História A Barraca do Beijo. - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Karin, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha
Tags Sasusaku
Visualizações 206
Palavras 2.993
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Me perdoem pelo atraso :/ Mais o capitulo é todo narrado pelo Sasuke então imaginam o quanto foi difícil desenvolver. Mais graças a Kami deu tudo certo. <3
Não foi o melhor capitulo mais são partes que se encaixaram ao longo da história.
E só pra explicar sobre a narração quanto é a Sakura ou o Sasuke que estão narrando eles narram na primeira pessoa. Quando tem um dialogo entre os personagens sempre coloco a outra pessoa narrado em terceira pessoa. Só pra voces não ficarem confusos kkkk
Viram que eu mudei a capa ???? É obvio que viram kkk Quero agradecer imensamente a linda da @Solune por ter feito essa capa maravilhosa, e por ter dito paciência com essa autora aqui <3
Enfim sem enrolações Boa Leitura Xuxus <3
Obs: Coloquei essa imagem do capitulo para se deleitarem com a Família Uchiha <3

Capítulo 7 - Almoço.


Fanfic / Fanfiction A Barraca do Beijo. - Capítulo 7 - Almoço.

 

SASUKE POV ON

 

Voltando pra casa tudo passava como um borrão em minha mente cada vez mais que eu acelerava minha moto, a sensação de ter beijado Sakura ainda estava presente em meus lábios eu sabia que era errado, que ela era a pequena rosada que vivia correndo por minha casa junto com Sai, não que idade seja o problema em questão pois temos apenas três anos de diferença, o problema seria se ela sentisse o mesmo que eu sinto, pois quem eu quero enganar, Sakura Haruno sempre foi meu desejo mais secreto.

Chegando em casa estaciono a moto, enquanto caminho para dentro me surpreendo ao ver Sai me esperando.

- Obrigado por ter levado ela para casa.- Sai agradece ao irmão.

- Não há de que.- Eu não conseguia olhar para ele direito, e ele sabia bem o porque.

Decidi que não ficaria mais ali o clima estava muito estranho, me virei para subir a escada quando Sai me adverte.

- Que o que rolou hoje não se repita mais.- Sai jamais iria querer que a amiga fosse mais uma conquista do irmão.

- Já passou pela sua cabeça, Sai que talvez, só talvez ela não seja somente mais uma conquista para mim?.- Decidi que não ouviria a resposta dele minha cabeça já estava lotada de pensamentos.

Subindo as escadas tão distraído nem percebi de imediato que alguém me esperava na porta do meu quarto. Itachi.

- Ora, Ora Irmãozinho tolo, que cara de abobalhada é essa.- Itachi estava parado no quarto do irmão, havia chegado mais cedo para o almoço que tem todo ano na mansão Uchiha e não havia encontrado nenhum dos irmãos em casa.

- Itachi. Quando chegou cara ?-  Abracei meu irmão, ja estava fazendo muito tempo que ele não aparecia por aqui.

- Tem umas horas, mamãe avisou que vocês estavam num festival algo assim.- Itachi encarava o irmão algo nele estava diferente.

- Bom ver você, mesmo achando melhor você longe.- Sorri o provocando.

- Eu sei que tem o Uchiha mais bonito de volta na cidade é um perigo para sua fama.- Itachi zoava com o irmão.

- Sei que estava com muita saudades de mim, mais como ver estou todo molhado e louco pra cair na cama, boa noite.- Entrei para dentro ouvindo as piadas sujas que Itachi insistia em me contar.

Entrei no quarto encarando minha cama, lembrando de como foi ter visto Sakura dormir ali, ela jamais saberia que passei a noite velando seu sono,  tirei a roupa molhada e estendi no banheiro senão dona Mikoto arranca meu fígado, depois de uma ducha rápida, me deitei encarando o perfil do Whast dela ao qual ela sorria mostrando as covinhas em sua bochecha e  com essa imagem eu deixei o sono me levar.

****

Eu ouvia batidas em minha porta porem ignorei pois o sono estava maior. Algum tempo depois Sai passa gritando.

- Se não levantar, mamãe vem te arrancar da cama, estamos atrasado sabe que vovô odeia atrasos.

Resolvi ignorar Sai, estava pouco me lixando em se atrasar. Porem parece que algo conspirava contra mim.

- Ei levanta da merda dessa cama Sasuke, ou eu mesmo entro ai antes da mamãe.- Itachi bateu na minha porta.

Mais que porra é essa ? Estava me preparando psicologicamente para levantar quando dona Mikoto entra como um furacão em meu quarto.

- SASUKE UCHIHA, quantas vezes mais eu tenho que mandar te chamar? Levanta dessa cama agora, vamos sair em 15 minutos. Não deixe eu voltar aqui;.- Mikoto abriu as cortinas do quarto do filho e marchou para fora.

Minha mãe era um doce de mulher, totalmente gentil e amável, mais me assustava quando queria. Decidi por fim levantar antes que meu pai aparecesse por ali. Tomei uma banho gelado para afastar o calor que eu sentia pelo sonho da noite passada, sonhei com certa garota de cabelos rosados e olhos verdes.

.....

Desci e me deparo com todos pronto e meu pai com uma cara nada amigável, resolvo ignorar pois quero chegar logo nesse almoço. Itachi vem me zoando e finjo que não é comigo. Sai já esta normal parece que o ocorrido de ontem ficou para trás.

****

Chegamos a casa do vovô Madara e pelo jeito hoje o almoço seria lotado, todos da família estava presente, a casa do vovô é uma mansão enorme localizada na parte sul de Los Angeles tudo aqui nos lembra a vovó que nos deixou tem muito tempo, o símbolo do Leque que é o brasão de nossa família ganhou um espaço especial pintado a mão na sala por Sai. Sentei no sofá depois de cumprimentar meu avô.

- Olha se não é o prodígio dos Uchihas.- Shisui se aproximou de Itachi socando seu braço.

- Não se esqueça que o mais bonito também.- Itachi rebateu o comentário do primo.

- Todos sabem que eu sou o mais bonito.- Izuna olhou para Shisui arrancando uma risada do irmão.

- Tsc.- Essa conversa me entediava.

- Estamos lhe incomodando Sasuke?- Izuna olhava para o primo.

- Sua presença não me faz nenhuma diferença.- Sempre tivemos nossa competividade Izuna sabia ser extremamente irritante, tudo o que eu tinha ele tbm tinha que ter.

- crianças, não briguem.- Obito sorriu, achava graça da implicância do filho com seu sobrinho mais sabia que devia para-los.

Resolvi que ignorar seria a melhor escolha, percebi que Itachi estava nervoso, toda hora trocava olhares com Izumi a namoradinha que por um bom tempo ele se negou a aceitar que estava apaixonado, tudo isso porque ela parente de um lado da familia que não tinha nenhuma ligação com a nossa, estava quase arrastando ele dali para perguntar que merda estava acontecendo quando ouço a campainha até pensei em ir atender a porta para sair de perto desses idiotas, porem mamãe foi abrir. Quase perdi o ar quando vejo ela ali, Sakura chegava com Kakashi e sua prima, de imediato vi que ela ficou vermelha a ver tantos Uchihas presente. Para mim é como se a cor que faltava no meio de tantos Uchihas acabasse de chegar. Ela percorreu os olhos pela sala, até que suas esmeralda focaram em mim, ela ruborizou mais logo desviou o olhar. Estava tão concentrada nela que esqueci totalmente que estava numa sala onde todos nos observava.

- Nossa aquela é Sakura Haruno?- Izuna olhava admirado para a amiga de Sai que sempre esteve no meio dela.- Acho que vou cumprimentá-la, sabe pelos bons modos.- Izuna falava para o irmão.

E assim aquele urubu foi, vi que minha rosada, sim MINHA, notei que ela ficou sem jeito com o pra frente do meu primo mais fiquei aliviado ao ver ele também ser galanteador com Ino. Me aproximei cumprimentando primeiro Kakashi, acenei para Ino, e finalmente sorri para Sakura. Ela me olhou agora com um olhar irritado e ali eu soube que ela ainda não havia esquecido de ontem. Tsc irritante.

****

O almoço seguiu normalmente, mamãe arrumou a mesa com a ajuda de Sakura e Izumi, sentamos todos, fiquei de frente para a rosada, se ela queria me ignorar eu iria ver até onde ela aguentaria, Sai estava ao lado da prima de Sakura e pela conversas e sorrisos ali tinha coisa. Izuna estava a todo momento tentando chamar a atenção de Sakura e eu estava quase socando a cara dele, quando Itachi apertou meu braço.

- Será que da pra disfarçar essa cara?- Itachi havia notando que algo entre o irmão e a menina Haruno estava rolando.

- Não me enche Itachi.- Eu não estava afim de receber sermão de ninguém.

- Então Sakura, como meus netos estão se comportando? Estão cuidando de você ?- Madara Olhava para a menina Haruno e tudo o que conseguia ver era que ela era muito parecida com Mito seu grande amor.

- Oww o Sai é um bom amigo, Sasuke é um... Idiota.- Sakura sorriu para o patriarca dos Uchihas, sempre ficava tímida quando vinha nesses almoços, ainda mais quando os primos de Sai estava presente.

- Ela me acha maneiro vovô- Resolvi brincar um pouco com a rosada.

- Sasuke, não seja assim, deixe a menina Haruno quieta.- Fugaku repreendeu o filho.

Sakura sorriu com o comentário do meu pai, deixando de lado um pouco a implicância, olhei para ela seu rosto estava com aquele jeito que ela fica quando tem pouco tempo que acordou, seus olhos ficam mais verdes, os cílios enormes faz um contraste destacando os olhos que me fascina, ser um Uchiha é saber que todos a sua volta sempre terão os olhos negros, mais quando ela chegou em nossa vida, tudo nela me encantava. As sardas que contorna o nariz delicado hoje estão presente, tendo em vista que ela não quis esconde-las hoje com a maquiagem, o cabelo dela estava em um coque bagunçado deixando os fios rosados meio rebelde e deixando minhas mãos coçando para desfaze-los. Eu tentava desviar o olhar dela mais sua boca me chamava, o beijo ainda estava forte em meus pensamentos. Mais resolvi me distrair tendo em vista que Kakashi estava me encarando de volta.

****

O almoço seguiu tranquilo resolvemos jogar depois que as meninas resolveram tirar a mesa, Sakura conversava com Izumi e mamãe que perguntava a Ino como era morar mais no interior.

O que eu percebi é que Itachi estava nervoso a todo momento ele enxugava as mãos nas calças, se eu conheço meu irmão ele estava ansioso. Estava quase dando uma sacudi nele quando ele gritou surpreendendo a todos.

- VOU ME CASAR COM IZUMI- Itachi soltou de uma vez.

- O QUE ? – Mikoto olhou para Itachi e Izumi que estava vermelha.

- Ela esta grávida?- Fugaku questionou o filho mais velho.

- É claro que não .- disseram os dois juntos.

- O fato de eu querer casar papai , é que decidir fazer minha residência em Seattle lá eles tem um hospital escola que me interessou muito, e como era o plano de Izumi se mudar para lá, e o pai dela não deixaria, bom ficarmos juntos sem algo mais serio, entaão porque não nos casarmos né, afinal um Uchiha só ama uma vez.- Itachi explicava nervoso enquanto piscava para agora sua Noiva.

- Isso é mds maravilhoso.- Mikoto sorriu animada enquanto abraçava a nora.- Mds meu menininho a Uchiha chorava enquanto ia de encontro com Itachi.

- Izumi isso é maravilhoso, meus parabéns.- Sakura abraçava a futura Uchiha.

- Jovens e suas loucuras, meus parabéns Itachi.- Kakashi abraçava o Uchiha sem acreditar que aquele garoto que vivia no seu pé iria se casar.

- Loucura? Espera até chegar a vez da sua menininha, Kakashi.- Obito falou fazendo o Hatake bufar de raiva.

- Sakura não vai se casar tão cedo ela é apenas uma menina ainda.- Sim para Kakashi Sakura sempre seria sua menininha que o enchia a paciência para assistir Ariel.

- Papai, por favor.- Sakura estava envergonhada, o pai tinha que trata-la como criança.

- Quem casar com você terá muita sorte Sakura.- Izuna sorriu, ele tinha que confessar que a Haruno estava linda.

- OK, deixem minha amiga em paz.- Sai puxou Sakura para um abraço.

- Tsc.- Eu estava extremamente irritado.

Resolvi me afastar não estava com paciência, virei o corredor observando os vários quadros que enfeitam a parede, muitas fotos minha estão por aqui, desde de bebê até a do meu ultimo aniversario. Sorrio ao se deparar com um quadro onde Sai e Sakura estão sorrindo segurando um sorvete, ela estava com um vestido vermelho e branco com uma enorme fita vermelha segurando sua franja, enquanto comemoravam o primeiro dente perdido.

Para mim era tão estranho saber que eu sentia algo por ela, porque o extinto que sempre tive de protege-la nunca foi algo com segundas intenções, mais ai ela entrou na adolescência e tudo mudou, os cara começou a percebe-la, eu era obrigada a ouvirem como ela tinha ganhando um “traseiro” enorme, no vestiário só sabiam falar isso. E foi ali que eu percebi que teria que usar todo minha popularidade e titulo no time para deixar todos esses urubus longe. Estava tão distraído que nem percebi que tinha uma presença do meu lado.

- Você esta gostando dela não é ?- Itachi se aproximou do irmão, sabia exatamente o que estava acontecendo com Sasuke.

- Não sei do que você esta falando.- Eu nem bem sabia o que estava sentindo.

- Qual é Sasuke eu te conheço, sei exatamente o que esta acontecendo. E eu te digo que não é errado se for serio.- Itachi sabia que não teria ninguém melhor para Sasuke do que a rosada.

- Não fode Itachi.- Eu não estava afim de ficar tocando nesse assunto.- Meus parabéns cara, quem diria você vai casar.- Sorri para meu irmão, estava feliz por ele.

- Obrigada irmãozinho. Ah e você será meu padrinho.- Itachi fez o toque na testa do irmão como era de costume desde que ele era só um garotinho.

A tarde passou devagar me joguei no sofá da sala, vendo Sai e as meninas se divertirem num jogo de dança enquanto Izuna dava um de intrometido. Vi que Sakura se afastou pediu licença ao meu avô e subiu as escadas. Decidi que era hora de confronta-la.

Ela entrou no banheiro, esperei encostado na porta até ela sair. Sakura saiu do banheiro arrumando o coque no cabelo, percebi que ela se assustou com minha presença.

- Nossa que susto, Sasuke.- Sakura colocou a mão no peito controlando a respiração.

- Eu tinha que falar com você.- Eu estava louco para saber o que estava passando pela cabeça dela.

- Não temos nada o que conversar Sasuke.- Sakura ainda estava irritada por ontem.

- Qual é rosada, não se lembra de nada do que eu falei pra você ontem?- Me aproximei dela vendo ela dar um passo para trás.- Tudo era verdade Sakura, eu realmente gosto de estar com você.- coloquei o braços na parede prendendo ela no meio.

- Sasuke, eu... eu não posso.- Sakura suspirou.

- Eu sei que você sente o mesmo que eu rosada, eu sinto sua respiração.- Aproximei dela coloquei meu rosto na curva do seu pescoço inalando seu perfume doce. Senti seu peito subir e descer com a respiração pesada. Desfiz o coque vendo seus cabelos rosados cairem contornando a blusa branca que ela usava,- Fiquei louco para desfazer isso desde que te vi entrar por aquela porta.- Inalei mais uma vez o perfume que saia dos fios rosados.

Ela me encarava como se pudesse ler minha alma, sua bochecha estava corada, eu podia sentir seu hálito batendo em meu rosto, eu sabia que queria beija-la de novo, e teria feito isso se não fosse por nos interromperem.

- Atrapalho algo ?- Izuna se aproximou surpreendendo ao ver os dois em um momento intenso.

- NÃO. Já estava de saída- Sakura disse saindo de perto de Sasuke e correndo dali.

- Então esta rolando algo entre você e a rosadinha.- Izuna encarava o primo.

- Não é da sua conta, não fode Izuna.- Sai dali para não correr o risco de quebrar a cara dele.

Cheguei la embaixo a tempo de ver Kakashi e Sakura se despedido do pessoal. Ino estava dando Tchau para Sai que fez ela rir com algo que Sakura revirou os olhos. Ela me lançou um olhar antes de sair e me permiti sorrir.

- Ela esta uma menina linda não é Sasuke- Madara chamou a atenção do neto depois de observar ele encarando Sakura enquanto saia.

- Esta sim vovô.- Respondi enquanto Sai me encarava.

- Sempre achei que Sai iria namorar com ela.- Madara cutucou o neto para ver sua reação.

- Qual é vovô, Sakura é minha melhor amiga, uma irmã.- Sai jamais nutriu algo a mais pela rosada.

- Eu daria tudo para fazer ela virar uma Uchiha- Izuna falou enquanto descia as escadas.

- Não seja idiota filho, Kakashi te mata se ficar de graça para cima dela.- Obito cortou o filho sabia que ele só estava querendo provocar.

- Não custa sonhar não é mesmo Sasuke?- Izuna resolveu provocar o primo.

- Cala boca seu idiota- Eu já estava sem paciência.

- Bom chega né, vamos papai ?- Itachi resolveu chama-los para ir embora, seu voo estava marcado para mais tarde, ele e Izumi teria muito o que arrumar até a mudança e o casamento.

Despedimos do vovô e saímos, como estava em dois carro resolvi ir junto com Itachi e Izumi. Sentei no banco de trás me desligado das palavras melosas que eles trocavam até que Izumi se vira para trás.

- Chamei a Sakura para ser minha madrinha e seu par no casamento tudo bem para você ?- Izumi sabia exatamente o que estava rolando entre a Haruno e sua cunhado então porque não ajudar.

- Ah pra mim tudo bem.- Por essa eu não esperava, mais fiquei satisfeito não vou negar.

****

Naquele mesmo dia mais tarde levei Itachi e Izumi ao aeroporto, mamãe sempre chorava quando ele ia embora, então papai não deixava que ela os acompanhasse.

- Eu te dou total apoio Sasuke, desde que seja exatamente isso que você quer.- Itachi estava dando o apoio que o irmão precisava. – Ela é especial para nós. Todos nós.- Itachi abraçou o irmão.

- Hn.-me limitei a responder somente isso.

- Tchau, Sasuke se cuide- Izumi se despediu.

- Se cuida irmãozinho tolo.- Itachi mais uma vez fez o gesto na testa do irmão- E não se esqueça de me avisar quando tudo acontecer.- Itachi saiu sorrindo deixando o irmão sem reação pra trás.

Sai do aeroporto com as palavras de Itachi na cabeça eu sabia exatamente o quanto Sakura e sua família era importante para nós e por isso eu estava decidido que levaria a serio qualquer coisa que acontecesse pela frente. Recebi um mensagem de Sai chamando para irmos a praia mais tarde e sorri com a certeza que ela estaria lá.

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Quem ai consegue adivinhar qual hospital Itachi vai entrar em Seattle ? kkk e sim perdemos mais um Uchiha delicia.
Espero que tenham gostado. Prometo postar o outro logo. <3
Não esqueçam de comentar e compartilhar aos leitores kkk <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...