História A Barraca do Beijo- Camren - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Camren, Camren G!p, Lauren G!p, Shawn Mendes
Visualizações 387
Palavras 971
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 8 - Pós festa


Fanfic / Fanfiction A Barraca do Beijo- Camren - Capítulo 8 - Pós festa

Quarto desconhecido

 

Acordei no outro dia com uma bela dor de cabeça, o pior de tudo? Bom, o pior foi quando eu abri meus olhos e percebi que estava em um quarto que não era nem o do Shawn e muito menos o meu, pior ainda? Esse era o quarto da Lauren.

 

-Eu estou usando a camiseta da Lauren? – Perguntei desesperada- O vestido sumiu, mas a calcinha ainda está aqui, isso é um bom sinal certo, Camila? – Perguntei para mim mesma, estava divagando enquanto olhava para a janela. Até olhar para o lado e ver uma Lauren indo em direção ao seu closet apenas de top e uma toalha na cintura. Shawn que me perdoe mas, que corpinho abençoado- Ai meu Deus- Tinha quase toda certeza do mundo que eu estava com a boca aberta.

-Desculpa- Sorriu

-Tudo bem-

-Eu não quis acordar você. Só ia pegar uma roupa-

-Então, eu fiquei muito mal? – Disse escondendo meu rosto entre as mãos

-Você estava prestes a tirar a roupa em cima da mesa de sinuca na frente de uns caras e depois nadar pelada- Disse como se fosse a coisa mais normal do mundo- Eu trouxe você para cá, antes que mostrasse demais- Que fofa- Ah, você vomitou no vestido. Pedi ao Peter que trocasse a sua roupa.

-Lauren, eu sinto muito- Disse envergonhada- Eu espero não ter roncado! – Ela começou a rir e eu fiquei lá sem entender nada

-Camila, eu dormi no quarto dos hospedes-

-Ah, sim- Disse levantando da cama- Se eu estou só de camiseta, significa que você me viu só de calcinha? –

-Sim- Sorriu

-Ai meu Deus! – Lembrei que eu continuava só de calcinha e me escondi atrás da cortina- Você pode me dar os shorts? – Apontei para a bermuda no chão e a desgraçada negou com a cabeça- Lauren- disse séria- Ok, deixa que eu pego- Por ironia do destino, Lauren resolveu pegar o short ao mesmo tempo que eu. Isso resultou com as duas caindo juntas e principalmente, Lauren em cima de mim- Meu braço tá preso, eu vou tentar esticar- Péssima ideia, Karla Camila- AI MEU DEUS EU PEGUEI NO SEU NEGOCÍO- Sim, eu tinha pegado no pênis da Lauren e puta que pariu ela realmente era bem dotada igual boa parte das garotas falava.

-Para de se mexer, Karla- Disse se desprendendo da cortina e saindo de cima de mim-

-Desculpa- Levantei correndo e só conseguia escutar ela rindo- Idiota! –

-Ei, você não está esquecendo de nada não? – Disse e eu olhei confusa- Minha camiseta-

-Ae, verdade- Já ia tirando a camiseta, quando Lauren me interrompe

-Eu estava brincando, Camila- Começou a rir mais ainda

-Eu te odeio, Lauren Jauregui- Sai batendo a porta do quarto-

 

Quarto do Shawn

 

-Nunca mais me deixa beber- Me joguei em sua cama

-Fiz um kit de sobrevivência para você. Tem granola, bebida esportiva, antiácido e uma dose épica de vergonha na cara-

-Obrigada- Dei um beijo estalado na sua bochecha

-Parabéns pelo trabalho de ontem a noite-

-Como assim? –

-Você disse para a festa inteira que a Lauren ia participar da barraca do beijo-

-Droga! – Deitei.

E mesmo sabendo que eu tinha arruinado tudo, e me sentindo como se meu fígado fosse sair pela boca. Eu não conseguia parar de pensar na Lauren, e na minha passada de mão acidental. Só que parece que ela só me vê como uma irmãzinha, mas eu não podia deixar de imaginar se ela tinha outro motivo para me proteger assim.

 

Refeitório da escola

 

-Me deseje, boa sorte- Sim, eu estava indo falar com as 3 vadias loiras.

-Ei, Camila- Hailey me chamou

-Oi- Me fingi surpresa

-Porque você está em pé e falando ao invés de estar sentada e falando? – Taylor disse me puxando para uma das cadeiras

-O Shawn quer saber se você gosta dele? – Disse rápida

-O irmão da Jauregui? –olhou para trás- Sim, ele é uma graça. Mas precisa aprender a se vestir- Hailey sorriu para o Shawn

-Então, está tudo preparado para a barraca do beijo, né? –

-Certo, eu acabei de ficar sabendo de uma coisa- Fiz a misteriosa do dia-Lauren gosta de uma de vocês, e parece que se a pessoa que ele gosta estiver trabalhando na barraca, ele vai também-

-Agora que somos amigas- Ariana pegou na minha mão- Vamos participar da barraca, só por você- Sei bem desse “só por você” suas interesseiras do caralho.

Clube de artes

 

-Você é muito mandona, Karla Camila- Shawn disse

-Eu sei, e eu já pedi para você não falar isso- Fingi que estava séria-

-Ainda bem que eu nunca te escuto- Jogou pincel cheio de tinta na minha roupa

-Você não fez isso, Shawn Perter Jauregui Morgado- E começamos uma bela guerra de tinta

 

Em algum lugar no corredor da escola

 

E lá estava eu, toda desgovernada, cheia de tinta no rosto e sem saber onde eu estava. Péssima ideia ter arrancado a blusa, Camila Cabello. Sim, eu estava no vestiário masculino. O pior de tudo? Todos os jogadores estavam lá, praticamente sem roupa.

-Vai embora daqui! Já falei pra você parar de fazer essas bobagens- Fui puxada brutalmente por uma Lauren super furiosa-

-Você não manda em mim, Lauren-

-ANUARIO- Vi o garoto das fotos me fotografando- Vou apagar imediatamente- Disse quando olhou para a Lauren e ela estava com uma péssima expressão de assassina.

-Camila, saí daqui-

O que ela disse fazia sentido. Também significava que ela se importava comigo. Mas o que saiu da minha boca foi...

-Já falei para parar de me dizer o que fazer, Lauren Jauregui- Assim que disse isso, joguei a blusa no chão e fui dançar bem no meio dos outros garotos, e olhando diretamente para uma Lauren Jauregui que se pudesse me matar ou matar todos aqueles garotos cheios de hormônios, já tinha matado.

 

(...) Continua

 

 

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...