1. Spirit Fanfics >
  2. A caçada obsessiva >
  3. Morgan.

História A caçada obsessiva - Capítulo 30


Escrita por:


Notas do Autor


Sábado e domingo terá bastante eps guys se acostumem :3

Capítulo 30 - Morgan.


Fanfic / Fanfiction A caçada obsessiva - Capítulo 30 - Morgan.


Fomos indo até la de cavalo,eu não sentia mais aquele medo ou ansiedade como anos atrás,era como se eu ja tivesse acostumada,como se tudo isso fosse normal....será que era assim que Mary se sentia? Quando chegamos estava em uma desordem completa,tudo estava destruido e pegando fogo dava para ver alguns cadáveres mortos pelas chamas.

-atenção todos! Trazem os sobreviventes! Iremos levá-los para a base!

David:ela tem razão movam-se!

Ele grita fazendo todos irem rapidamente eu e David também fomos em cada casa,a fumaça fez com que eu tampace meu rosto com minha mão,mas no meio do caminho avisto ela...era a Mary e ela parecia estar direcionada para algo,me aproximei dela e toco em sua mão delicadamente,ela se vira para mim com um olhar sério ela tinha machucados em seu rosto.

Mary:oque faz aqui?

Ela pergunta friamente olhando para mim.

-foi você que fez tudo isso?

Eu pergunto com o mesmo tom de seriedade olhando em seus olhos,ela quebra o contato visual olhando para uma direção.

Mary:ele também teve culpa disso.

Ela diz olhando para um homem que estava a nossa direção não muito distante,ele estava com um sorriso maligno observando nós duas sem falar nada.

-quem é ele?

Mary:....Morgan.....

Depois de falar isso o sorriso dele se expandiu até finalmente falar algo.

Morgan:então é essa criatura que papa disse que te enfeitiçou? Esperava mais de você Mary...

Mary:Morgan...Eu não tive a intenção de trair vocês,mas se vocês interpretarem dessa forma o problema não é meu.

Morgan:você nos traiu assim que resolveu se juntar aos Humanos.

Mary:quem disse que eu tinha me juntado a eles?,eu fugi porque papa não nos deixava explorar o mundo.

Morgan:admito que também odeio isso dá parte dele.

Mary:vai por mim,quando fugir também sentirá o poder de fazer tudo oque quiser,eu sei que entre todos você é oque mais odeia receber ordens.

Morgan:esqueceu de uma coisa,eu não sou você.

Ele diz se aproximando rapidamente enfiando seu braço direito dentro do estômago de Mary,o fazendo sair de suas costas encharcado de sangue,Mary se permaneceu parada e calma por mais de ter levado um dano grave.

Morgan:vejo que não mudou nada.

Mary:você também não.

Ela diz o socando e em seguida lhe dando um chute no estômago o fazendo cair,com suas costas raspando no chão,ele se levanta mostrando não ter sido afetado com isso,sua camiseta aberta foi rasgada então ele a simplesmente tirou,mostrando seu corpo tonificado,e estralou seu pescoço.

Mary:seu idiota,gosta de se achar né? 

Morgan:se for para aquecer que seja dos melhores ângulos.

Mary:desculpe bro,não to afim de te dar uma surra.

Morgan:também não queria ganhar tão facilmente.

Ele diz sorrindo fazendo Mary rir,eu não estava entendendo nada,que tipo de diálogo é esse? Eles não parecem levar tão a sério quanto eu pensei que seria.

Morgan:acho melhor resolvermos logo isso,se eu voltar de mãos vazias papa vai me encher o saco.

Mary:coitado tão dependente.

Ela diz em tom de provocação.

Morgan:pois sé mana.

ela se vira para mim e diz.

Mary:isso é entre mim e ele,não se preocupe comigo continue oque estava fazendo.

foi ai que lembrei o objetivo da missão,eu assenti e saí correndo de la quando fui ver todos estavam prontos para partir,eu vou até eles e David me olha preocupado.

David:onde esteve? 

-não se preocupe,temos que ir agora.

Digo montando no cavalo,ele manteve uma cara de desconfiado mas também montou em seu cavalo e voltamos a base em segurança, (espero que nada tenha acontecido com Mary).

Ao chegarmos la todos saíram dos cavalos e David veio até mim, tocando em meu ombro,me viro para ver ele me dando um sorriso tranquilizador.

David:fizemos um ótimo trabalho,ninguém morreu da nossa tropa e salvamos bastante pessoas.

Ele diz começando a andar junto a mim para os vestiários.

-isso é um grande alívio.

David:verdade,sabe....você me fez lembrar um pouco da antiga Mary.

-jura?

David:sim tipo a essência o jeito foram bem iguais,pelo visto ficar três anos com ela te contaminou.

Ele diz dando uma cotovelada de leve no meu braço,dei uma risadinha e respondi.

-é talvez....

Fomos nos trocar e enfim voltamos para casa,eu estava exausta e aposto que David também,aquela fumaça que o fogo fazia não nos deixou muito bem,eram 3:05 da tarde e tínhamos ido para la as 8:00 da manhã eu diria que o tempo passou voando.

David:acho que vou dormir agora,se aquela Mary aparecer,não ouse em abrir a guarda entendeu? 

Ele diz sério para mim eu sorri colocando minha mão na testa como um soldado.

-sim general!

Ele acabou sorrindo de minha ação balançando a cabeça e indo para o quarto.

David:bobinha...

Depois de ele entrar em seu quarto eu vou para o sofá e me jogo nele,lembrei de quando eu só dormia no sofá dela.

(....bons tempos....)

Eu penso olhando para o teto até me sentar ainda pensativa,talvez seria uma boa hora para assistir TV não? Mas logo sinto um par de mãos cobrirem meu rosto.

Quem é

Ouvi essa voz suave que fez um sorriso brotar de meu rosto,eu coloco minhas mãos sobre as que cobriam minha visão e disse.

-hum......Mary?

Depois de dizer isso as mãos saíam de meu rosto,eu me viro e vejo ela sorrindo para mim.

Mary:acertou....

Seu rosto estava bem próximo ao meu,olhei para seus lábios sorridentes e depois para seus olhos,eu me virei totalmente para sua direção e ela colocou as mãos encima do sofá,com seu corpo totalmente voltado a mim,ela não estava com nenhum ferimento porém sua roupa estava rasgada em algumas partes.

Mary:é bom te ver inteira pra variar.

-eu diria o mesmo,mas só uma pergunta....quem era aquele Morgan?

Mary:huh? Bom era um garoto que conheci a alguns anos atrás,ele é bem gente boa,só acho uma pena ter que brigar com ele...agora sou oficialmente uma traidora para eles,não posso mais voltar ou me mataram é meio triste para falar a verdade...

-posso imaginar.

Digo deitando minha cabeça em seu braço,ela se aproximou mais o corpo de mim com um sorriso de canto da boca.

Mary:me fale de você,eu não sei nada de você.

-eu? Hum.......bom meu nome é Kara Maeve eu gosto de animes,jogos e ler livros,adoraria aprender a cozinhar mas não tive tanto tempo para esse tipo de coisa,minha cor favorita é Verde e tenho 21 anos.

Mary:vocês contam quantos anos vocês tem?

-sim,tipo o seu normalmente seria 24.

Mary:24? Que interessante....você é bem intrigante eu diria.

-obrigado,e você doque você gosta?

Mary:bom....Eu gosto de visitar lugares novos,comer bastante e dormir....acho que minha cor favorita seria Preto.

-comer e dormir? Haha ja temos coisas em comum.

Mary:pois sé....os opostos se atraem...

Ela se aproximando de meu rosto inclinando a cabeça.

Mary:e os iguais se atraem mais ainda....

Eu olhei para seus lábios novamente sedenta de seus beijos,e por impulso a beijei,sentir seus lábios sobre os meus foram o suficiente para me deixar as alturas,mesmo ela mudando não consigo parar de me encantar,essa nova Mary é de outro mundo....

Finalmente nos separamos olhando uma para a outra,seus olhos tinham mudado de cor para amarelo,a deixando mais atraente doque antes.

Mary:então.....oque planeja fazer agora?

-talvez....tomar um banho?

Mary:você quer dizer....Eu e você?

Meu rosto se esquentou na hora ouvindo oque ela acabou de dizer.

-AH! então....é....Eu pensei em individual....mas de você quiser,tipo eu não to reclamando nem nada.

Mary:ta tudo bem,vai la tomar seu banho.

Ela diz me tranquilizando,todo aquele desconforto de antes se tornou totalmente aocontrario,agora eu senti vontade de estar ao seu lado todo tempo,eu me levantei e fui para o banheiro para tomar banho,quando terminei vi ela apenas me observando,meu rosto se tranformou na mais pura cor de tomate mas então eu perguntei.

-não quer tomar também?

Mary:eu posso?

-claro...Eu posso separar uma roupa para você.

Mary:tudo bem então.

Ela diz sorrindo e indo em direção ao banheiro,eu fui me trocar e lembrei que não tinha outra toalha além da minha e a de David,e então fui a entregar a toalha abrindo um pouco da porta desviando o olhar,e então ela se troca também,ela estava vestiu uma camisa grande listrada com as cores Rosa e Branco junto a um short branco,admito ter ficado fofo e sexy nela.

-ficou muito bem em você.

Mary:gostei também,é bem confortável.

-que bom *bocejo*

Estava com um pingo de energia e acho que ela tinha percebido.

Mary:esta bem cansada eu vejo.

-sim,a caçada de hoje não foi nada demais,mas me esgotou bastante.

Mary:entendo,vai dormir então.

-não queria.

Mary:por que? Não é você que também gosta de dormir?

-não é isso é que,eu queria passar mais tempo com você.

Ela parecia surpresa ao ouvir aquilo.

Mary:oh...então nesse caso....vamos dormir juntas?

-o-oque?

Mary:se o David deixar é claro.

-não,certo é uma boa idéia!

Mary:então,vamos?

-vamos.

Eu pego na mão dela e a dirigi para o meu quarto,nos deitamos na cama e eu finalmente fechei os olhos ouvindo um.

Boa sonhos Kara.

E retribuindo com um.





Bom sonhos Mary...






Notas Finais


Desculpe a demora,eu tava editando descobrindo segredos secretos de edição.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...