História A Borboleta e o Oni - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba
Personagens Giyuu Tomioka, Kanao Tsuyuri, Shinobu Kochou
Tags Douma Doumaxshinobu
Visualizações 48
Palavras 1.137
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom...essa é a minha " primeira" história, esta bem informal e provavelmente tem erros que irei corrigir em breve, mas antes de mais nada boa leitura rsrs ^^

Capítulo 1 - Uma borboleta na floresta


Fanfic / Fanfiction A Borboleta e o Oni - Capítulo 1 - Uma borboleta na floresta

- Cuide bem de si mesma e da Kanao - dizia pela milésima vez Kanae a mesma estava terminando de arrumar as malas para sua viagem.

- Irá ficar tudo bem Kanae, eu já sou uma adulta e não uma adolescente, sabe neh?- diz sarcástica fazendo sua irmã mais velha rir.

Assim que termina Shinobu ajuda Kanae a levar suas malas, já na porta elas encontram Kanao com as roupas sujas .

- Ka-kanae...- diz uma voz chorona - Boa viagem...- diz se segurando para não chorar , Kanae apenas abraça a pequena.

Ao ver que seu vizinho chegando, fez com que elas apressassem a despedida ,ele iria dar carona à garota até um certo local , Kanae partiu ao por do Sol, de certa forma Shinobu estava preocupada , pois temia que acontecesse algo com ela durante sua viagem solitária.

- vamos Kanao! Você precisa de um banho!- dizia pegando na mão da pequena que chorava .

- T-ta...- seguiu Shinobu para dentro de casa

                                          •°•°•🐾°•°•°

Assim que a carroça para , Kanae desce em um pulo e começa a tirar suas malas da mesma, sabia que já havia chegado a hora de começar sua jornada sozinha .

- tem certeza que vai mesmo por esse caminho,Kanae?- dizia o dono da carroça preocupado com a garota - sabe...se quiser eu vou co-

- Não precisa!- o interrompeu - eu sei que sua tia está doente e você tá levando o remédio para ela, sem falar que eu sou forte, vou ficar bem!- diz num sorriso gentil e determinado mas não convenceu o vizinho.

Sem dizer nenhuma palavra ela pegou suas malas e seguiu na estrada que levava ao sul sumindo da vista de seu vizinho, o mesmo suspirou ao vê-la sumir e seguiu ao norte torcendo para que ela conseguisse ficar segura.

Já ao Sul Kanae caminhava em uma estrada , fazia um tempo que havia escurecido, a Lua era cheia , estava tão grande e iluminava quase tudo , a cada passo que dava se sentia mais cansada e com frio, se não fosse o manto de borboleta estaria morrendo de frio, quando pensou que não poderia ser pior escuta sua barriga ronca e se dá conta que a sua última refeição foi o almoço de Shinobu, se arrependeu por não ter trazido nada comestível para sua viagem, achava que seria rápido até chegar onde queria mas estava muito, muito mesmo , enganada quando volta de seus devaneios percebe que o final da estrada era uma floresta com neblina densa, não parecia ser segura, então resolveu voltar, mas ao dar meia volta acho outros caminhos e não sabia por qual deles ela veio, sem ânimo para procurar o caminho de volta ela decidiu continuar em frente " não parece ser tão ruim ou assustador assim! É só uma floresta ,né!?"- pensa positiva arrumando coragem para continuar em frente.

                                      °•°•🐾°•°•°

Ela estava exausta , já estava um tempo andando e percebe que realmente não foi uma boa ideia ter entrado na floresta , ela se senta no chão e percebe que havia um pouco de neve no chão , ela se assusta ao escutar um barulho de galho se quebrando mas não sabia onde veio o barulho, o medo a pegou e ela se levantou olhando ao redor procurando algum vestígio do que poderia ser

- T-tem alguém aí? - sua voz demonstrava pavor suas pernas tremiam sua respiração acelerada pelo pânico, ao escutar um rosnado atrás de si e virar lentamente a cabeça para confirmar sua suspeita .Eram lobos cinzentos haviam três, dois médios e um grande provavelmente o alfa.

Ao ir de encontro com os olhares selvagens dos caninos uma adrenalina à acertou em cheio fazendo com que ela esqucesse as malas e corresse para salvar sua pele daqueles lobos selvagens que começaram uma caçada, e sua presa era ela .

Lá no topo de uma Árvore uma criatura mais perigosa que qualquer animal selvagem que habitavam aquela floresta , a criatura que todos animais evitavam ficar no caminho , esse que era considerado o dono daquela floresta assustadora, observava a agilidade da garota que fugia desesperadamente dos lobos , ela corria tão rápido que dava a sensação que está flutuando e seu manto borboleta só realçava cada movimento veloz que a mesma fazia.

-hmm interessante, acho que ela daria um bom brinquedo!- diz sorrindo e começa a acompanhar pelos topos das árvores a corrida da garota pela sua vida.

Enquanto corria sentiu-se observada , ao se distrair com tal sensação não percebeu o pequeno pedaço de tronco que havia em sua frente e acabou tropeçando e arranhando de leve sua perna e logo caindo em um monte fofo de neve, amortecendo a queda , assim que se virou os lobos já havia cercado ela , pareciam decidir quem atacaria primeiro, quando o maior lobo dos três deu o primeiro passo ela fechou os olhos esperando o pior , mas só sentiu algo cair em sua frente e depois os lobos chorarem e teve a sensação que eles estavam fugindo por medo.

Criando coragem, abriu lentamente os olhos dando de cara com um cara loiro de olhos arco íris , ele tinha uma mancha de sangue na cabeça , mesmo com o sorriso simpático , ela estava assustada, afinal se ele fosse um humano comum os lobos não teriam fugido com os rabos entre as pernas e isso a deixava tensa.

- oiie qual seu nome?- dizia sorrindo , sua voz soava gentil mas não podia abaixar a guarda, pois até mesmo a coisa mais agradável ou atraente pode ser uma armadilha mortal.

Continou em silêncio vendo o cara misterioso esperando uma resposta mas ao perceber que não haveria apenas suspirou

- ah , não vai falar ne- diz coçando a nuca- então vem comigo mesmo assim - diz a colocando em seus ombros, ela ficou sem reação com a ação repentina - se debater é inútil só aproveite a viagem!- dizia e começava a andar com ela em seus ombros

- pra onde estamos indo?- pergunta com os olhos marejados depois de criar coragem para questionar, com medo da resposta

- para minha mansão, e sua nova casa!- diz num tom frio

-MAS eu já tenho uma casa e pessoas que me esperam , eu não posso ir! Tenho que voltar!- diz se segurando para não chorar ao imaginar Kanao e Shinobu achar que ela as abandonou

- Pro-ble-ma SEU! - dizia risonho com o drama da garota , não parecia a mesma que corria pela sua vida momentos atrás

- então você deixaria eu mandar uma carta avisando que não os abandonei? - pergunta engolindo o choro

-hmm Nã- quando ia recusar pensou melhor , talvez alguém tentasse resgata-la então a situação poderia ficar mais divertida- Sim , faça isso! Será melhor assim!- diz rindo da ideia do possível resgate ...


Notas Finais


Espero que tenham gostado♥️
Até o próximo cap <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...