História A Borboleta e o Oni - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba
Personagens Giyuu Tomioka, Kanao Tsuyuri, Shinobu Kochou
Tags Douma Doumaxshinobu
Visualizações 53
Palavras 1.198
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Em breve estarei corrigindo os erros ortográficos <3

Boa leitura mortais^^

Capítulo 2 - A carta


Fanfic / Fanfiction A Borboleta e o Oni - Capítulo 2 - A carta

-Terminou a carta?- pergunta entrando no quarto de sua "prisioneira"

A mesma apenas ignorou continuando escrevendo com os olhos marejados, sentou-se em cima da mesa ao lado da carta , rapidamente tomando dela e lendo em voz alta

-" Queridas Shinobu e Kanao , temo que não voltarei mais , não sei o que vai acontecer comigo, não sei fui parar nessa enrascada, peço perdão por ter pegado o caminho errado e ter parado nessa situação." - termina de ler e ri - Nossa que drama , quer saber? Eu vou escrever o resto!- dizia saindo do quarto a mesma tentou pegar a Carta de volta mas não conseguiu, quando ele saiu ela perdeu as forças e sentou ali no chão se encolhendo , torcendo para que fosse apenas um pesadelo, que ela acordasse com Kanao chamando ela para tomar café da manhã.

Ao deixar a pequena para trás, foi até seu quarto onde continou a Carta..

"[...] Situação....

Olá Shinobu e Kanao, sou Doma eu quem a coloquei nessa situação! Estou amando passar um tempo com ela , apesar dela apenas chorar e chorar, chegar ser tão dramático que dá enjôo! Mas tanto faz ! Pois finalmente arrumei um novo brinquedo depois de anos !

                                     -Com beijinhos Douma e Lágrimas ela sz"

- PERFEITO!- exclamava rindo pegou a Carta e a embrulhou aproveitou que faltava ainda duas horas para amanhecer e correu até o começo da floresta onde Carteiros sempre passavam para ir de uma cidade à outra , deixou a carta no correio 'abandonado' ali perto e voltou à mansão ansioso para ver o que aquela cartinha poderia provocar .

•°•°•dois dias depois°•°•°

- estranho...- resmungava Shinobu olhando para o céu sentada na porta de sua casa , desde à partida de sua irmã tudo estava estranho se sentia incomodada , sentia algo ruim , mas não sabia explicar o que era , tinha a sensação que deveria ir Atrás de sua irmã , não estava se sentindo bem desde a partida dela.

Hoje faria dois dias, mas para Shinobu parecia um século que Kanae foi para sua viagem, queria que a irmã tivesse mandado uma carta falando como estava feliz, que estava aproveitando a viagem ou até mesmo perguntando como ela e Kanao estava .

-SHINOOBUUU!!!- gritava Kanao correndo em sua direção sorridente balançando uma carta no ar - É uma carta da Kanae - dizia num tom eufórico chegando perto de si e entregando o envelope, mas Shinobu não ficou feliz com a Carta algo estava estranho, olhou o endereço antes de abrir " Mansão da Floresta Ao sul " - estreitou os olhos por que Kanae mandaria uma carta de uma mansão?

- vamos para dentro Kanao!- diz num tom preocupado deixando Kanao confusa mas não questionou apenas entrou, as duas sentaram na mesa da cozinha uma de frente para a outra

- Kanae ensinou você à ler? -Pergunta segurando a Carta ainda fechada , Kanao apenas negou

- e-ela disse que me ensinaria assim que voltasse...- dizia num tímido sorriso

- ah , certo...- shinobu abre a carta e começa a ler .

No começo se sente preocupada sem entender o que sua irmã queria dizer ou o que havia acontecido, mas ao ler o segundo para parágrafo , com uma letra diferente de sua irmã sentiu raiva , a raiva começou a consumi-la cada palavra que lia .

-s-shinobu?- dizia Kanao com medo , sentia a raiva imensa de Shinobu - o-oque aconteceu? Tá tudo bem? Como tá a Kanae??- dizia num tom preocupado e medroso , Shinobu ao escutar o tom de Kanao suspirou tentando se acalmar ou no mínimo fingir calma para conversar com Kanao

- ela está bem! Não se preocupe! ela me pediu para ir até onde está porque esqueceu uma coisa! Que cabeça de vento!- diz rindo demonstrando falso tom de brincadeira,no qual Kanao acreditou e sorriu aliviada

- Posso ir também? - diz esperançosa querendo ir .

- ah, querida eu irei com cavalo do vizinho e você sabe o quão veloz e perigoso ele pode ser! - dizia como desculpa esfarrapada deixando Kanao emburrada.

°•°•°•🐾°•°•°

-Estou indo Kanao , entre e tranque portas janelas e se achar algo suspeito esconda-se no porão não deixe ninguém saber que está sozinha em casa!- dizia Shinobu em cima de um cavalo negro gigante o mesmo estava agitado louco para começar a correr

- s-sim senhora!- dizia Kanao preocupada com olhos marejados.

- amanhã já estarei de volta então não há razão para chorar ! Tchau, se cuida !- dizia e começa a correr com o cavalo

- se você vai voltar amanhã porque sinto como se isso fosse um "Adeus"?- falou baixo para si mesma acenando para Shinobu enquanto sumia no Horizonte...

°•°•°•🐾•°•°•°

Atravessava a Floresta com velocidade levantando a neve que havia no chão como uma neblina deixando os animais selvagens assustados e longe de si , a raiva que Shinobu sentia fazia com que o cavalo não perdesse seu ritmo veloz , o cavalo negro sentia a sua Raiva e começou a ter mesmo sendo algo involuntário , ao chegar de frente mansão Shinobu não parou o equino , afinal ele também não queria ser parado com muita força o equino arrombo a porta deixando uma névoa e um vento forte e frio entrar na mansão. Deixando Douma surpreso pois não esperava que a ajuda chegasse tão rápida e violenta .

O cavalo andou passos pesado bufando deixando um rastro de neve pelo caminho que passou quando a névoa que envolvia o equino abaixou revelou sua cavaleira também com manto borboleta, deixando Douma de boca aberta e logo aplaudiu de pé vendo a entrada dos dois.

- Que entrada majestosa!- dizia empolgado com que aconteceria à seguir

- Quem é Você?!- dizia num tom macabro desceu do cavalo se aproximando deixando o cavalo nervoso e se afasta um pouco , Douma riu ao ver a reação do cavalo que à pouco esbanjava selvageria .

- eu? Ninguém importante, suponho que veio resgatar sua amiga?

- Irmã mais velha- saiu como um rosnado suas palavras fazendo Douma ficar mais encanto com a personalidade da pequena .

- Claro! Ela está ali!- diz apontando para as escadas a mesma olhou para onde ele indicou e viu sua irmã descendo as escadas correndo com um olhar pálido e preocupada , sentiu se aliviada por ver sua irmã bem , Sua irmã foi ao seu encontro e a abraçou apertado Shinobu se acalmou e devolveu o abraço.

- você precisa fugir...- sussurrou em seu ouvido fazendo Shinobu se assustar e agora percebia que sua irmã tremia

- eu não- antes podesse protestar sente sua irmã sendo puxada de si , e se separando de si.

- o que? Por que não fala mais alto? - dizia Douma segurando um de seus braços fazendo ela fechar a cara com o aperto de Douma

- SOLTA A KANAE!- gritava furiosa Shinobu indo para cima de Douma o mesmo soltou Kanae e abraçou Shinobu, consequentemente imobilizando a mesma - me larga!! Maldito!

- achei que queria sua irmã de volta - ele sussurra em seu ouvido vendo ela parar de se debater .

- que merda você quer?!- diz num tom de ameaça fazendo ele rir .

- antes queria ela, mas agora quero você...


Notas Finais


Até a próxima <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...