

-É estranho né? - o menino perguntou.

-Não - Chaeyoung descordou - só curioso.

-Matt sofreu um acidente de carro com os pais, ele perdeu o olho esquerdo - Mina explicou.

-Perdeu o olho? - Chaeyoung disse intrigada.

Matt sorriu e levantou o tapa olho. Ele realmente não tinha o olho esquerdo, era só um buraco vazio e dava nervoso de ficar olhando muito tempo, mas Chaeyoung conteve sua expressão.

-Pode dizer, é horrível - Matthew pôs o tapa olho no lugar.

-É estranho - ela confessou.

-Pelo menos você é sincera - Matthew riu - Mina diz que não é tão ruim.

-Bom, eu não posso ver, então pra mim não é tão ruim - ela deu de ombros.

-Verdade - ele concordou - meus amigos me zoam por causa disso, me chamam de pirata.

-Se eles te zoam é porque não são seus amigos - Mina disse.

-Não liga pra eles Matthew. Da próxima vez que te zoarem, levanta o tapa olho e eles vão sair correndo - Chaeyoung disse.

-Boa ideia.

Os dois fizeram um toque de mãos e então Matthew voltou pra sala de aula. Mina sorriu ao perceber que Chaeyoung se dava bem com seus amigos e que ela parecia confortável ali apesar das diferenças.

-Nós damos esperanças a essas crianças - Mina disse.

-É muito bonito o trabalho que fazem aqui - ela sorriu.

-Esse instituto me ajudou muito, agora é minha vez de ajuda-los, tornar tudo mais fácil.

Chaeyoung estava impressionada com Mina, ela tinha seus problemas e mesmo assim arranjava tempo pra ajudar os outros a superar os problemas deles. Era mesmo uma pessoa incrível.

-Vem - ela chamou - vou te mostrar o resto do lugar.

Chaeyoung segurou novamente a mão de Mina e deixou que ela terminasse de lhe mostrar o seu mundo. Um mundo muito diferente, mas mesmo assim fascinante e muito bonito, um mundo de superação. E por mais complicado que fosse, ela estava feliz de poder fazer parte.

Anotação: ela estava cada vez mais encantada com Mina.


Notas Finais


E esse beijo que ainda n aconteceu ???
Vcs estão ansiosas ? Hshshshs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...