1. Spirit Fanfics >
  2. A Bruxa >
  3. Uma morte misteriosa.

História A Bruxa - Capítulo 24


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, seja bem vindo (a) ao meu mundo, onde os pensamentos se tornam realidade. Espero que goste da minha história.

Capítulo 24 - Uma morte misteriosa.


Fanfic / Fanfiction A Bruxa - Capítulo 24 - Uma morte misteriosa.

-Gente, acorda, o Tom tá lá fora! - Natalie gritou acordando os outros.

- Deixa eu dormir mais um pouco. - Tyler falou se mexendo com preguiça.

- GENTE O TOM! - Ela gritou mais alto.

Os dorminhocos se levantaram rapidamente, estavam todos dormindo na sala juntos, não queriam se separar, não depois do que aconteceu com o Peter.

- TOM! - Elly gritou batendo na janela. O homem do lado de fora da mansão acenou para ela.

- NÃO, não, é pra ajudar a gente! - Ela gritou. 

- ABRE A PORTA! - Gregory gritou. 

Tom começou a sorrir, caminhou até a janela e encarou os meninos. 

- Tom, o Peter...Ele morreu! A gente não consegue sair. Ajuda a gente. -Eric falou colocando as mãos na janela. 

- Não me surpreende, ele era muito chato! - Ele respondeu surpreendendo à todos.

-Como é? Como pode falar isso? - Amberly perguntou perplexa.

- Eu disse isso pra ela desde o primeiro dia. Acho que ela me escutou. - Ele falou sorrindo.

- Quem é ela? - Tracy perguntou preocupada. 

- É aquela que vai cuidar direitinho de vocês. - Ele respondeu. 

- O que? Você não vai ajudar a gente? - Tyler perguntou. 

- Eu vou ajudar...Vou ajudar vocês a se tornarem o ingrediente especial no retorno da minha amada. - Ele sorriu. 

- Nossas famílias vão vir atrás de nós! - Elly falou irritada. 

- Eu tô aqui para cuidar desse probleminha. - Ele sorriu de forma sinistra. 

- As pessoas da cidade sabem onde estamos! - Matt falou irritado. 

- Elas não se metem em problemas que acontecem aqui. - Ele virou de costas e saiu. Os garotos ficaram batendo na janela mas nada aconteceu, e o homem nem se importou.

- Que ótimo, Tom é um manezão! - Gregory se afastou da janela, os outros fizeram o mesmo.

- E agora? A gente vai ficar preso aqui? - Amberly perguntou tristonha. 

- Eu não tô preocupado com isso. Ele falou que ela matou o Peter, mas quem é ela? - Eric encarou os amigos.

- Eu não sei, é só não nos separarmos que tudo vai ficar bem. - Elly falou séria. 

- O que temos pra comer? - Tracy perguntou colocando a mão na barriga. 

- Muito salgadinho e cachaça. - Matt respondeu. 

- Esquece a cachaça, temos que ficar atentos. - Eric falou.

- Vamos morrer mesmo, melhor que seja bêbados! - Tyler falou, ele praticamente havia desistido de tentar se salvar.

[Tom]

A cabana estava escura como sempre, Tom procurava sua pá, ele precisava dela para escavar o quintal à procura da sua mistura, ela é super importante para o plano. Assim que encontrou, foi até o lugar onde enterrou, começou a escavar o mais rápido que pode, só parou quando bateu em um líquido esverdeado, o que não o deixou admirado já que o escondeu há um século atrás.

Deixou suas coisas jogadas e caminhou até a mansão que estava silenciosa, pela primeira desde que os jovens barulhentos chegaram. Atravessou o jardim, uma batida na janela chamou sua atenção, Natalie gritava, ela virou para trás e depois a janela se encheu, ele deu um aceno debochado. 

Os garotos começaram a gritar, ele poderia terminar seu trabalho e os ignorar, mas queria muito rir da cara deles.

- Tom, o Peter...Ele morreu! A gente não consegue sair. Ajuda a gente. -Eric falou colocando as mãos na janela. 

- Não me surpreende, ele era muito chato! - Ele respondeu surpreendendo à todos.

-Como é? Como pode falar isso? - Amberly perguntou perplexa.

- Eu disse isso pra ela desde o primeiro dia. Acho que ela me escutou. - Ele falou sorrindo.

- Quem é ela? - Tracy perguntou preocupada. 

- É aquela que vai cuidar direitinho de vocês. - Ele respondeu. 

- O que? Você não vai ajudar a gente? - Tyler perguntou. 

- Eu vou ajudar...Vou ajudar vocês a se tornarem o ingrediente especial no retorno da minha amada. - Ele sorriu. 

- Nossas famílias vão vir atrás de nós! - Elly falou irritada. 

- Eu tô aqui para cuidar desse probleminha. - Ele sorriu de forma sinistra. 

- As pessoas da cidade sabem onde estamos! - Matt falou irritado. 

- Elas não se metem em problemas que acontecem aqui. - Ele virou de costas e saiu. Os garotos ficaram batendo na janela mas nada aconteceu, e Tom homem nem se importou. 

- Criança burras! - Sussurou para si mesmo, caminhou até os fundos da mansão, abriu o frasco e começou a despejar o líquido ao redor da casa, quando terminou parou de frente para ela. Aos seus olhos estava do mesmo jeito, afinal o feitiço não o afetava, só as outras pessoas. 

O feitiço foi feito pela própria Elizabeth antes de ter sido assassinada pelas pessoas cruéis da cidade, ela sabia que iria acontecer, então eles criaram um jeito para traze-la de volta.

[...]

O grupo acordou com um grito estridente, a tarde foi bem cansativa.

- O que tá acontecendo? - Tyler perguntou se sentando sonolento. 

- NÃO MATT, NÃO! - Amberly chorava como louca.

Gregory se levantou rapidamente e correu até a gêmea, ela não era de ficar gritando por nada. 

- MEU DEUS! - Greg parou abruptamente, sua cara estava contorcida em uma careta de medo. 

- O que foi? - Elly encarou o namorado, ele não respondeu então ela se levantou. 

- Não, não amor, fica aí. -Ele a segurou, por mais que ela seja sua namorada, ele sabe dos sentimentos dela.

- O que foi Greg? - Tracy perguntou com os olhos marejados. 

- O Matt... Ele está morto! - Ele falou, as meninas começaram a chorar, Eric nem se mexeu, permaneceu no chão, e Tyler, se sentou no sofá em choque. 

- Vamos morrer! - Ele ficou sussurrando repetidamente. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...