1. Spirit Fanfics >
  2. A batida no meu coração >
  3. O que ela esta fazendo aqui?

História A batida no meu coração - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Oi!!!!Obrigada pelos 10 favoritos,sei que não é muito mais eu agradeço muito,isso me incentiva muito a continuar a escrever :3,desculpa não ter feito capitulos esses últimos dias,é que eu estava com muita preguiça para escrever ;-;



Pergunta do dia:Quantos anos Chuuya tem? (essa é fácil)

Capítulo 7 - O que ela esta fazendo aqui?


Fanfic / Fanfiction A batida no meu coração - Capítulo 7 - O que ela esta fazendo aqui?

As única coisas que eram ouvidas no momento eram as explosões da moça loira que estava destruindo tudo o que via na frente,Atsushi saiu de onde estava indo em direção aonde estava a moça loira,que no momento estava em cima de um entulho de caixas,pois foi jogada pelo mafioso,Akutagawa ia em passos lerdos na direção das caixas mas parou quando avistou o albino.
 

   - Pode parar por ai. - Atsushi ficou em frente ao entulho,encarava o outro como se a qualquer momento pulasse no pescoço dele.
 

   - Não esperava te encontrar aqui,tigromem. - Akutagawa rashomon do casaco,se preparando em posição de ataque.
 

   - Você vai deixar essa moça ir embora agora. - Também se preparou em posição de ataque.
 

   - Não me importo com essa mulher,vou aproveitar que você esta aqui e vou leva-lo. - Ele lançou Rashomon em direção a Atsushi,mas leva um soco em sua costela em é impedido de acerta-lo,infelizmente não caiu no mar,mas ficou centimetros da borda.
 

   - Pensei que nem sairia do lugar com esse soco. - Yumi segurava a mão que acertou o mafioso,não era muito boa em brigas,sua mão ardia pela dor.
 

   - Ei!!Pode ir vazando pivete,ele é meu. - A loira sai das caixas com a testa franzida,olhava para Atsushi mas depois desviou o olhar para Akutagawa.
 

   - Puf...Quer dizer que agência arranjou mais um verme. - Rangia os dentes de ódio.
 

   - Atsushi,pegue a Kana e de um fora daqui!! - Não tirava os olhos do mafioso,também mantia posição de ataque.
 

  - Bem,se você me entregar o tigromem eu não mato você e sua colega,mas se for ao contrario,mato as duas. - Akutagawa retira novamente Rashomon do casaco.
 

   - A você só vai sair daqui morto!! - A loira tentou correr até Akutagawa,mas foi impedida por Atsushi.
 

   - Você não pode lutar contra ele. - Atsushi segurou  braço de Kana.
 

   - Ta me desafiando pivete,quando eu arrebentar a cara daquele arrombado eu te quebro depois. - Tentou se soltar o braço mas falhou,tentou dar um soco com a outra mão,mas ele desviou,dando uma coronhada na cabeça da loira para ela desmaiar.
 

   - Desculpa mas não podemos ficar de briguinha agora. - Atsushi pega Kana nas costas levando atenção para Yumi,que no mesmo momento estava desviando do Rashomon.
 

   - Vocês da agência são seres insignificantes,deveriam estar todos mortos. - Lança novamente Rashomon na direção de Yumi,que usa a mesma magia para se proteger. - Não é possível,você também tem o Rashomon!? - Akutagawa se distraiu e Yumi aproveitou da situação para tentar joga-lo para longe.
 

Ela envolve Akutagawa com o Rashomon e o joga na direção de algumas caixas que estavam um tanto longe.
 

   - Vamos sair daqui agora!! - Yumi correu em direção de Atsushi.
 

Chegando perto dos dois,sente uma forte ardência no braço,em segundos conseguiu ver Rashomon fazendo um corte profundo em seu braço,virou-se para trás vendo Akutagawa ao meio das caixas.
 

   - Pensa mesmo que me jogar em simples caixas vai me deter? - Estava com alguns arranhões em seu rosto.
 

   - Não iria de deter mais pensei que daria um pouco de tempo. - Yumi mantia sua mão em cima da ferida.
 

   - Agora é seu fim...Morra verme!!!
 

   - Meu fim esta longe meu caro. - Os dois tiram Rashomon de seus casacos.
 

   - Rashomon:Murakumo!!! - As duas bestas vão uma na direção da outra,mas alguém impede as duas de se acertarem.
 

   - Ok,já deu por hoje não é? - Dazai estava com as mãos sobre as bestas,que logo desapareceram.
 

   - Primeira missão e já esta se metendo em briga. - Kunikida foi avistado correndo em direção eles.
 

   - Tsc! - Akutagawa se vira e vai embora.
 

   - Akutagawa!!! - O albino gritou.
 

   - Deixe ele ir,não podemos fazer nada com ele agora. - Afirmou Dazai indo em direção a irmã,que n momento estava sentada no chão por causa da forte dor que sentia no braço.
 

   - Finalmente encontramos essa garota. - Kunikida olhava para Kana que estava nas costas de Atsushi.
 

   - Vem,vamos para a agência cuidar disso. - Dazai estende  braço para Yumi,que pega com o outro braço.
 

~~
 

Yumi,Dazai,Kunikida e Atsushi estavam em frente a Kana,que estava ainda apagada e amarrada em uma cadeira,para que não tentasse destruir tudo,Kana abre e fecha os olhos varias vezes antes de levantar a cabeça para ver onde estava.
 

   - Mas que....onde eu tô? - Estava um pouco atordoada pela coronhada.
 

   - Você esta na agência de detetives amardos. - Respondeu Kunikida,que não estava muito feliz pelo estrago que ela fez nos galpões.
 

   - Quem são vocês?O que eu to fazendo aqui? - Ela tenta se levantar mas é impedida pelas cordas. - Por que eu to amarrada?
 

   - Calma Kana,eles são amigos,não precisa se preocupar. - Yumi se junta aos dois.
 

   - Não...nem fudendo que é você... - A loira observava Yumi.
 

   - Olha o linguajar pirralha. - Kunikida arruma os óculos em seu rosto.
 

   - Vai te se ferrar e aprende a cuidar da sua vida. - Bem,Kana não era uma das pessoas mais educadas que você poderia encontrar.
 

   - O que disse?! - O loiro franzi a testa.
 

   - Por favor,se acalmem. - Yumi tinha levado um leve susto quando Kunikida tinha gritado.
 

   - Não vou perder meu tempo com essa pirralha,Yumi,pode inte-
 

A porta da agência é escancarada por Dazai,que rapidamente anda até eles.
 

   - Pode deixar comigo Kunikida! - Ele pega uma cadeira e poem em frente a moça.
 

   - Tanto faz,o que importa é saber sobre os casos. - Kunikida se retira para sua mesa.
 

   - Dazai tem cer-
 

   - Oh,por que amarrar uma bela dama em uma cadeira?Preciso solta-la imediatamente. - Ele se levanta e pega uma tesoura que tinha em uma das mesas e desprende os braços de Kana. - Bem melhor não acha?
 

   - Você é um ator ou algo do tipo? - Os olhos de Kana brilhavam,de uma mça mal educada para alguém toda encantada pelo rapaz em sua frente.
 

   - Não,por que a pergunta?
 

   - Por que você é muito lindo. - Kana olhava profundamente nos olhos castanhos de Dazai.
 

   - Eu digo o mesmo bela dama. - Dazai pega as mãos da moça e as despeja um beijo delicado.
 

   - DAZAI SEU DESGRAÇADO,PARA DE DAR EM CIMA DELA!!!! - Kunikida pega Dazai pelo sobretudo e o joga para o outro lado da sala.
 

Yumi solta um longo suspiro e se senta na cadeira que estava em frente a Kana.
 

   - Kana,preciso fazer algumas perguntas para você. - Yumi foi direta já que perderam tempo o suficiente.
 

   - Pó manda. - Cruzou os braços esperando Yumi.
 

   - Por que estava brigando com aquele rapaz?
 

   - Não ta obvio,ele é da máfia,eu vou arrebentar aquele arrombado junto com o resto da turminha dele.
 

   - Como sabe que ele é da máfia?
 

   - A cara dele ta em todo que é lugar,acho que é difícil não saber. - Yumi se sentiu um pouco ruim por ser uma das poucas pessoas que não sabiam quem ele era.
 

   - Por que quer derrota-lo?
 

   - Para livrar a cidade do caos que ele e a máfia estão fazendo nessa cidade.
 

   - Acha que é tão fácil acabar com eles assim? - Kunikida se junta a elas novamente após soltar Dazai no chão.
 

   - Pra mim é fácil. - Kana o olhou com cara de deboche.
 

   - Para quem estava apanhando para ele e ainda apagou com uma coronhada,até parece. - Kunikida se virou.
 

   - O que você disse?! - Levantou da cadeira,mudando o tom de voz.
 

   - Sente-se por favor,ainda não acabamos. - Yumi segura o braço de Kana,que solta um longo suspiro e se senta.
 

   - Fiquei sabendo que você estava arranjando briga com outros paranormais,por que?
 

   - Não tinha nada para fazer,eu tinha que mostrar que eu sou mais forte que qualquer um. - Kana sempre tenta superar os outros.
 

   - Que tal a senhorita se juntar a nós!! - Diz Dazai se levantando do chão.
 

   - QUE!?!??!
 

~~
 

Depois de muita conversa,perguntaram para Kana se ela queria se juntar a eles,aceitou pois sempre quis participar de uma organização,quando começou a escurecer,todos foram embora,Yumi já estava em casa,tinha acabado de sair do banho e estava sentada no sofá,pensando um pouco sobre  que aconteceu,como Kana foi aparecer lá?Por que ela nunca mais tinha a visitado depois de ter se formado,Yumi estava tão distraida que nem reparou que tinha alguém batendo em sua porta.
 

Levantou do sofá no susto,dirigiu-se rapidamente a porta,a destrancando,dando de cara com ninguém mais ninguém menos...
 

   - Chuuya? - Levou um susto com a presença do ruivo
 

   - Olá Yumi - Deu um leve sorriso.
 

   - O que faz aqui? - Chuuya segurava duas taças de vidro na mãos e na outra tinha uma garrafa de vinho.
 

   - Vim beber um pouco com você. - Ele levantou um pouco as mãos para que Yumi visse melhor os objetos. - Não vai me convidar para entrar?
 

   - A-ah quer entrar? - Ela abre espaço na porta para que Chuuya passasse.
 

 


Notas Finais


Bem,a Kana é um tipo de bad girl,já vou avisando que ela vai falar muitas palavras idecentes nos próximos capitulos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...