1. Spirit Fanfics >
  2. A Bela e o Ogro >
  3. Crise de Ciúmes

História A Bela e o Ogro - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gente...
desculpem pela demora, mais está ai mais um cap novo para voces lerem nessa quarentena. :S
Espero que gostem.

*A gangue Black Storms é uma criação minha.

Capítulo 9 - Crise de Ciúmes


Fanfic / Fanfiction A Bela e o Ogro - Capítulo 9 - Crise de Ciúmes


No dia seguinte, Natasha acordou empolgada pois havia conseguido um emprego novo, deixando Howard preocupado pela filha não revelar onde ela conseguiu o trabalho. Ao chegar na escola, ela pede perdão aos seus amigos e Maria bastante magoada lhe dá um tapa, antes de abraçar sua melhor amiga bem apertado fazendo que os amigos rissem.
-Sua vagabunda, você nunca mais me troque por aquelas putas maconheiras. -Falou Maria , estapeando Natasha que reclamava das batidas da amiga. -Mais eu te amo sua safada, nunca mais me troque. -Falou Maria a amiga.
-Mais só você ruivinha, como todos nós. -Falou Bobbi a amiga , a abraçando logo em seguida junto com os outros amigos.
-Mais agora o meu papo é contigo amiga. -Falou Maria dando um olhar safado a amiga. -Amor, pega as minhas coisas que tenho que atualizar o papo com a vaca aqui. -Falou Maria a Theodore, que pegou as coisas.
-Amor, eu não posso saber do que se trata? -Perguntou Theodore a Maria curioso.
-A gente vai falar sobre tamanhos de paus amor. -Falou Maria dando uma piscadela ao namorado , que levou um susto. -Voce não iria gostar. Até já, meus cachinhos lindos. -Falou Maria rapidamente ao namorado lhe dando um selinho rápido, e puxando Natasha pra longe dali.
-O teu motoqueiro delicia me ligou, atrás de você vagabunda. -Falou Maria de forma curiosa - Tá pegando ele?
-Hey Maria, olha o palavreado. E não , não estou pegando ele ainda mais que ele é velho pra mim. -Falou Natasha de forma cabisbaixa.
-Um cara de 30 anos , gostoso daquele jeito e você me diz que ele é velho? Puta que pariu Natasha, vai se ferrar e se eu não tivesse o Theodore eu investiria pesado no motoqueiro. -Falou Maria a Natasha, que ficou de forma pensativa pelas palavras da amiga.
-Mais a Hela...-Falava Natasha a amiga, que tapou a sua boca.
-Hela não é porra nenhuma na sua vida, além de mim e a Barbara que somos suas verdadeiras amigas. Se você tá afim dele, investe e se reclamarem manda eles putos se foderem. -Falou Maria a Natasha, a fazendo gargalhar.


-A TARDE-


Ao final da aula, Natasha se despede dos amigos e vai para casa se trocar. Ao se ver no espelho com a roupa super colada como uma segunda pele , ela começa a ficar agoniada e a repuxar o cropped e sem opção, ela pega a jaqueta e vai para seu novo trabalho, o Hidra's Club Bar. Ao entrar lá, ela começa a tossir pela concentração de fumaça de cigarro.
-Olá chefe, e desculpe a demora. -Falou Natasha indo para trás do balcão, pegando o seu avental e deixando sua bolsa e jaqueta no armário sem notar que os clientes e o próprio Johan, babavam no corpo da garota. Ao retornar Johan disfarça, e lhe entrega uma bandeja e bloco de pedidos iniciando o atendimento do local, empolgada Natasha atende recebendo muitos elogios pela sua eficiência.


-A NOITE- 


O aumento do bar triplicou com a chegada dos Black Storms, uma gangue de motoqueiros que segundos muitos de Nova York é considerada uma das mais violentas, e Natasha se virou nos 30 e engoliu as provocações que faziam a ela, deixando cada vez mais irritada.
Próximo dali, Bruce Banner passava com a sua moto customizada verde neon e ao parar no sinal de forma distraída, ele olha para dentro do bar do Johan Smith inimigo de tempos de escola do Steve, mais estranhou a ver a filha de seu grande amigo Howard no local. Ao chegar no estúdio do amigo, Bruce cumprimenta os amigos que lhe oferecem uma garrafa de cerveja.
-Então foi resgatar a tua princesinha antes de ontem? - Perguntou Bucky abraçado a Samuel que acarinhava a mão do mesmo, a Steve.
-Ela não é minha princesa Punk, já falei, e sim fui tirar ela da merda que ela ia se meter. -Falou Steve tomando um gole da cerveja.
-Que princesa ? E o que ela ia se meter? - Perguntou Bruce de forma confusa a Steve.
-Natasha Romanoff Stark, Hulkzinho. -Falou Sam a Bruce que encarou de forma confusa a Steve.
-Você está com a garota Steve? Ela é filha do nosso amigo, Rogers e ele vai de te capar cara. -Falou Bruce a Steve.
-Caralho porra, eu não tô com ela e ela é criança pra mim. Eu sei dessa merda toda, então Bucky pare com essa sisma pra cima de mim porra. -Falou Steve irritado aos amigos, fazendo Sam e Bucky gargalharem.
-Humrum, e ainda diz que eu sou o lerdo. -Falou Bucky a Steve que amarrou a cara.
-Mais vocês sabem se a Natasha tá trabalhando na padaria Stark?  -Perguntou Bruce confuso aos amigos, que lhe olharam em dúvida. 
-Ué, é pra estar porque? -Perguntou Steve confuso a Bruce, que coçava o cabelo.
-Porque acabei de ver ela no bar do Smith, atendendo no bar dele. -Falou Bruce tomando um gole de sua cerveja, enquanto Bucky olhava preocupado ao amigo que estava chocado.
-Repete Banner , o que disse? -Perguntou Steve dando tiute, não querendo acreditar que Natasha tinha feito isso.
-Vi Natasha no bar do Smith. -Falou Bruce receoso vendo Steve fechar a cara puto de raiva e estourar com seu aperto, a garrafa de cerveja de sua mão, assustando Bruce.
-Jerk controla a raiva. -Falava Bucky ao amigo, levantando as mãos.
-Ela não fez isso...-Falava Steve antes de dar um murro na mesa de metal próximo a ele, ficando uma marca no local. -PORRA CARALHO.
-CALMA PARÇA. -Falava Bucky tentando controlar a raiva que o amigo sentia no momento.
-NÃO TEM COMO TER CALMA PORRA, PORQUE NÃO É VOCÊ QUE TEM MULHER ENFIADA DENTRO DA PORRA DO COVIL INIMIGO. -Berrava Steve puto ao amigo sem pensar nas palavras, e de sair lá furioso sobre o olhar chocado de Bruce.
-Meu bombom de chocolate branco, vá atrás daquela bomba de testosterona que pelo jeito que conhecemos ele no modo puto, vai fazer merda. -Sam ao falar isso pro namorado , o mesmo sai correndo de lá indo atrás de Steve que esbarrava nós perdestes que reclamavam da ignorância do rapaz. Dois quarteirões depois, ao chegar no local o ciúme e a raiva triplicam ao ver dois babacas da gangue perigosa de NY relando a mão em Natasha e sem pensar direito, ele atravessa a rua e parte pra cima dos dois, surpreendendo eles quando Steve derruba os dois nos murros atraindo o resto da gangue, que pegaram o Steve e davam murros nele como vingança.
-PAREM...PAREM. -Natasha de forma institiva, pega a bandeja e bate com força na cabeça de um dos caras que batia em Steve e dava chutes nos países baixos dos grandões tatuados.
-DÁ PRA PARAREM COM ISSO DE DESTRUIREM O MEU BAR? - Falou Johan puto de raiva pra gangue. 
-Esse puto, socou dois nossos. Mereceu apanhar. -Falou um grandão tatuado, apontando a Steve que o olhava furioso.
-O que eu falei pra você seu bosta sobre a sua ganguezinha se meter no meu bar? Você já tem o seu, não venha destruir o meu. -Falou Johan furioso a Steve.
-Mais você tem uma pessoa que não te pertence e a garota é minha. -Falou Steve furioso a Johan.
-A Stark? -Perguntou Johan de forma sarcástica.-Ela passou a ser minha, quando pisou os pés aqui e aceitou trabalhar comigo. -Falou Johan com um olhar vitorioso a Steve.
-Eu não sou da porra de ninguém. Eu não sou sua seu babaca , idiota e ogro e nem sua Smith. -Falou Natasha com raiva, apontando para os dois. -Eu sou a porcaria de uma mulher independente e eu vou fazer a porra que eu quiser.
-Vamos embora Natasha. -Falou Steve puto a garota, quando dois da gangue soltaram ele.
-Cara, não se pode...-Tentava falar Bucky, até ser interrompido pelo amigo.
-Cala a porra da boca Barnes. -Falou Steve ao amigo e virou para Natasha que estava lhe encarando de forma raivosa com os braços cruzados. -Você vem comigo. -Falou Steve pegando Natasha , e a jogando nos ombros .
-NE SOLTA OGRO...ME SOLTA PORRA. ME SOLTA CACETE. -Falava Natasha aos berros atraindo a atenção de Stella que estava na entrada de seu bar, que avisou a um de seus seguranças chamar Howard e Anthony, se aproximando deles e viu quando ele colocou Natasha no chão e no meio da rua, começaram a discutir sobre a situação.
-VOCÊ NÃO VOLTA MAIS PRA LÁ PORRA. -Falava Steve puto , apontando o dedo na cara da Natasha.
-VOCÊ NÃO E NINGUÉM PRA ME IMPEDIR INFERNO, EU FAÇO A PORRA QUE EU QUISER E NÃO PRECISO DE VOCÊ O QUE POSSO OU NÃO FAZER. -Falava Natasha aos berros esmurrando o
 tórax de Steve.
-PARA DE DIZER MERDA GAROTA. -Berrava Steve com raiva a Natasha. -DEIXA DE SER CRIANCA E RACIOCINA DIREITO. QUANTAS VEZES EU E TEU PAI FALAMOS DESSE ESCROTO? QUANTAS NATASHA? E VOCÊ FAZ A PIOR MERDA. -Falou de modo acusador a ela.
-TO POUCO ME FUDENDO PARA O QUE PAPAI, ANTHONY E VOCÊ ACHA, EU TENHO A PORRA DO DIREITO DE FAZER AS MINHAS ESCOLHAS E NÃO VAI SER VOCÊ "VELHOTE" QUE VAI ME IMPEDIR BABACA. -Falava Natasha puta de raiva e ao se virar para sair de lá, Steve pega e aperta o pulso da Natasha com força e puxa em direção a ele.
-Velhote? Quero ver se me chama de velhote, depois dessa. -Falou Steve puxando rosto de Natasha em direção e ele, e a surpreende lhe dando um beijo onde tudo ao redor deles se apagou e as mãos de Natasha que estavam fechadas, se abrem e vão em direção ao pescoço de Steve.
 


Notas Finais


E então, o que acharam?
Eita que Steve ficou putaço e maluco de ciumes .... uahsauhuhasuahsuhsaauhs
Eita que rolou Romanogers 'O' #chocada.
Espero que tenham curtido, e até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...