História A bela e a irresistível fera - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias A Bela e a Fera, Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Ino Yamanaka, Kakashi Hatake, Kizashi Haruno, Mebuki Haruno, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari, Tsunade Senju
Tags A Bela, A Fera, Disney, Drama, Narusaku, Naruto, Naruto Uzumaki, Revelaçoes, Romance, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Sasunaru, Sasusaku
Visualizações 151
Palavras 2.864
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Magia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


"Pense naquilo que você sempre quis. Agora, visualize isso na sua mente e sinta no seu coração."

Capítulo 14 - Capítulo XIV


Fanfic / Fanfiction A bela e a irresistível fera - Capítulo 14 - Capítulo XIV

//

Ela está me deixando louco. Porque meu coração está acelerado?

Você é linda, minha deusa. Mas você está trancada

Eu vou bater, você vai me deixar entrar? Vou te mostrar uma emoção secreta

Tem curiosidade em seus olhos. Você já se apaixonou por mim

Não tenha medo, o amor é a solução. Grite!

Todos tem medo de mim então sou um homem intocável

Mas no final você não pode me rejeitar

Você rouba olhares de mim e se assusta

Sou seu oposto, parte da sua existência (como fazemos?)

Me aceite como eu sou. Desista dos seus medos. Aproveite a dor que você pode suportar

Se apaixone mais profundamente

Vou brincar com você como eu quiser. Você está na palma da minha mão. Não fuja, você sempre estará por perto.

Estou rastejando em seu coração, querida. Vou te virar, te quebrar e te engolir.Vou te roubar e desfrutar de você. Eu vou te bagunçar toda.
Estou gravado em seu coração então, mesmo se eu morrer, quero viver para sempre.
Você pode me chamar de monstro.

 

//

 

Sakura não pôde deixar de se sentir mais calma. Afinal,os jovens á sua frente não pareciam uma ameaça. Então ela largou o taco de suas mãos e encarou os dois que estavam á sua frente que ainda a olhavam confusos.

 

“Quem são vocês?”

 

“Somos prisioneiros. Sou o duque Sai e essa é a Hinata. Uma respeitável moça da nobre família Hyuuga.” –disse o jovem.

 

“Espera! Sai e Hinata? Ai meu Deus! Você é o Sai noivo da Ino e você é a Hinata esposa do Naruto!” –Sakura disse alarmada.

 

“Como você sabe quem somos?” –Hinata perguntou alarmada também.

 

“Sou Sakura Haruno. Eu estava lá no castelo com eles. Fiquei lá durante alguns meses mas o meu pai estava com problemas e eu tive que ir ajudá-lo.”

 

“Então você é a moça que a Konan falou.” –Hinata pronunciou pensativa como se estivesse falando consigo mesma.

 

“Como você veio parar aqui?” –Sai perguntou de imediato.

 

“O castelo está sendo atacado e a última pétala da rosa está prestes a cair. Meu pai me trancou no meu quarto para que eu não fosse atrás do Sasuke então a Konan apareceu. Ela disse que não permitiria que eu quebrasse a maldição e me trouxe para cá.”

 

“O castelo está sendo atacado? Ah não! Precisamos fazer alguma coisa e rápido!”-Hinata se desesperou.

 

“Calma Hinata! Não podemos entrar em pânico senão não conseguiremos pensar com clareza.” –Sai fala.

 

“A Hinata tem razão em ficar com tanto medo. Não estamos mais no mesmo século em que vocês viviam...as coisas mudaram muito. O que significa que provavelmente a briga que terá lá não será apenas uma briga de espadas mas sim uma briga com armas. As pessoas daquele castelo não estão acostumadas com batalhas assim então eles correm perigo!” –Sakura se pronunciou.

 

“Sim mas antes de qualquer coisa precisamos arrumar um jeito de escapar daqui. Até lá precisamos confiar neles e acreditar que todos irão ficar bem, ta bom? Sakura a feiticeira disse que você pode quebrar a maldição então é essencial que você esteja lá antes que a última pétala caia. A feiticeira sabia disso e por isso te trancou aqui.” –Sai disse.

 

“O que vamos fazer? Estamos sozinhos aqui mas do lado de fora estão os subordinados da Konan.” –Hinata lembrou.

 

Todos pararam de falar quando a porta da frente abriu. Para a felicidade de todos não era Konan mas sim um senhor de longos cabelo brancos. O ancião era sorridente e até musculoso para a sua idade. Ele deu um sorriso cujo mostrava todos os seus dentes para os três jovens a sua frente e mostrou o polegar em sinal de positivo.

 

“Olá jovens! Eu me chamo Jiraya e vim tirá-los daqui!” –os três jovens se encararam e depois confusos voltaram a olhar para o senhor a sua frente.

 

“Quem é você?” –Sai se arrisca em dizer.

 

“Ora eu já não disse que me chamo Jiraya? Bem,não temos tempo para apresentações! Apenas saibam que sou um feiticeiro como a Konan e que vim ajudá-los. Rápido preciso levá-los de volta ao castelo antes que a Konan perceba a minha presença.”

 

Todos concordaram e foram de encontro ao homem, assim que ficaram perto, Sakura pôde perceber que ele fez o mesmo sinal com as mãos que Konan fez quando trouxe Sakura á aquele lugar. Depois de fazer o sinal,logo todos estavam na floresta encantada.

 

“Ual como conseguiu fazer isso?” –Hinata perguntou maravilhada.

 

“Eu sou feiticeiro lembra?”

 

“Por que você não nos colocou logo dentro do castelo?!” –Sai pergunta irritado.

 

“Konan fez um feitiço anti magia no castelo para que feitiços de transporte não pudessem ser realizados. Eu não estou 100% ainda para conseguir quebrar uma barreira de poder. Para a nossa sorte o lar da Konan já é aqui na floresta porém ele é camuflado com magia então uma pessoa comum não pode enxergá-lo.”

 

“Então temos que correr até o castelo e rápido!” –Sakura falou.

 

“Calma,minha adorável jovem. Não desgaste os seus pés ainda. Chegaremos ao castelo mais rápido com isso.” –Jiraya estalou os dedos e logo apareceram quatro cavalos negros de olhos vermelhos, tomados pela magia. “Rápido! Subam!”-todos subiram aos cavalos e começaram a cavalgar apressados porém Sakura não pôde deixar de fazer perguntas ao homem misterioso.

 

“Jiraya de onde você conhece a Konan?”

 

“Como eu disse antes, sou feiticeiro como ela.”

 

“Então você aprendeu magia junto com ela?”

 

“Não,minha cara. Eu ensinei magia á ela.”

 

“O que?!” –todos exclamaram.

 

“Inclusive assim que todas aquelas fatalidade com ela aconteceram e eu a resgatei do rio, ela me pediu ajuda porque ela queria ficar mais forte para obter sua vingança contra Sasuke Uchiha. Eu nunca concordei com essa ideia de vingança que ela tinha mas concordei em ajudá-la a se tornar mais forte.”

 

“Então você é como que o mestre dela?”

 

“Digamos que sim.”

 

“E por que você não concorda com a vingança dela?” –Sai perguntou curioso.

 

“A vingança nunca é a melhor opção rapaz. Veja o caso da Konan, ela ficou tão cega com sua vingança que nunca pôde seguir em frente com sua vida e ser feliz novamente. A dor dela foi ter sua família tirada de si então por que ela não seguiu em frente e construiu uma nova família? Ao invés disso ela preferiu ficar remoendo a sua dor e todo o seu foco foi para a dor alheia. Ela não quis ferir apenas o causados de sua tristeza mas todos á sua volta.”

 

Enquanto cavalgava no cavalo, Hinata não pôde deixar de pensar em Naruto e de lembrar do dia em que se conheceram quando ele a propôs ensiná-la a cavalgar.

 

~~~FLASHBACK ON~~~

 

“Passar a tarde com o Naruto?” –a morena ficou vermelha igual um pimentão.

 

“Não se preocupe,Hinata. Eu tomarei conta de você!” –o loiro disse animado assentindo para ela.

 

Depois da rainha voltar para o castelo Naruto pediu para que Hinata aguardasse no jardim e em seguida ele apareceu com dois cavalos. Parou um deles em frente a Hinata.

 

“O que você acha de cavalgarmos um pouco na floresta? Eu fico com o cavalo preto e você com o marrom.”

 

“Na floresta? Meu pai me disse para nunca entrar na floresta.”

 

“Não se preocupe. Não há nada de ruim na floresta. Inclusive a família real sempre vai lá para caçar.”

 

“Desculpe. Não posso desobedecer as ordens do meu pai. Não posso aborrecê-lo.”

 

“Ah o seu pai não vai saber. Ele não está aqui e ninguém vai contar para ele. Vamos,quebre as regras pelo menos uma vez. Por mim,o belo loiro que está na sua frente agora.”-a morena riu daquilo. Era verdade,o pai dela jamais saberia que ela fez aquilo. Então ela decidiu aceitar.

 

“Mas eu não sei cavalgar. O meu pai nunca me deixou chegar perto de um cavalo. Ele diz que mulheres devem se comportar e não se envolver em coisas de homens.”

 

“Nossa o seu pai deve ser muito chato.”

 

“Ele é rigoroso.É só o jeito dele.”-a moça disse sorrindo.

 

“Ta bom eu te ensino. Primeiro você sobe em cima do cavalo,senta e coloca os seus pés aqui. Você segura esse cordinha e conduz o cavalo por ela. Quando você quiser que o cavalo pare aperte os pés. É fácil! Venha,vou te ajudar a subir. Qualquer coisa eu estarei bem atrás de você.”

 

Hinata corou ao extremo quando Naruto tocou em sua cintura e a ajudou a subir no cavalo. Em seguida,ele subiu no  outro cavalo. Naruto deu partida ao lado da moça. Ela ficou receosa mas mesmo assim mandou o cavalo prosseguir. Ela jamais havia feito aquilo e quando sentiu o vento batendo sobre o seu rosto sentiu um ar de liberdade. Sim,ela se sentiu livre. Livre de todas as regras impostas pelo seu pai. E Hinata sorriu, Naruto ao perceber aquilo sorriu também pois jamais havia visto um sorriso tão belo. Pensou que sua mãe e a rainha realmente haviam feito uma ótima escolha. Até o momento jamais havia se sentido tão sortudo por ter duas mães incríveis. Quase ao anoitecer na hora em que Hinata iria embora Naruto foi se despedir.

 

“Gostei muito de ter te conhecido, Hinata.”

 

“Eu também gostei de ter te conhecido.”-a jovem disse tímida.

 

“Você é uma garota encantadora,espero te ver novamente aqui no castelo. Você gostaria de me ver novamente?”

 

“Te ver novamente?” –a jovem perguntou extremamente vermelha.

 

“Hahaha não precisa me responder. Pela cor do seu rosto eu já sei a resposta. Então até logo.” –Naruto disse e beijou gentilmente a mão da moça. Hinata sentiu vontade de sair correndo dali de tanta vergonha afinal um belo homem havia acabado de beijar sua mão,além de todo o tempo que passaram juntos naquela tarde, então ela entrou na carruagem e foi embora. Pela janela observou o loiro sorrindo e acenando até perdê-lo de vista. Ela sorriu apaixonadamente e memorizou o nome Naruto em sua memória.

 

~~~FLASHBACK OFF~~~

 

Hinata tentou se desfazer de sua mente cheia de memórias e voltou sua concentração á realidade, afinal, naquele momento seu marido corria perigo e ela faria qualquer coisa para salvar o amor de sua vida.

 

“E como você soube onde estávamos?” –Sakura perguntou á Jiraya.

 

“Bem,isso é uma coisa muito engraçada porque eu estava do outro lado do mundo em uma sauna cheia de mulheres adoráveis assim como vocês duas quando um informante meu me relatou o que estava acontecendo. Infelizmente tive que largar todas aqueles mulheres e vir ajudar porque sinceramente acho que a minha pupila já está indo longe demais.”

 

“Hey pare de olhar para os peitos da Hinata, seu velho tarado!” –Sakura gritou com Jiraya.

 

“Chegamos!” –Sai grita e todos focam no castelo á sua frente.

 

(...)

 

//

 

“Sasuke você está brincando comigo? Não podemos deixar que eles entrem! O que aconteceu com você?”

 

“Naruto, faça o que eu estou mandando.”

 

“Não. Não farei! Sei que deve estar passando alguma coisa deprimente ai nessa sua cabeça para você estar pensando em fazer uma idiotice dessas mas pensa bem, Sasuke. Isso tudo não depende só de você. Existem muitas pessoas envolvidas.”

 

“Cala a boca e faça o que eu estou ordenando. Eu disse para deixá-los vir. Eu irei matar todos. Irei matar todos aqueles que ousam tentar invadir o meu castelo. MEU. Matarei todos aqueles que ousarem tentar ter qualquer coisa que seja minha.”-Naruto sorriu ao ouvir aquelas palavras do príncipe.

 

“É assim que se fala, príncipe.”

 

(...)

 

//

 

Ao arrombar o portão do palácio, Madara e os “lobos” já estavam armados e prontos para qualquer resistência. Porém quando entraram ficaram surpresos ao ver mulheres e homens com espadas em mãos os aguardando. Começou a guerra. Espadas versus armas. Enquanto lutava com Shikamaru que facilmente se desviava das balas, Madara não perdeu a chance e atirou contra Temari que caiu ferida no chão, atingida no braço. Sem pensar duas vezes, Shikamaru saiu correndo até Temari e segurou-a em seus braços.

 

“Querida,você está bem?”

 

“Não se preocupe comigo. Mantenha-se atento e lute ou algo pode acontecer a você também. Eu não fui atenta o bastante.”

 

“Não diga algo assim. Eu vou te levar para um local seguro.”

 

Shikamaru colocou Temari jogada em seus ombros e a carregou até a cozinha do castelo. Tsunade ficou com ela. Tsunade com a espada na mão tentava ao máximo impedir que alguém chegasse perto. Enquanto isso,do outro lado do castelo Madara procurava por Sasuke mas não o via junto dos outros então ele subiu as escadas e foi atrás do príncipe.

 

(...)

 

Assim que entraram no castelo puderam ver as batalhas que estavam ocorrendo e logo um homem veio atacá-los quando Sai o jogou no chão por trás. Jiraya fez com que aparecessem espadas e entregou uma para cada um mas quando foi entregar para Hinata, Sakura não deixou.

 

“Hinata é melhor você ficar com a arma. Acho que vai ser melhor para você e precisamos de alguém com uma arma para termos vantagem.” –Sakura disse entregando a arma que estava com o homem que a segundos atrás Sai tinha derrubado no chão. Hinata concordou e pegou a arma.

 

“Você sabe usar uma espada?” –Sai perguntou para Sakura.

 

“Não mas pelos livros que li sei que devo penetrar sua lâmina no inimigo.”-Sakura respondeu.

 

“Bem,já é um começo.”-Sai disse sorrindo.

 

“Sai! Não acredito! Sai!” –Ino gritou e veio correndo desesperada para os braços de seu amado.

 

“Ah minha Ino! Como senti saudades de você meu amor!”

 

“Seu idiota! Eu achei que jamais fosse te ver novamente. Como pode fazer isso comigo?! Ainda mais antes que pudéssemos nos casar.” –a loira chorou nos braços de seu amado.

 

“Você sabe que eu não tive escolha, meu amor.”

 

“Isso é um sonho? Você está mesmo aqui?”

 

“Te mostrarei que isso aqui e agora é real.” –Sai disse e encostou seus lábios nos dela tomando-a para um beijo.

 

(...)

 

Naruto havia acabado de golpear o líder da gangue dos lobos quando ouviu o grito de Ino, imediatamente ele foi olhar para onde Ino estava correndo e não pôde acreditar no que viu: Hinata e Sai. Seria alguma alucinação que Konan estaria provocando? Naruto ficou parado por um tempo até ver Sai e Ino se beijarem. Não, não poderia ser uma alucinação pois todos os outros também viam a cena. Foi quando os olhos de Hinata cheios de lágrimas se encontraram com os de Naruto e mesmo distante ele soube o que ela estava pronunciando pelo movimento de seus lábios. “Naruto”, era o que ela dizia com os olhos cheios de lágrimas e um sorriso no rosto. O loiro não pôde controlar os seus impulsos e no mesmo instante saiu correndo até sua esposa e quando chegou perto o bastante a abraçou o mais forte que podia para ter a certeza de que a linda morena em sua frente era real.

 

“Viva. Você está viva!” –Naruto disse chorando tentando se convencer enquanto abraçava Hinata.

 

“Eu estava tão preocupada com você. Eu não sabia se você estava bem!”-Hinata respondeu também chorando.

 

“Você sabe quanto tempo eu esperei por você? Para poder te ter em meus braços novamente? Todo esse tempo eu tentei me manter o mais positivo que eu poderia ser, tentei sempre acreditar no melhor e que um dia te veria de novo mas aqui e agora eu nem consigo acreditar que finalmente esse dia chegou.”

 

“Ah meu amor.” –Hinata colocou suas mãos no rosto de Naruto e o beijou com toda a saudade que possuía em seu ser.

 

“O que está acontecendo?” –Kakashi se aproximou junto dos outros perguntando.

 

“Esse homem se chama Jiraya e foi ele quem ensinou magia para a Konan e foi ele quem nos libertou e nos trouxe até aqui. A Konan tinha me prendido junto com o Sai e a Hinata.”

 

“Você é do nosso tempo? Como você pode estar vivo até hoje?” –Gaara perguntou curioso.

 

“Você poderia ficar surpreso em saber quantos milênios um feiticeiro poderoso pode viver.” –Jiraya o respondeu com um sorriso no rosto.

 

(...)

 

Madara seguiu para a ala mais escura e abandonada do castelo, lá ele encontrou um cômodo com uma rosa em seu centro. A rosa em geral possuía apenas uma pétala e aquilo intrigou Madara. Entretanto ele logo se virou quando percebeu que não estava sozinho no quarto. Embora estivesse muito escuro, Madara resolveu atirar no que parecia ser a silhueta do príncipe mas Sasuke se moveu tão rápido que o tiro não passou nem perto.

 

 

“Você deve ser o responsável por toda essa bagunça no meu castelo.” –Sasuke disse nas sombras.

 

“Eu estava tentando te encontrar mas você estava escondido aqui.” –Madara continuou atirando mas Sasuke continuava desviando facilmente. Cansado, Madara parou de atirar e então viu um estonteante rapaz sair das sombras com uma belíssima espada em mãos.

 

“Eu não estava me escondendo. Eu estava esperando você. Aqueles lá embaixo não são dignos de lutar comigo. Mas você se deu ao trabalho de organizar essa invasão e você teve a coragem e a audácia de querer me desafiar então não posso te deixar impune.”

 

“Vejo que você é bem confiante, príncipe.”

 

“Mais do que isso. Sabe por que todos me chamam de fera? Porque eu sou um monstro e eu vou te mostrar por que todos me chamam assim.”-O Uchiha diz empunhando sua espada.

 

(...)


Notas Finais


Aaah amorecos que saudades mas eu fiquei sem escrever porque eu estava dodói mas graças a tudo o que é divino eu estou bem novamente e estou de volta. Prontíssima para terminar essa guerra! Me digam ai, vocês querem que eu pare após a guerra ou gostariam que eu continue escrevendo a história? Vocês sabem que a opinião de vocês é tudo pra mim <3 gente espero que vocês tenham gostado do capítulo de hoje. Até a próxima :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...