1. Spirit Fanfics >
  2. A boa rainha >
  3. Londres

História A boa rainha - Capítulo 30


Escrita por:


Capítulo 30 - Londres


Fanfic / Fanfiction A boa rainha - Capítulo 30 - Londres

Londres é simplesmente um dos meus lugares favoritos do mundo, Aurélio e eu visitamos tudo de Harry Potter que pode haver nessa cidade e eu gastei muito dinheiro, nós filmamos todo o passeio e quando escureceu voltamos para o hotel

-Julieta aqui tem muita coisa- falou

-Eu sei mas eu adoro Harry Potter, Camilo também ama e metade é pra ele, olha eu achei tanta coisa rara pra ele colecionar amor, olha isso- falei mostrando a espada em tamanho real e ela realmente cortava

-Nunca vou brigar com você- ri e fechei a caixa

-Eu amei hoje amor, foi tão... Perfeito- ele me abraçou

-Que bom que gostou meu amor, quando formos pro próximo lugar vamos mandar essas coisas pra casa, não podemos carregar todas as compras por vinte semanas- assenti

-Estou cansada- falei

-Vamos tomar um banho e a senhorita vai dormir um pouquinho- assenti

Tomamos um banho entre carícias delicadas, sem malícia e então fomos para o quarto, ficamos vendo um filme quando eu acabei adormecendo

Acordei sentindo o vento frio de Londres entrar pelas janelas, a cama estava fria, indicando que ele tinha saído a um tempo, me levantei e fechei a janela, estava chovendo um pouco, me sentei na cama e cocei os olhos

-Julieta?- ouvi

-Aqui amor- falei e ele apareceu com algumas sacolas de comida

-Trouxe seu café da manhã- falou

-Senti sua falta na cama- falei

-Eu sai cedo, fui na cafeteria aqui perto buscar o café- falou e trouxe até a cama

-Obrigada amor- lhe dei um selinho

-Dormiu bem?- perguntou

-Sim, bastante- falei e ele tocou minha barriga já indicando uma gravidez

-Ele cresce rápido em- sorri

-É ele deu um salto essa semana olha só- levantei a camisola

-Daqui a uma semana já vai estar redondinha- rimos, ele deu um beijo em minha barriga e eu abaixei a camisola- eu e você vamos sair daqui a pouco

-Onde vamos?- perguntei

-Fazer a sua consulta e depois passear por outros pontos turísticos da cidade- sorri

-Podemos ir a ponte de Londres?- pedi

-Podemos sim meu amor, tudo que você quiser- me deu um beijo na bochecha- você é uma gracinha sabia?- sorri e senti uma coisa

-Ai- falei e coloquei a mão na barriga

-Tudo bem?- ele perguntou

-Sim eu, eu acho que ele mexeu- falei

Ele colocou a mão na minha barriga e o bebê mexeu de novo

-Ele mexeu Aurélio- falei sorrindo com os olhos marejados, ele se ajoelhou e beijou minha barriga

-Oi meu amor, eu te amo tanto- beijou minha barriga

-Nossa Catarina- falei sorrindo e ele levantou me beijando

-Vem, minhas meninas precisam comer- sorri e nos sentamos a mesa

Comemos e depois fomos nos arrumar, coloquei um vestido de mangas longas azul sem decote, um sobretudo bem quente preto, meia calça preta e botas até os joelhos, peguei um cachecol azul e deixei meus cabelos soltos, fiz uma maquiagem básica e pronto.

-Vamos?- assenti e lhe dei a mão

Pegamos um táxi e fomos até a Tower Bridge, era linda e gigantesca

-Ei olha pra cá- vi ele com a câmera e sorri

-Oi- acenei para a câmera

-Vira de lado e mostra a barriguinha- sorri e virei passando a mão e marcando a barriga

-Pra registro, hoje o bebê mexeu pela primeira vez, dia 15 de novembro- falei e ele sorriu- nós estamos na Tower Bridge, como podem ver tem várias pessoas aqui fazendo o mesmo que a gente- ele filmou tudo e voltou pra mim- esse lugar é lindo e eu tenho que dizer, mágico, olha essa vista

Ele filmou devagar a vista e a ponte

-Agora a gente vai até a torre de Londres, não é muito longe, tá muito frio aqui tipo uns cinco graus- falei colocando as luvas- o tempo está chuvoso como sempre, vem vamos ver a torre...

Após a torre e a ponte já era quase hora do almoço então levei Aurélio até um restaurante a beira do rio

-Então estamos naquele restaurante que você adora filho, eu estou louca por aqueles frutos do mar, depois a gente continua agora vamos comer...

Hoje nós iríamos para Paris, Aurélio já tinha mandado nossas coisas para o Brasil e eu estava terminando de arrumar as malas

-Opa, calma aí filha- falei quando ela chutou

-Tudo bem?- perguntou entrando no quarto ajeitando a manga da camisa

-Sua filha nervosinha chutando a mãe- falei e tirei a franja do rosto- o que foi?- perguntei vendo ele sorrir

-Como pode, a cada dia você fica mais linda- tocou meu rosto e eu fechei os olhos sentindo o carinho, abri os olhos e o vi sentar- vem cá- me aproximei e ele ficou cara a cara com a minha barriga- ei meu amor, você vai machucar a mamãe desse jeito- outro chute

-Se você ficar falando ela fica mexendo- choraminguei e ele riu

-Ta bom eu já estou terminando- assenti- olha só minha princesa, eu sei que você quer sair daí e ver a sua mamãe mas ainda vai demorar um pouco então eu preciso que você seja boazinha tá? Te amo muito minha princesa- beijou minha barriga e levantou

-Vamos?- perguntei enlaçando seu pescoço

-Para Paris- sorri e o beijei

***

-Você tem que filmar tudo?- ele riu

-Claro, dia vinte e cinco de novembro- falou

-Ta- revirei os olhos- vinte e cinco de novembro, viagem número três rumo a Paris. Bom Paris, a cidade luz, a cidade do amor, Ema ia adorar esse lugar.

-Com certeza, moda, romance- rimos

-Ta, Ema se você estiver assistindo vou trazer você pra cá um dia, prometo- falei

-Ela nunca vai te deixar esquecer- rimos

-Eu sei, bom vamos estar filmando tudo de interessante que acontecer e...- olhei para o lado- aí amor olha que gracinha

-E tudo que distrair sua mãe- rimos e ele filmou a barraquinha com brinquedos e miniaturas

-Eu vou levar um pro nosso bebê- falei

-É claro que vai- falou irônico- se você continuar comprando não vamos ter onde guardar

-Ai amor que exagero, mas enfim olha só- mostrei a placa- é tudo feito a mão, eu quero esse pro bebê- mostrei um elefante de pelúcia- e esse aqui pra minha coleção- uma miniatura da Tower Bridge, paguei e olhei pra câmera- olha que fofinho

-Esse bebê vai ser muito mimado- revirei os olhos

-Olha quem fala, quem já mima ela desde a barriga é você- ele riu e ouvimos o embarque- vamos é o nosso vôo- fomos para a fila do embarque- bom por hoje é só, vamos chegar lá a noite, nós amamos vocês

Ele desligou a câmera e guardou, entramos no avião e ele sentou na janela, sentei a seu lado e prendemos os cintos então o avião decolou...


Notas Finais


Foi curtinho mas eu consegui, não sei quando volto mas espero que logo, amo vocês 😘.
Comentem 😘...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...