História A Barraca do Beijo. - Capítulo 29


Escrita por:

Postado
Categorias A Escolha Perfeita (Pitch Perfect)
Visualizações 254
Palavras 938
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Festa, Ficção Adolescente, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura ❤️

Capítulo 29 - Festa P2


Fanfic / Fanfiction A Barraca do Beijo. - Capítulo 29 - Festa P2

Pov'ElleEvans

Fiquei no banheiro por um tempo tentando controlar as lágrimas que não paravam por um só instante. Como pode ele achar que faria isso com alguém? Ela falou da minha mãe, odeio violência, mas não significa que deixaria ela falar assim da minha família. 

Sai do banheiro com o rosto vermelho e os olhos marejados de lágrimas. Procurei o Lee pela casa inteira, quando o encontrei, ele estava dançando e bebendo com a galera, não ia estragar a noite dele só porque a minha foi um completo desastre. Pelo visto, parece que ninguém notou algo diferente por aqui. Agora, tenho que procurar meu pai e explicar tudo a ele, ele é a única pessoa que quero por perto nesse momento.

Pov'NoahFlyn

Depois que Elle correu de mim, fiquei procurando a Sky pela casa inteira, não a achava em lugar nenhum. Passei na frente do banheiro chamando por ela, que logo responde pedindo socorro com desespero.

Quando abri a porta, Elle estava segurando seus cabelos, a ponta de sua bota estava ensanguentada, Sky machucada e sangrando muito. Fiquei paralisado, meu sangue ferveu e minha única reação foi gritar com Elle. Por culpa de um ciúmes infantil, ela tirou meu filho de mim. Nunca vou a perdoar por isso.

Peguei Sky no colo e quando estava saindo, ela pegou meu braço mas gritei com ela novamente. Não a reconhecia mais, estava com nojo, muita raiva também.

 Fomos até meu quarto discretamente para que ninguém percebesse nada.  Deitei Sky na cama e fui logo procurar meus pais, quando os encontrei, expliquei toda situação de uma forma tão breve que eles ficaram confusos, mas me ajudaram. Levamos Sky ao carro e fomos para o hospital. No caminho, Sky ficou deitada com a cabeça em minhas pernas e minha mãe não falava uma palavra se quer. Sua feição era de decepção e desconfiança.

Fizemos uma ficha na recepção do hospital e levaram Sky para observação. Ficamos esperando na recepção, enquanto isso, levava um sermão de meu pai. Ele dizia que fiz uma besteira terrível, não a conhecia direito e era muito novo. Já minha mãe só olhava para o chão.

-mãe, fala alguma coisa! Estou ficando nervoso com seu silêncio.- disse quase implorando sua atenção

- não nada a dizer a você, Noah. Minha decepção de ver isso tudo acontecer é surreal. Não confio em uma palavra dessa garota. Ela acusou MINHA ELLE de ter feito perder essa criança, você acha mesmo que vou acreditar nessa mentira mal contada? E você? Ia nos contar quando? Você se acha muito adulto mas não tem juízo nenhum!- dizia com lágrimas nos olhos. O silêncio reinou novamente.

Se passaram algumas horas e o doutor apareceu 

- são os acompanhantes de Sky Cooper?- perguntou e nos levantamos 

- me acompanhem por favor.- 

Chegamos no quarto onde Sky estava internada e ela estava desacordada 

- Sky sofreu um aborto.- o médico disse e eu já me alterei 

- VIU SÓ MÃE! O QUE SUA PROTEGIDA FEZ? ELA BATEU NA SKY! NÓS PERDEMOS NOSSO FILHO!- disse gritando com minha mãe, que se fez indiferente com a situação.

- rapaz, se contenha! Estamos em um hospital. Não foi nenhum tipo de agressão que fez com que a moça perdesse o feto. O que a fez perder seu filho foi uma quantidade excessiva de remédios abortivos que ela consumiu.- explicou. 

- como assim doutor?- perguntei mas já estava evidente que ela quis tirar o bebê 

- Sky fez um aborto proposital.- quando ele terminou de falar, Sky acorda e pergunta sobre o bebê

- como está meu filho? Cadê meu bebê?- ela dizia passando a mão em sua barriga

- chega de mentiras garota! Já sabemos que você provocou o aborto tomando remédios.- minha mãe falou nervosa

- doutor, eu quero um teste de DNA. Pegue o DNA do feto e o do meu filho, vamos descobrir essa história inteira.- minha mãe ordenou.

Saímos do quarto e voltamos a recepção. Quer dizer que não foi culpa da Elle o que aconteceu? A própria Sky quis tirar a vida do bebê? Ela ia me contar disso? Meus pais estava furiosos com tudo isso, principalmente minha mãe.

Pov'SkyCooper

Eu estava muito ferrada!

FlashbackOn 

Estava tomando banho, fui trocar de roupa quando parei na frente do espelho e vi o quanto meu corpo estava horrível. Estava inchada, com estrias, já apareciam celulites e meus pés estava começando a doer. Comecei a pesquisar remédios que tinham a principal função de aborta. Fui até a farmácia e comprei. Tomei um: nada. Tomei outro: nada. E fiquei fazendo isso sucessivamente e não estava dando nenhum resultado. 

FlashbackOff

Não queria ter esse filho, mas não podia deixar que ninguém soubesse que eu não estava mais grávida. Se esse abordo realmente der certo, vou fingir até não conseguir mais, depois falo que perdi. 

Na festa, comecei a passar muito mal e fui até o banheiro. Sentei na privada e vi meu vestido completamente sujo, comecei a sentir dores muito fortes. 

Do nada a porta se abriu e aquela vagabunda da Elle entrou completamente bêbada me oferecendo ajuda. Comecei a falar de sua mãe, mas a reação dela foi me acertar com um chute na cara. Ela ficou irada e segurou meus cabelos. Ela não sabia que estava grávida, então pra ela seria apenas minha menstruação que desceu. 

Ouvi Noah chamar pelo meu nome e fingi que Elle havia feito eu perder o bebê. Mas as dores ficaram tão fortes que acabei desmaiando. Acordei no hospital, tive que fingir estar preocupada com o bebê, mas o doutor já havia contado o real motivo do aborto. Os pais de Noah pediram exame de DNA do feto. Merda! 

Quer saber? Foda-se! Eu não tenho mais nada a perder mesmo. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...