História A Capable Of Love All (EDITANDO) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags Drama, Linguagens Improprias, Romance, Vampiros/lobo, Violencia
Visualizações 85
Palavras 1.053
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Canibalismo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Nesse capitulo haverá uma tragedia... que os fara lutar mais ainda..
Esse capitulo foi feito com ajuda da minha melhor amiga.. Obrigada migs <3
Boa Leitura gente, espero que gostem!!!

Capítulo 4 - It's all my fault!


Fanfic / Fanfiction A Capable Of Love All (EDITANDO) - Capítulo 4 - It's all my fault!

P.O.V  Megan

Eu estava dormindo até que me sinto ser sacudida pela minha mãe dizendo "Filha acorda, temos uma reunião com a alcateia, e isso só acontece quando corremos risco de descobrirem sobre a gente, então não demora"

- Estranho.. será que descobriram sobre ontem?.. - penso alto me sentando na cama

Dayse: Falou comigo? - minha mãe perguntou pronta para sair do meu quarto

- Não, só pensando alto mesmo.. 

Dayse: Ah, ta. Estamos te esperando lá embaixo. - ela disse e saiu do meu quarto

Me levantei com pressa e escolhi uma roupa, entrei no banheiro tomei um banho e logo depois saí e me vesti, arrumei meu cabelo, passei uma maquiagem, calcei meu tenis e desci para a cozinha. Me sentei a mesa e me servi e o silêncio reinava durante o café da manhã, quando acabamos saímos de casa e fomos para uma casa enorme que foi construída apenas para coisas importantes. 

Quando chegamos lá me sentei entre meus pais e esperamos tudo começar..

20 Minutos depois tudo começou..

Pharrel: Hoje de manhã recebi uma noticia que nenhum líder de uma Clã e de uma Alcateia gostaria de receber... Ontem a noite na cidade cinco polícias foram encontrados com furos no pescoço, arranhões, dois sem uma das pernas e outras coisas que só Vampiros e Lobos são capazes de fazer.. desconfiamos que alguns de nós da floresta inteira foi para a cidade e causou esse caos inteiro.. por favor.. fale a verdade se não quer que descobrimos do pior jeito possivel...

Depois que ele terminou de falar aquilo só senti um frio na barriga e troquei olhares com as garotas.

Emily: Fui eu!

Pharrel: Como assim? Como pode ter feito isso? - falou surpreso ao ver a própria filha se levantando

- Ela não tava nessa sozinha. - digo me levantando

Dayse: Megan?! - minha mãe falou surpresa

- Dona Jones!? - falei em um tom de deboche

Mary: Não foram só elas duas! - Mary disse se levantando fazendo todos ficarem de boca aberta

Logo depois os garotos se levantam falando todos juntos "Nós tambem" 

Pharrel: Vocês sabem muito bem que não podemos sair daqui! Que não podemos se misturar com outras raças! Existe limites sabiam?! Sabem muito bem que só nos juntamos quando a coisa é seria! Vocês não tem 5 anos de idade!

- E daí? Somos jovens merecemos curtir, e termos amizades, não importa se ela é vampira, alien, fada, sereia.. sei lá, se ela gosta daquela pessoa apenas os deixem juntos, sendo amigos ou namorados.. sejam mais mente abertas..

Pharrel: E somos, nunca devemos confiar em outras raças

Mary: Sabemos muito bem que vamos ganhar uma castigo, não enrola

Pharrel: Vocês não iram poder lutar quando nós estivermos em algum tipo de guerra e nunca mais poderão se ver, não importa ou não se é da mesma Clã ou Alcateia, apenas não poderão se ver nunca mais. E sobre o caso de podermos sermos descobertos.. preparem sua armas e treinem, fiquem preparados porque qualquer coisa pode acontecer em qualquer momento... Fim de reunião! - Quando ele acabou de falar aquilo, Emily apenas saiu correndo enxugando suas lagrimas e os garotos e a Mary vieram até a mim acompanhados de um garoto que eu não conhecia

- Quem é esse?

Mary: Meu irmão, YuGyeom

- Por que não sabíamos da existencia dele?

YuGyeom: Não mantenho muito contato com outros seres, e não gosto muito de sair.. Os únicos com quem eu converso são da minha Alcateia

- Então o Jackson, Bambam e Júnior sabiam dele?

Bambam: Sim.

- Entendi...

P.O.V  Emily

Depois do que meu pai disse, eu apenas saí correndo chorando daquele lugar.. eu corria sem rumo até que vi uma lagoa, fui até a mesma e me sentei entre elas.

- Culpa minha, é tudo culpa minha, se eu não tivesse a ideia de ter ido para a cidade isso não teria acontecido... agora não vamos poder mais nos ver por causa de mim. - eu dizia de cabeça baixa chorando

Enquanto eu chorava um garoto sentou do meu lado e começou a observar o lago.

Xx: Não se sinta culpada, todos concordaram para poder a cidade.. e todos erram.. - ele disse olhando para mim

- Ta.. quem é você??

Xx: YuGyeom, Kim YuGyeom

- Estranho.... é que, você.. você é irmão da-

YuGyeom: Irmão da  Mary? Sou. - ele me interrompe

- Por que eu não sabia sobre você?

YuGyeom: Eu não saio muito de casa, e eu não mantenho muitos contatos com outros da minha alcateia, além do Bambam, Jackson e Junior..

- Entendi.... sabe.. você vestido assim de preto, me lembra um garoto que tava dando uns vulto atras de mim há uns dias atrás..

YuGyeom: E você uma garota que me perseguiu no outro dia..

- Era você?? - falamos ao mesmo tempo e depois soltamos uma risada

- Dá proxima vez que for vigiar alguém, se esconda mais, okay?

YuGyeom: Você precisa saber perseguir os outros mais despercebida.

- Olha quem fala.

YuGyeom: Dá proxima eu me camuflo, pode deixar.. 

- Bobo.. - eu falei mas logo depois caí na real e me lembrei da confusão, e abaixei minha cabeça, quando eu menos esperei ele me enrolou seus braços em mim e me puxou para perto

YuGyeom: Não fique assim, tudo irá se resolver

- Mas é que não vou poder os ve-los mais.. Nunca mais - falei me afastando um pouquinho timida pelo acontecimento

YuGyeom: Não vai ser uma distância que vai acabar com essa amizade, né? E todos sabemos que vocês irão desopedecer essa regra

Mary: Gente, tem 6 policias espalhados pela floresta.. é melhor vocês virem com a gente - ela chegou nos interrompendo

- Okay.. - falamos juntos nos levantando

Quando iríamos sair dali, escutamos um barulho de arma disparando, eu sinto uma dor no coração e caio para trás apenas vendo escuridão.

P.O.V  Mary

Quando eu avisei para eles sobre os policias eles concordaram e se levantaram, até que escutamos o barulho de uma arma disparando, a Emily colocou a mão no coração e logo depois caiu para trás, por sorte YuGyeom segurou ela, e a pegou no colo. Achamos que ela tinha sido atingida mas era apenas um desmaio, logo depois saímos dali as pressas com a Emily no colo do YuGyeom. 


Notas Finais


Emily: http://www.polyvore.com/cgi/set?.locale=pt-br&id=209738162
Mary: http://www.polyvore.com/cgi/set?.locale=pt-br&id=209740753
Megan: http://www.polyvore.com/megan/set?id=209741462


Por que sera que uma arma disparou??
E o desmaio de Emily por que aconteceu??
O que sera que vira amanhã??
Não percam a novela.

brincadeiras da parte, espero que tenham gostado, desculpe qualquer erro e ate o proximo capitulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...