História A caixa do passado - Capítulo 4


Escrita por: e arstairs

Postado
Categorias Loona
Tags Chuu, Chuuwon, Go Won, Loona, Loonamoon
Visualizações 57
Palavras 349
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Magia, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


E com o fim dessa história, nós nos despedimos dos escritores temporários dessas férias. Forma diversas histórias, uma melhor que a outra que nos fez rir, sorrir, chorar e encantar. Muito obrigada por fazerem essa ideia acontecer.
+
é o finalzinho e eu tô MUITO TRISTE. eu sempre sinto um misto de felicidade e alívio quando termino uma história e eu não sei bem o que eu tô sentindo — ou o eu senti ao escrever. mas sei que gostei do plot e de escrever.

obrigada pela história maravilhosa, iti.

Capítulo 4 - A promessa de Gowon à Jiwoo.


GOWON

Com o coração cheio, Gowon ouviu a risada de Jiwoo, algo que nunca teve o prazer de ouvir antes. Naquele momento, confirmou que havia feito a coisa certa ao trilhar o caminho de folhas, pois, sabia que Jiwoo deixaria aquela casa para caçá-las.

Em seu plano, não abriria a porta, apenas a observaria da janela de seu quarto e se certificaria que estava tudo bem, mas ao vê-la correndo atrás das folhas, o coração de Gowon aqueceu-se; como se uma lareira acendesse em seu peito.

Então desceu as escadas e abriu a porta, mas não fora uma ideia ruim.

Jiwoo era tão doce quanto imaginava, além de ser alguém que não merecia a vida que tinha. Sua mãe, com toda certeza, lhe desejava uma vida melhor. Gowon queria, naquele exato momento, poder doar um pouco de sua liberdade para Jiwoo e vê-la sorrir assim mais vezes durante a sua vida.

Enquanto as folhas jogadas voavam pela rua, as chamas consumiram a casa de Jiwoo. Um de seus irmãos havia deixado um charuto na mesa de seu pai — mais especificamente, o mais velho deles; Jongwoo, de dezenove anos. Mas eles estavam longe de lá a ponto de não sofrerem qualquer consequência por conta do ato. Felizmente não estavam em casa.

Quando a explosão chegou aos ouvidos de Jiwoo e Gowon, ambas tiveram a mesma reação: abaixaram-se enquanto observavam-se as chamas consumirem a casa de antiga de Jiwoo.

Enquanto imaginava que o peito de Jiwoo estivesse ardendo por todas as lembranças que poderia ter tido naquela casa, o coração de Gowon doía pelas lembranças que não poderia recuperar.

Mas havia libertado a princesa da torre.

Agora Jiwoo poderia ter a vida de liberdade que sempre desejara; uma boa vida e com um bom recomeço, longe de toda a maldade que acercava aquela casa e longe de todas as lembranças que não a deixavam ir embora.

Não havia mais uma janela para Jiwoo esconder-se e por isso era hora de Gowon dar-lhe as boas-vindas ao mundo real e à sua nova vida.

Você ainda será muito feliz, Jiwoo. Eu lhe prometo.


Notas Finais


jiwoo ainda será muito feliz. ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...