História A beleza eterna do amor - Capítulo 28


Escrita por: ~

Visualizações 104
Palavras 1.495
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 28 - Enfim, em casa.


Fanfic / Fanfiction A beleza eterna do amor - Capítulo 28 - Enfim, em casa.

Fernando 

 

Enfim era chegado o dia de inaugurarmos nossa casa, eu estava arrumando a minha mala de viagem enquanto pensava que os dias de folga estavam acabando, porém, uma coisa podia-se afirmar com convicção: Nossa jornada seria constantemente uma lua de mel, porque a vida com a Lety estava sendo maravilhosa. Antes tudo parecia não fazer sentido, como se faltasse um complemento e desacreditado, já estava desistindo de encontrar a mulher certa que pudesse preencher esse vazio. Eu só conseguia enxergar as futilidades da vida e também as coisas superficiais, que por alguns dias, horas ou momentos me enchiam os olhos, porém não me satisfaziam, pois eu nunca encontrava o que buscava: "O amor verdadeiro". Por isso tudo caia na rotina e não conseguia encontrar estímulo em nada. Cada dia era uma diferente e encantadora experiência, que me fazia enxergar o desconhecido e querer sempre aprender, porque nela achava incentivo, alegria, determinação. Quando dirigia meu olhar a ela, me dava conta que a cada dia ela ficava mais radiante e isso se exteriorizava, porque isso a tornava mais linda, assim como sua natureza. Só eu sei que devo tudo isso à minha esposa, logo eu, um casa nova, que achava-se "o garanhão", agora transformado num bobo apaixonado. Se o Omar me visse falando isso a tempos atrás, me chamaria de cafona, antiquado e que me tornei um homem sensível demais e  conhecendo o meu amigo, imagino até ele dizendo que eu me associei ao clube do Luiggi e em seguida eu o chamaria  de animal, é claro, como sempre (hahahaha)  Como o Omar me faz falta☺... Apesar das suas idiotices, o amo como a um irmão, porque a única pessoa a quem deveria dar esse título, chama-se  Ariel Vilarroel, que  ainda insiste em ser meu rival, sei lá por qual motivo, parece que nunca vai se contentar em ser simplesmente acionista da Conceitos! Enquanto não assumir a presidência, nunca perderá aquela altivez... 

Lety- Meu amor! Já estou terminando de arrumar a minha mala e você? Já arrumou a sua? 

(*)- Já terminei meu amor, Só falta acertar os últimos detalhes lá na Recepção. Se me permite, vou até lá adiantar esse processo enquanto você termina de arrumar as suas coisas... 

Lety- Claro que sim meu amor, pode ir tranquilo, se quiser pode pedir para alguém vir buscar as malas e te encontro lá pode ser? 

(*)- Combinado, mas me dá um beijinho antes? 

Lety- Nem precisa pedir... 

Nos beijamos apaixonadamente e logo saí sorridente e assoviando. 

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ 

Um encontro inesperado 

Fernando 

 

Ao sair,  dei alguns passos e estava distraído, quando senti alguém me tocar e antes de olhar para trás escutei uma voz que me pareceu familiar me chamando: Fernando! Senti meu coração gelar, porque só sentia isso quando essa pessoa se aproximava de mim, ainda que fosse com boas intenções. 

Ao olhar para trás me deparei com o Jorge Flores e fiquei naturalmente surpreso. 

Jorge - Olá amigo.  

(*)- Jorge, como você sabia que eu estava aqui? 

Jorge- Eu sou guiado pela energia do ser humano e como tinha algo a lhe dizer, a sua energia me guiou até aqui. 

(*)- Que coisa mais estranha, não gosto quando você começa com esses papos de energia, de destino, porque sempre acontece algo ruim depois. 

Jorge- Fernando, não quero que me veja como portador de más notícias e sim como um amigo que te aconselha à luz dos acontecimentos. As pessoas sempre enfrentam momentos de crise, mas pelo que sei você superou todos.  

(*)- Está bem, diga logo que estou ficando inquieto, desembucha homem! 

Jorge- Eu vejo uma mulher que está relacionada ao seu passado e que tentará de inúmeras maneiras prejudicá-lo, assim como a Letícia e ainda usará algumas pessoas que você ama, na tentativa de jogá-las contra vocês para obter vantagem disso.  

(*)- Mulher? Quem é essa mulher? Não consigo entender... 

Jorge- Eu não consegui ver o rosto dela, pois está disfarçada, como se quisesse esconder sua verdadeira identidade. Mas eu digo uma coisa: Você precisará ter  pulso forte com ela e não ter medo de tomar providências, quando for necessário. Tem mais um detalhe: 

Eu o interrompi e perguntei: Detalhe? Mais? Ai chega, por favor. 

Jorge- Me escute, é  muito importante. Ela tem uma aliada nessa investida contra você, por isso não será fácil entrar em guerra com essa mulher, por isso digo tome cuidado. Nunca desconfie de Letícia e não lhe esconda nada, por pior que seja, o relacionamento de vocês irá resistir qualquer obstáculo, por isso observe cada enigma que aparecer,  fazendo isso, tudo será decifrado. 

(*) Enigmas? E agora isso? Jorge... 

Jorge desaparece entre as árvores, me deixando como sempre com a pulga atrás da orelha e cheio de dúvidas. 

Quando cheguei à portaria, Lety já me esperava e me olhou sem entender e logo perguntou: Meu amor, onde você estava? Por onde andava hein seu fugitivo? Hihihihihi! 

(*)- Ai meu amor, você não sabe quem eu encontrei agora, estava eu andando distraidamente, quando senti alguém me tocar e me chamar e quando vi, era nada mais nada menos que o Jorge Flores. 

Lety- O Jorge aqui? Ai meu Deus, ele tem um sexto sentido inacreditável, tanto que me encontrou no litoral e me ajudou a superar uma crise terrível. Ele é um anjo meu amor, sempre nos alertou. O que ele queria? Perguntou curiosa. 

(*) Meu amor, acho melhor fecharmos a conta do Hotel, tomarmos o nosso Café da manhã tranquilos e depois, no caminho, te conto tudo, está bem? 

Lety- Tá bom minha vida, me conte absolutamente tudo mesmo, quero saber os mínimos detalhes. 

(*) Eu também quero saber o que ele te disse no litoral e de que forma ele a ajudou. 

Lety- Claro, como quiser.  

Fechamos a conta, tomamos café da manhã e nos despedimos dos funcionários. 

Jesus- Esperamos vê-los em breve novamente. Voltem sempre. 

(*)- Obrigado cara! 

Lety somente sorriu e acenou com um gesto de despedida e logo partimos. 

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ 

Lety 

 

Fiquei perplexa ao ouvir tudo o que Jorge Flores disse ao Fernando e logo veio à tona todo o medo e insegurança que sentia quando as modelos lindas e esculturais que Fernando saia o cercavam. Como se todo o passado dele viesse para me torturar. 

Fernando- Meu amor, eu sei o que está pensando viu? Nem quero que me fale do que se trata. Somente quero que não se preocupe, porque nada do meu passado me interessa. A única coisa que quero lembrar é que você veio numa hora em que eu precisava sair dessa vida de Don Juan e por sua causa, me transformei no que sou hoje. Tudo ficou para trás. Eu quero somente você. 

(*)- Mas elas são belas Fernando e além do mais persistentes.  

Fernando- Deixe de bobagens Letícia! Você é linda, meiga, doce, simples, muito mais bela que elas, que não tem personalidade, naturalidade, espontaneidade e nem humor como você. Não tem quase nada na cabeça, só pensam em coisas irrelevantes, enquanto você dá um banho nelas de inteligência. Eu já disse que nenhuma delas provocou em mim sensações como as que você me provoca. 

(*)- Eu te amo demais, tenho medo do que pode acontecer. 

Fernando- Lety, não sofra por antecipação, somos um do outro e nada pode mudar isso. 

Fernando me depositou um beijo doce e apaixonado e me pediu para que eu contasse o que Jorge me disse lá no litoral. 

(*)- Olha meu amor,  eu estava pensando numa forma de me vingar de você por toda aqueles acontecimentos infames e por envolver minha família naqueles assuntos que eu não queria voltar a enfrentar, pelo simples fato de ter que voltar a vê-lo. A meu ver eu me machucaria mais se voltasse a defender os seus interesses e os da empresa. Jorge me aconselhou nesse momento, dizendo que a vingança me faria sair perdendo e tinha razão. Sempre que tentava me vingar, eu sofria muito e o prejudicava, mostrando somente o meu lado sombrio. 

Fernando- Confesso que não gostava daquela Letícia fria e distante, mas eu compreendia, afinal, errei muito. Que bom que me arrependi. 

(*)- Sim minha vida. O Jorge me ajudou a achar um ponto de equilíbrio, me ensinando a lidar com aquela revolta,  eu não conseguia perdoá-lo. Ele me pediu pra expor todos os motivos de todo aquele ódio e fazendo isso, me libertei de todos os sentimentos negativos e ali eu pude perdoá-lo. Quando retornei, eu já me sentia pronta para enfrentar os problemas. 

Fernando- Eu notei isso quando você chegou na reunião, eu quase morri de emoção meu amor. Que bom que Jorge está sempre em nosso caminho. Meu amor, enquanto tivermos amigos como ele e Eduardo jamais estaremos sozinhos, acredite. 

(*)- Verdade meu amor,  eu te amo. 

Fernando- Eu também te amo e acabei de ter uma idéia maravilhosa e quente para te provar o meu amor.  

Disse isso enquanto suspendia as sombrancelhas. Neste momento, Fernando me jogou em cima da cama e assim nos amamos mais uma vez.


Notas Finais


Tenham um ótimo fim de semana!♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...