História A Barraca do beijo 2 - Continuação - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags A Barraca Do Beijo, Elle Evans, Flynn, Jacob Elordi, Joey King, Lee, Noah
Visualizações 551
Palavras 1.931
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi amores, como prometido não demorei muito aqui está mais um capitulo, espero que curtam.

Boa leitura <3

Capítulo 10 - A festa


P.O.V NOAH

- Isso tudo significa que voltamos? Pergunto para ter certeza.

Estamos deitados na grama, meus braços estão enlaçados ao redor de Shelly, seus dedos percorrem minha pele em um vai e vem lento, me fazendo cócegas. Ela respira fundo e se vira para olhar nos meus olhos.

- Isso significa, que estando aqui nesse lugar mais que especial para nós, olhando para você, eu digo que te amo Noah Flynn. E que não importa com quem, ou onde estejamos, nós sempre...sempre, iramos pertencer um ao outro.

- Eu amo você Elle Evans, eu sempre vou amar você.

Nos beijamos novamente como se nossa vida dependesse disso. Me viro para ficar por cima dela sem interromper o beijo, tento alcançar o zíper de seu vestido, mas isso é mais difícil do que pensei, paro o beijo e olho para Shelly.

- Posso?

Ela balança a cabeça em concordância enquanto tiro o seu vestido, Elle tira minha camisa e nos deitamos novamente. Sentir sua pele tão próxima a minha me tira do controle, ver seu corpo semi nú embaixo do meu me deixa louco, começo beijando todo o seu corpo e explorando cada milimetro com as minhas mãos. Ouço ela gemer meu nome baixinho e esse é o melhor som do mundo. Minha respiração pesa quando finalmente a preencho, meu Deus o que essa garota faz comigo?

 

P.O.V Elle

O dia amanhece e estou deitada de frente para o Noah, de novo amanhecemos praticamente sem roupas clandestinamente no letreiro de Hollywood. Fico admirando sua beleza o vendo na posição que até ontem achava que poderia ser a sua mais vulnerável, até ele me olhar daquela forma...

“AAAA de novo Noah Flynn virou minha vida de cabeça para baixo, mudando tudo que achava que sabia e sentia...isso é tudo culpa daquela barraca do beijo”

Sorrio com meus pensamentos, de repente sinto minha pequena bolsa vibrando, meu Deus Lee e meu pai devem estar loucos atrás de mim, quando abro a tela do meu celular me assusto com a hora, dormimos demais, hoje é o dia da minha festa, bom minha e do Lee, nosso aniversário é amanhã, mas a festa será hoje e vamos soprar as velas a meia-noite.

Deixei tudo nas mãos de Lee esse ano, só poderia estar louca e para piorar tudo não sei nem o tema. “Eu tinha que ficar tão desligada justamente no nosso aniversário de 18 anos? AAAA Elle”.

- NOAH, NOAH, acorda, acorda. Digo o chacoalhando.

Ele pede meio enrolado para que eu o deixe em paz, mas continuo chacoalhando. Finalmente seus olhos se abrem para o Sol escaldante que nos atinge, ele me olha e sorri.

- Meu Deus Shelly, alguém morreu??

- Ainda não, mas pode acontecer se você não me levar para casa agora. Digo mostrando a hora para ele, enquanto me levanto e ando.

- Espera, espera. Noah diz vindo atrás em tom sério.

- O que foi? Aconteceu alguma coisa? Pergunto aflita.

- Eu tinha me esquecido de como você se parece ainda mais linda quando é mandona. Ele diz abrindo seu sorriso extremamente sexy e me pegando pela cintura.

- NOAH, eu estou falando sério, para com isso, hoje é o dia da festa, você sabe...O Lee já me ligou tipo umas 20 vezes, eu preciso mesmo ir. Digo tentando me desvencilhar de seus braços, mas sem sucesso para variar.

- Eu sei Shelly, eu vou te levar para casa em um minuto, mas antes você vai ter que me dar um beijo...

Reviro meus olhos para ele e o beijo.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Chegamos na casa dos Flynns depois de uns 20 minutos, no caminho mandei mensagem para meu pai, avisando que iria ajudar o Lee a arrumar as coisas para mais tarde.

- Quem é vivo sempre aparece! Lee diz ao me ver entrar na sala.

- Ha – ha – ha, muito engraçado.

- Eu te liguei umas mil vezes Rochelle, onde você est...Lee para de falar ao ver Noah entrando.

- Sério? Vocês voltaram? Ele diz em tom de deboche.

Respiro fundo e respondo.

- Sim Lee. Me viro para olhar para Noah e sorrio. – Nós voltamos.

- Elle, posso falar com você? Sozinha. Lee diz a última palavra diretamente olhando para Noah.

Antes que eu possa responder ele pega minha mão e me leva para seu quarto.

- Olha antes de você falar qualquer coisa, eu quero que saiba que já estou decidida e não há nada que possa fazer eu mudar de ideia.

Lee bufa, cruzando os braços e se apoiando na parede enquanto me olha com cara de desgosto.

- Você tem certeza?

- Tenho Lee.

- Elle...

- Eu sei, eu sei ta bom, as coisas não aconteceram do jeito que eu queria no começo, mas a vida é assim não é? As coisas nem sempre acontecem como queremos. Eu amo ele Lee, nunca deixei de amar, você sabe, não tem como eu fugir disso, não agora...

- Ok Elle, eu só não quero te ver infeliz, eu juro que se eu ver você novamente tão machucada do jeito que você ficou eu dou uma surra nesse bundão do meu irmão. Você é o que mais importa Elle, eu amo você minha gêmea.

- Eu amo você Lee, obrigada por ficar do meu lado sempre, mas agora precisamos nos mexer, já deixei coisas demais nas suas mãos...agora, me conta. Qual o tema da nossa festa?

- Adivinha? Hahahaha FACULDADEEEE. – Vamos dar uma festa melhor do que qualquer fraternidade, viraremos lenda na escola. A melhor festa de todas...

- Ai meu Deus Lee, só você para ter ideias que não são necessariamente ideias, mas vamos lá, para a melhor festa de todas...O que falta?

- Huuum, bom...Temos que colocar os pisca-piscas no jardim, as luzes de Leed nos corrimões, porque já tem nas paredes, o globo no teto, esperar o pessoal que vai ficar no bar chegarem e arrumar as bebidas.

- Certo...AAAA Deus, Lee, eu nem comprei uma roupa...

- Não esquenta, a Rachel comprou para você e acho que você vai gostar kk, só não sei como vai ser agora que você e Noah estão juntos...

- AAA sério? Como assim ela comprou? O que seria de mim sem vocês? Obrigada, obrigada, obrigada...agora vamos, precisamos deixar tudo pronto para a melhor festa do ano.

Descemos do quarto de Lee para ver a cena que faria qualquer garota de 17 anos desmaiar, um Noah Flynn sem camisa, suado colocando o globo de prata no teto da sala, fico uns segundos paralisada, até Lee soltar o seu comentário extremamente irritante.

- Ow Elle, fecha a boca sua baba está começando escorrer pelo seu pescoço kkkkkkkkkkk.

- AAA cala a boca Lee, vamos logo com isso.

 

Encontro Rachel no jardim, tentando desenrolar um amontoado de luzes piscantes.

- Hey

- Hey Elle, finalmente apareceu. Ela me diz com sorriso malicioso.

- Não me olha desse jeito...

- Nem vou perguntar onde você estava, ao presumir pelo seu sorriso e vendo você chegar com o Flynn eu já entendi tudo. Estou feliz por vocês...

- Obrigada Ray, mesmo...eee, o Lee me contou que você comprou a minha roupa de hoje, não sei nem como agradecer Ray, é tão bom ter uma amiga como você, te devo uma.

- Relaxa Elle, não foi nada. Você e Lee tem sido meus melhores amigos, só quero retribuir, você sabe, esses últimos meses foram mais intensos do que minha vida toda.

Sorrio para Rachel e penso em como eu e Lee tivemos sorte de acha-la, ela foi a primeira namorada de Lee que não se incomodou com a nossa amizade ou se colocou entre nós, além disso ela foi a primeira namorada que se tornou uma das minhas melhores amigas.

Desenrolamos os fios e colocamos as luzes em todo o jardim, nos guarda-corpos, nas plantas, pendurados em todo o lugar, luzes é que não vão faltar.

---------------------------------------------------------------------

Eu, Noah, Lee e Rachel nos jogamos no sofá, estamos mortos, mas tudo está pronto, bom quase tudo, nós estamos parecendo trapos, nem sei como vamos ter pique para festa... O que que eu estou dizendo? Estamos fazendo 18 anos não 80. Penso nisso e me levanto.

- Ta legal galera, foi muito bom o descanso, mas está na hora de todos irem se arrumar, então vão, vão. Digo batendo palma.

- Calma Elle, estamos muito cansados...Lee me diz fazendo voz de exausto.

- Qual é Lee? Estamos fazendo 18 anos, se com 18 estamos assim então é melhor nem irmos para faculdade, ou como você pretende aguentar nossas futuras festas lá?

- Isso não vai ser problema, porque vocês não vão a tantas festas assim, muito menos dar festas. Noah me olha com cara de presunçoso.

- Ah é? E quem vai me impedir? Você? Digo levantando as sobrancelhas com as mãos nos quadris.

- Pode apostar. Ele diz levantando me dando um selinho e indo para seu quarto.

- Buff. Você não vai arruinar nossa vida de universitários seu idiota. Lee diz, mas Noah o ignora.

Eu e Rachel fomos nos arrumar no quarto de hóspedes, enquanto os meninos foram para os deles. Vejo a roupa que Rachel comprou para mim e fico chocada.

- Ray, você está afim de me meter em problemas?

- Como assim? Ela diz confusa

- Olha essa roupa, isso não vai dar certo, não vai, desculpa Ray, mas não sei se vou usar isso.

- AAA Elle Evans você vai usar sim, você está fazendo 18 anos, indo para Harvard, é uma mulher linda, dona do seu corpo, não deixe ninguém determinar o que você pode ou não vestir...

- Não sei Ray, não sei...

- Vamos Elle, você vai ficar um escândalo, mal posso esperar para ver a cara de todos...Além disso, quando eu comprei você estava solteira, então...Só use.

- Isso não vai dar certo...

- Vai sim, vamos nos arrumar.

Tomamos banho (não ao mesmo tempo obviamente) e arrumamos nossos cabelos, Rachel fez minha maquiagem, pedi para ela não exagerar muito e ela fez do jeito perfeito, no fim já ouvia a música tocando alto e o burburinho do pessoal que já havia chego, coloco o vestido e a sandália, quando olho no espelho quase não me reconheço, até pareço mais velha, mais curvilínea, mais...universitária.

- Ray eu não vou sair desse quarto.

- Para com isso, claro que vai. Estou descendo, te espero lá embaixo.

“Aaah eu não consigo respirar, olha pra mim” falo sozinha, ando de um lado para o outro, tentando me acalmar. “Para com isso Elle Evans, desça lá e aproveite sua festa de aniversário, vamos”. Abro a porta do quarto e saio.

A primeira sensação que tenho é que estou com a roupa toda suja, porque quando eu passo todo mundo para o que está fazendo para olhar para mim e cochichar. Quando estou no topo da escada vejo os olhares de todos da festa, logo encontro o de Noah, sua boca está entreaberta, mas sua expressão está impassível, contínuo descendo e ele vem até mim.

- Se você queria causar impacto conseguiu, essa roupa....está de matar...

- Não queria causar nada, está todo mundo olhando para mim. Digo cochichando.

- É porque você está de tirar o fôlego. Ele diz me olhando de forma intensa.

- Guarde um pouco desse entusiasmo para mais tarde então. Digo isso a ele tentando miseravelmente parecer sexy, mas fico tão vermelha quanto o vestido que estou usando.

- Pode deixar Shelly, se bem que com você não preciso de muito para ficar animado...Então ele pisca e sai...

Essa noite vai ser longa...


Notas Finais


Espero que tenham gostado, comentem bastante, favoritem e votem.

Obrigada por lerem

Beijos amores <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...