História À cada aurora - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Eldarya
Tags Eldarya
Visualizações 25
Palavras 941
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Luta, Magia

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 15 - Treino


Fanfic / Fanfiction À cada aurora - Capítulo 15 - Treino

Ayla estava correndo em direção a cerejeira com Valkion atrás dela, se deviava com tanta facilidades das pessoas que o faeliano sentiu inveja por um momento. A garota parou de correr quando avistou Jamon com, o que Ayla deduziu, ser os recrutas. 

Valkion ficou ao lado da garota, aliviado pela garota ter parado de correr, tentou não ofegar tanto, nunca foi bom em corridas.

-Tinha me esquecido dos recrutas.-Ayla murmurou para Valkion.- Onde treinamos agora?

Valkion pareceu pensar por um momento.

-Ayla! - Jamon chamou.

A garota andou até ele que estava cercado de recrutas, a maioria era composta por homens de grande porte e aparentemente fortes. Cruzou os braços quando parou de andar com toda a sua atenção no ogro.

-Ajudar Jamon a treinar recrutas? -perguntou, mas Ayla não pode deixar de perceber o tom autoritário na voz do ogro.

Escutaram murmúrios vindos dos recrutas, pareciam estar duvidando da capacidade de Ayla no treinamento. A garota deu um sorriso discreto antes de assentir para o ogro em resposta.

-Como costuma treina-los?-perguntou Ayla em uma língua que Jamon conhecia.

-Mulheres treinar arco enquanto homens treinar combate.- respondeu na mesma lígua que Ayla.

A garota levantou uma sobrancelha antes de se virar para os recrutas que ainda sussurravam entre si.

-Vão treinar juntos apartir de hoje. -Ayla ordenou a eles.- Formem dois times, usem bastões de madeira e flechas com a ponta flexível. -continuou com o tom autoritário. 

Os recrutas se entre olharem confusos mas fizeram o que Ayla ordenou, trocaram todas as armas mortais por bastões e flechas com a ponta de borracha.

Ayla pegou o arco e atirou duas flexas, uma no muro e a outra no casco de um carvalho.

-Escolham um objeto e o coloquem nas flechas. -ordenou a garota e se virou para Valkion enquanto os recrutas fizeram o que Ayla ordenou.- Escolha um time para você ser o líder.- definitivamente não foi um pedido.

Valkion caminhou até onde estava a flecha no muro, o time do faeliano era composto por quatro homens e três mulheres.

-O treino vai ser basicamente um jogo, o objetivo é pegar o objeto do time adversário e coloca-lo junto ao outro ou tirarem o líder da jogada. O adversário deve acertar de leve em um dos pontos fatais: coração, cabeça, pescoço e costa, se o adversário te acertar em um desses pontos fique sentado. Encarem esse jogo como um tipo de guerra, porque um dia podem precisar. -Ayla disse em tom autoritário. -Alguma pergunta?

Uma jovem levantou a mão timidamente, teria quase a mesma idade de Ayla, um ano mais nova talvez.

-Pediu para Valkion escolher um time, porque? -perguntou timidamente.

Ayla percebeu que a jovem estava em seu time.

-Qual seu nome?- perguntou Ayla.

-Anya. -respondeu,foi quase um sussurro.

-Bem Anya, ele os liderará hoje. -Ayla respondeu sorrindo discretamente.

-E quem vai nos liderar?- perguntou um garoto, parecia ter a mesma idade de Anya, mas mais forte. -Você?

Ayla assentiu.

-Se preferirem Jamon, não vou me importar.- a garota respondeu, dando de ombros e dando de costas para seu time com um sorriso malandro, sabia da resposta deles.Jamon era um bom treinador mas colocava muita pressão sobre eles.

-Não! -gritaram em coro.

O ogro fez uma expressão confusa, será que fez algo errado?

-Então serei sua líder.- disse Ayla se virando para seu time que era composto por quatro mulheres e três homens.

Alguns homens do time de Valkion conteram o riso, estavam duvidando da capacidade da garota, se rissem obviamente Valkion ou Jamon iria dar aquele famoso olhar que nomearam de "queimarei sua língua".

-Jamon, de a órdem quando contar cinco minutos. -ordenou Ayla se aproximando de seu time.-Forme um plano Valkion! E lembre-se não podemos usar armas nem dar palpites nos planos!- gritou para o faeliano, a distância era razoável entre onde os dois times estavam.

No time "Carvalho" como nomearam discutiram os pontos fracos dos adversários e onde provavelmente estariam, marcaram alguns dos membros que eram considerados os mais fortes, marcaram também onde cada um do time se posicionaria.

No time "Muro de pedra" como nomearam já era mais simples, as arqueiras ficariam de guarda no objeto enquanto os homens atacariam. Embora Valkion não aprovasse, não podia comentar no plano.

Jamon deu a órdem. Os times correram para o encontro do outro. "Carvalho" não poupou as flechas, enquanto "Muro de pedra" não poupou os bastões. Somente nos primeiros minutos  quatro pessoas ao todo tinham sido tiradas do jogo. "Carvalho" tinha a inteligência enquanto "Muro de pedra" possuía a força. Em minutos o total de participantes no jogo eram seis.

Dessa vez foi Ayla que "atacou" Valkion primeiro. O faeliano já não se desviava com dificuldade dos ataques da garota, mas estava longe de ser fácil, ao contrário de Valkion, Ayla se desviava com tanta facilidade que chegava a ser humilhante.

Valkion sentiu uma leve pontada nas costas, quando se virou percebeu que foi uma flecha, estava fora, todos os golpes que Ayla tentava dar, não passava de uma distração.

O time "Carvalho" ganhou. Os membros comemoraram, parecia ter sido sua primeira "vitória".

-Meus parabéns. -disse Valkion ao time.

-Você também não jogou mau.-disse Ayla dando tapinhas no ombro do faeliano, ou melhor, até onde o alcançava.

 Valkion sorriu discretamente. Jamon se aproximou da garota.

-Você os treinar bem.- elogiou Jamon.

-Bem, vocês tem alguma missão agora?- perguntou Ayla aos novatos.

A maioria levantou a mão.

-Podem ir então, até amanhã.- disse a garota.- Você tem Valkion?

-Tenho que inspecionar alguns relatórios.- explicou o faeliano.

-Entendo...-murmurou Ayla, não pode negar que se sentiu triste por não passar mais tempo com Valkion, mas mandou a tristeza para longe.- Então nos vemos no refeitório à noite?

-Claro.- respondeu Valkion com um sorriso amigável.- Te vejo depois então Ayla. -bagunçou os cabelos da garota antes de sair.

Ayla sorriu e acompanhou o caminho do faeliano com o olhar enquanto desparecia de seu campo de visão.













Notas Finais


Gente para deixar claro a Ayla tem exatos 1,70 de altura ok?
Espero q tenham gostado e
Bayyyyy


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...