História A Canção do Amor - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Ai esta mais um capitulo Galeraa
Kkkkkkkk

Capítulo 12 - A Discussão


Ficamos cara a cara e Milena fala 

- Que pesadelo é esse ? todas essas coisas que a Amanda falou - ela fala em choque

- Dona Milena, se acalma, a gente vai ver o que podemos fazer - falo me sentando do lado dela

- Meu neto está vivo Carlos, eu sofri todos esses anos a perda dele e da Paola, e agora descubro que ele está vivo - ela fala emocionada

- Ele está vivo, por mais que tenha sido doloroso todos esses anos, agora você tem que pensar que ele está vivo - pego na mão dela

- Ele deve ser um rapaz lindo, eu preciso achar ele, preciso achar meu neto Carlos - ela fala nervosa

- Calma, eu vou te ajudar, a gente vai contratar um investigador se for preciso, mas a gente vai achar o seu neto - falo acalmando a mesma

- E eu vou ser abençoada com dois netos, porque você é meu neto, de coraçao, meu querido - ela fala me abraçando

- A gente vai achar esse neto perdido seu - falo encarando Milena

Pov Davi

Estou ate agora espantado com que Lavínia acaba de me falar

- Voce ta dizendo que o Leandro ta dando em cima do Carlos ? é isso ? - falo abismado

- Sim, não sei se você sabe mas o Carlos é gay, e eu e ele temos um acordo, um relacionamento de fachada para manter a pose diante da mídia, mas agora ele me falou que quer se assumir, porque o Leandro ta aconselhando ele, dando umas indiretas, os dois estão mais proximos e tals - ela fala e arregalo os olhos

- Mais proximos ? - falo com lagrimas nos olhos

- Eu acho mesmo que é os dois já tão tendo um caso, aquele garoto nunca me enganou, fez pose diante dos jornalistas que tem um sentimento por você, mas o objetivo dele mesmo é o Carlos, porque você acha que ele ta querendo que o Carlos se assuma ? tem algum plano certeza, por isso vim aqui te falar - ela fala toda bondosa

- O Leandro não é assim, eu conheço ele - falo fechando a cara

- Você é ingênuo né, ele te usou para chegar no Carlos, e agora ta la tentando seduzir o mesmo - ela fala com ironia

- E você ta preocupada com isso porque ? ta com o seu na reta né ? algum interesse voce deve ter enchendo minha cabeça assim - falo encarando Lavínia

- Meu interesse é te ajudar, só isso - ela faz cara de bondosa

- Você é uma dissimulada, isso que você é, veio tentar jogar eu contra o Leandro, mas nao caio nesse seu papo - falo com raiva

- Quer saber, você é um idiota, se quer continuar sendo feito de idiota, o problema é seu, mendigo panaca - ela fala se levantando - Passar bem - ela pega a bolsa e sai dali 

Fico atordoado com tudo aquilo que ela me falou, o Leandro não é assim, sei que ele sente algo de verdade por mim….Mas tambem sei que ele tinha uma paixonite pelo Carlos e que o sonho dele era conhecer o mesmo…..Milhões de coisas se passam pelos meus pensamentos, e volto para o estúdio abandonado 

Pov Carlos

Levo dona Milena para um investigador, chegamos la nos sentamos

- Bom dona Milena, pelo que você me falou, a senhora achou que seu neto estava morto durante todos esses anos e agora descobriu que ele está vivo, essa Amanda deu mais detalhes sobre isso ? - o investigador encara Milena

- Ela só falou que foi uma amiga enfermeira dela que ajudou a mesma a fazer a troca, e que as duas entregaram o meu neto para uma mulher humilde que morava em uma das casas velhas perto da praça central da cidade - ela fala nervosa

- Mais nenhuma informação ? - ele fala

- Não, so isso que ela me falou, aqui está a carta que recebi da Amanda - ela fala frustrada

- Da para ver se essas casas ainda existem, ou tentar encontrar essa amiga da Amanda - sugiro

- Exatamente isso que eu vou fazer, mas dona Milena, me conte mais detalhes de antes do parto - ele questiona

- Bom, a gravidez da Paola era de risco, a gente passou muito nervoso na hora do parto, depois recebemos a noticia…. - ela se emociona 

- Calma dona Milena - falo acalmando a mesma

- Uma coisa que lembro, é que tinhamos levado várias roupinhas para quando saissemos do hospital, e uma em especial sumiu, que eu comprei toda bonita para o dia da saída, um macacão azul com uma estampa do Peter pan, e simplesmente sumiu - Milena fala se recompondo

- Vou fazer o possível para achar o seu neto dona Milena - o investigador fala 

Depois dessa reunião, levo dona Milena para casa e sigo para meu apartamento, preciso pensar, e ficar um tempo refletindo….Chego la e dou de cara com Marcos

- Ta morando no meu apartamento agora ? - falo encarando Marcos 

- Acabei de chegar, ja ia te mandar mensagem - ele fala sorrindo

- Não to na vibe hoje, to cheio de problemas - falo sentando na cama

- Quem sabe eu não ajudo voce a relaxar - ele fala se aproximando de mim

- Você não trabalha não Marcos ? - dou risada

- Digamos que eu não tenho talento para nada - ele fala visivelmente frustrado

- Que isso, todo mundo tem talento para algo - falo e ele se senta do meu lado

- Eu ate tenho um certo talento para fazer uma coisa la, mas não vem ao caso, é só um hobby - ele fala sem graça

- Me fala, fiquei curioso - sorrio

- Não, é coisa minha, mas me fala, o que ta deixando o digital influencer mechido assim ? - ele me encara

- Ta afim mesmo de saber ? - falo encaro Carlos 

- Ué, eu sei que só sirvo para transar, mas tento ser mais que isso - ele fala sorrindo sem graça

- Ei, quem te fala essas coisa - levanto o rosto dele com o dedo - Ninguem é um objeto que só serve para transar, todo mundo tem talento, todo mundo tem uma capacidade, não se menospreze assim, tenho certeza que você é capaz de fazer algo, que você tem algo brilhante dentro de você - o olho no fundo dos olhos e vejo ele se emocionar

- Nossa, nunca ninguem falou assim comigo - ele fala com os olhos cheios de lagrimas

- Eu vim de uma familia humilde, tive que ralar para ser essa influência toda e ter a carreira que tenho hoje, não é fácil, mas a gente tem que ter fé em Deus e garra para conseguir nossos objetivos -  falo deslizando a mão no rosto de Marcos

- Mesmo estando nessa vibe, consegue me dar uns conselhos assim e levantar minha autoestima, deve ser por isso que faz esse sucesso todo - ele pega na minha mão - Tu tem um carisma e uma luz que eu nunca vi igual, não sei quais problemas você ta passando, mas saiba que você vai superar - ele sorri para mim e meu coração dispara

Nos aproximamos e roçamos nossos lábios….Damos um beijo caloroso, nossas linguas cruzam uma na boca do outro….Um beijo doce, tranquilo, mas ao mesmo tempo intenso e apaixonante, diferente de todos os beijos que já demos ate agora….Nos afastamos ofegantes

- Eu costumo vir aqui para pensar, refletir sozinho sabe ? mas hoje a sua companhia fez meu coraçao bater mais forte - sussurro roçando os labios com Marcos

- Você tambem me faz bem sábia ? levantou minha vibe - ele fala sorrindo 

- Agora vamos, porque tenho coisas a fazer - me afasto 

- Avante digital influencer - ele fala fazendo charme

Chego em casa e vou para a cozinha, vejo Leandro comendo um sanduíche 

- Devorando o sanduíche ne cantor da praça - zoo Leandro

- Tava ensaiando e deu fome - ele fala bobo

- Garoto, resolvi tanto problema hoje - falo respirando fundo

- Eu vi que a dona Milena ta meio estranha hoje, o que aconteceu ? - ele fala curioso

- Ela descobriu que o neto dela ta vivo, uma historia complicada - falo mechendo no cabelo

- Nossa, e isso mecheu com você tambem - ele fala me encarando

- Eu sou praticamente da família sabe, a gente tem um ligação, um sentimento como se eu fosse neto dela mesmo, e isso mecheu comigo, porque eu sei da dor que ela enfrentou todos esses anos achando que o neto tinha morrido, é muito doida essa historia - falo me recompondo

- Engraçado te ver assim, para baixo, atordoado, vendo o Cacá fashion no offiline - ele se aproxima

- É, nas redes sociais é tudo tão alegre, tudo tão bonito, mas na vida real, eu tambem sou humano, tambem tenho minhas falhas e os meus momentos de tristeza - falo com lagrimas nos olhos - Sabe que as vezes eu me culpo, me sinto fraco por não ser o tempo todo aquilo que eu exponho nas redes sociais, de não conseguir abrir a minha sexualidade na mídia - falo nervoso e Leandro pega na minha mão

- Ei, não tem problema nenhum em não ser forte o tempo todo, ou sorrir o tempo todo, isso não é você ser de mentira ou ser fake, é ser humano - ele me encara

- Voce acha que posso sofrer muito preconceito caso minha sexualidade venha a tona ? - falo encarando Leandro

- As pessoas surpreendem, em todos os aspectos, e de certa forma essa sua sexualidade ja me atingiu em certo momento - ele fala sem graça

- Como assim ? - falo curioso 

- Não é por nada não, mas eu perdi meu emprego no mercado um pouco por sua causa - ele fala zoando - Eu sempre fui seu fã, na verdade tinha uma paixonite por você, e quando saiu na mídia os boatos que você era gay eu logo me empolguei, mas você desmentiu em um storie, e eu assisti esse storie no meio do mercado, e acabei falando alto minha frustração, porque queria que você fosse gay - ele fala e arregalo os olhos - Foi ai que um cliente importante viu e começou a me xingar com comentários preconceituosos e o meu chefe me demitiu por isso - ele fala mechido

- Caramba, não sabia disso - falo abismado

- É essa a verdade - ele me encara

- Então temos aqui um fã alucinado por Cacá fashion e que mesmo com percalços conseguiu chamar a atenção do famoso e ainda veio morar na casa dele - zombo dele fazendo graça e bagunço seu cabelo

- Para com isso - ele fala se esquivando

- O cantor da praça e o Cacá fashion, que dupla - falo bagunçando seu cabelo

Acabamos nos esbarrando em uma bancada e juntamos nossos corpos, ficamos cara a cara quando escutamos

- Leandro ? - era Davi que nos encarava

- Davi ? você aqui - Leandro fala surpreso

- O seu parceiro - falo sorrindo

- Pelo visto vocês tão se dando bem demais né ? melhor eu ir embora - Davi fala com lagrimas nos olhos e sai dali

- Davi volta aqui - Leandro sai atras dele 

Pov Leandro

Eu e Carlos estavamos em um clima descontraído na cozinha quando Davi chega, ele sai dali e eu vou atrás

- Davi, não é nada disso que voce ta pensando - falo puxando ele pelo braço

- Eu vi Leandro e ouvi você falando a história do mercado - ele fala e me espanto

- Mas não tem nada haver isso - falo tentando o acalmar

- Você sempre me deixou claro que tinha uma paixonite pelo Carlos, que o seu sonho era conhecer ele, ta ai, com seu querido, morando na casa dele - ele fala alterado

- Mas é uma relação profissional, e com você que eu to seu bobo, sempre falei que tinha uma paixonite boba por ele, uma admiração, mas é por você que eu me apaixonei - falo pegando no seu rosto

- Vai me dizer que não rolou nada entre voces dois ? - ele me encara

- Você ta me ofendendo, ta com ciúmes é natural, mas para de bobagem - falo olhando fixamente para Davi

- Eu posso estar viajando um pouco por ciúmes, mas o que ta claro aqui e que a gente ta seguindo caminhos diferentes Leandro, então é melhor a gente parar por aqui - ele fala e me espanto

- Como assim ? - falo abismado

- É melhor a gente terminar o nosso relacionamento - ele fala me encarando

- O que ? - falo abismado

 


Notas Finais


E agora, Leandro e Davi terminando o namoro
Carlos e Marcos ficando mais proximos
Comenteem Pessoal
Kkkkkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...