História A barraca do beijo - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Barraca Do Beijo, Elle Evans, Filme, Jacob Elordi, Joel Courtney, Joey King, Lee Flynn, Noah Flynn
Visualizações 1.314
Palavras 676
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Violência
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oie -)
Sei que eu já postei um capítulo hoje mais cedo, só que eu estava ansiosa para o próximo capítulo, então dicidi publicar hoje mesmo :)
Obs: Estava ouvindo a música Devil devil da Milck e Attention do Charlie Puth ♡
Era isso :)
Vamos ler?
*foto da Ashiley

Capítulo 6 - Capítulo-5


Fanfic / Fanfiction A barraca do beijo - Capítulo 6 - Capítulo-5

Matt estava em cima de Noah, mas ele não socou a cara dele ou algo do tipo, ele apenas mobilizou o Noah, fazendo a luta acabar.

-Desculpa cara, mas não vou brigar com você.-ele olha para mim.-Ela não iria gostar.

Noah parece se acalmar, então com cuidado Matt saiu de cima dele e o soltou.

-Desculpa Elle.-disse Matt arrependido, depois se vira para Noah, que acabará de se levantar.-Queria te pedir desculpas também.

Tanto Noah, quanto eu ficamos surpresos.

-É só que a primeira vez que a vi ela estava chorando, mas eu não sabia o porque, ela só me disse que foi um babaca. Depois que eu encontrei ela de novo, estava chorando também, foi quando ela me disse o motivo, então fiquei com raiva. Eu sinto muito.

Noah exita, mas logo os dois apertam as mãos.

-Tudo bem.-diz Noah.-Mas já está tudo resolvido entre nós e não quero que se meta em nosso relacionamento.-disse sorrindo e em um tom ameaçador.

-Eu só sou o amigo da chorona, não vou me meter no relacionamento de vocês.-disse sorrindo.

Aquilo sim, foi uma reviravolta impressionante. Fiquei feliz que tudo havia acabado bem.

-Noah!-diz uma voz irritante.

Nãosei como ele deixa que ela o chame assim. Ah é, ela foi sua primeira namorada e tem seus privilégios, que deveriam acabar com o tempo.

-Ashiley.-um sorriso aparece em seu rosto.

Pego na mão dele, para entender que eu ainda estou aqui.

Ashiley estava menos piranha do que na escola. Usava um vestido menos colado que o meu, sem mangas ou decote, seu comprimento ia até o meio de suas coxas, a cor era branco, com detalhes dourado como seus saltos de tiras grossas. Ela havia destacado seus olhos castanhos, e não passou nenhum batom. Seu cabelo estava solto e um pouco bagunçado.

Ela sorriu para o Noah e se insinuou enquanto mexia no seu cabelo.

-Então estão fazendo essa festa pela sua volta?-pergunta sorrindo e se aproximando.

-Parece que sim.-diz ele sorrindo.

-Tô com sede.-falo e os três me olham.-Morrendo de sede.

Estava esperando que Noah falasse algo, mas ele não diz nada.

-Que tal pegarmos algumas bebidas?-sugere Ashiley para Noah.

A vadia usou o que eu disse para afastar os dois, para se aproximar do Noah.

-Não precisa.-falo antes que ele responda qualquer coisa.-Noah e eu vamos.-pego na mão dele e saio dali quase correndo.

Lembro que acabei de deixar Matt sozinho com a Ashiley. Coitado.

Levo Noah até o seu quarto. Ele me pergunta o que aconteceu e eu não respondo, apenas ando. Abro a porta do quarto dele, fasso ele entrar, depois entro e tranco a porta atrás de mim.

-Você prometeu!-solto irritada.

-Mas foi ela quem veio atrás de mim.-se explicou se sentando na cama.

-Realmente.-concordo.-Mas você bem que poderia ter inventado alguma coisa pra se livrar dela.

Ele se levanta me pega pela cintura e me abraça.

-Sabe o que eu ia responder quando ela perguntou se eu queria pegar bebida com ela?

Fiz que não com a cabeça. Seu abraço me tranquilizava.

-Eu ia dizer que eu tinha algo mais importante para fazer com a minha namorada.-diz levantando meu queixo para olha-lo, depois me beija.

Logo ele abre o ziper do meu vestido que cai no chão. Ele me carrega, colocando minhas pernas ao redor da sua cintura e pegando na minha bunda. Os beijos ficam mais intesos com mordidas e chupões. Ele me leva até a sua cama, me coloca lá e tira sua camisa, mostrando seus músculos, seu corpo sarado, agora me pertence. Ele fica em cima de mim e tira meu sutiã e começa a chupar meu seios e massagear. Depois eu fico em cima dele e tiro sua calça.

Estava muito molhada. 

Volto a beija-lo enquanto ele pega na minha bunda, fezendo eu movimentar meu quadril. Logo ele fica por cima de mim e quando vai tirar minha calcinha eu lembro.

-Camisinha!-falamos juntos.

Ele pega uma camisinha dentro da sua gaveta.

-Achei que não iria mais ter camisinha.-disse quando pegou a camisinha.

Dou um sorriso e ele me beija.


Notas Finais


Espero que tenham gostado :)
Nos vemos nos comentários ;)
Até a próxima :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...