1. Spirit Fanfics >
  2. A capitã >
  3. Bem vindo

História A capitã - Capítulo 27


Escrita por:


Capítulo 27 - Bem vindo


Pov. Camila

Eu tenho 16 anos e ja so quase madrasta, isso é coisa de se surta, tipo é meu primeiro namoro, namoro serio, e minha namorada tem um filho agora, e eu não sei o que fazer ou o que dizer a ela. Eu fico feliz por ela, ela esta feliz e eu também, mas um dos meus menos e ela deixa o colégio, por causa dos treinos, do Liam... 

Agora eu to no closet dela sentada no chão, com as roupas dela, como pode eu ama tanto essa idiota? Me levanto e saio do closet, ela solta o celular e me faz senta em seu colo de lado, ela me abraça, eu enfio a cabeça em seu pescoço.

- Tu fica tão gostosa com as minhas roupas- ela fala baixo passanso a mão pelas minhas costas e indo pra minha lombar

Eu tiro a cabeça de seu pescoço e nos beijamos, eu me ajeito em seu colo, uma perna em cada lado de seu corpo. Dou uma leve rebolada e percebo que seu pau ja estava duro.

- Aproveita que o bebê ainda não ta aqui- falo em seu ouvido

Lauren aperta minha coxa com força e sobre um pouco o moletom que eu estava usando, suas mãos estavam na minha barriga e foram para as costas, ela vou que eu so estava com esse moletom, sem camiseta, sem sutiã, Lauren sorri entre o beijo e sobe o moletom, ela começa a chupar meu peito e eu a rebolar encima de seu pau, eu tiro a camiseta dela. Ela começa a chupar meu outro peito.

- Camz...- ela choraminga - ta doendo- ela fala

Ela fala e eu desço minhas mãos a nossas intimidades que estavam juntas, so separadas pelas nossas calças, eu desabotou sua calça e coloco minha mão dentro da cueca dela, pego seu pau, tava duro feito pedra. Eu me levanto, e tiro toda sua calça, e tiro a minha também, ela termina de tira o sutiã, e vira para o criado mudo e pega uma camisinha.

- Me chupa antes?- ela pede

- O que eu ganho com isso- pergunto me aproximado

- O melhor sexo de todos- ela fala

Eu pego seu pau e dou uma apertadae ela geme, e desço um pouco e coloco seu pau em minha boca de uma vez. Ela geme e pressiona um pouco minha cabaço contra seu pau, fico nesse vai e vem até ela goza, a mesma goza na minha boca, tem um gosto estranho, mas em engulo.

- Isso e tortuta- ela fala pegando em seu pau e o masturbando. Ela abre com os dentes o pacote de camisinha e coloca nela - deita- ela me empurra e eu deito com as pernas abertas esperando por ela

Lauren se ajeita na minha entrada e começa a estica com força, nos duas gememos, ela começa a aumenta a velociade, e quando eu estava quase gozando ela se retura de dentro de mim.

- Por que caralhos tu paro?- pergunto agressiva

- Fica de quatro- falo pra ela

- Não enfia teu pau no meu cu, eu ainda não to pronta pra isso- falo ficando de quadro

- Tudo bem- ela fala

Os seus movimentos aumentam o ritmo, eu gemo e ela aperta minha bunda pressionando contra vagina fazendo encosta no fundo, depois de mais algumas estocadas eu gozo, ela da mais algumas e depois ela goza na camisinha, ela se retira de dentro de mim e vai para o banheiro, ja eu me deito em sua cama. 

Me cubro com os cobertores. Lauren volta pra cama e deita do meu lado eu me aconchega em seu peito e ela faz carinho em meu braço.

- Tu ta bem? Com o fato deu ter um filho e tu ser quase uma madrasta?- ela pergunta quebrando o silêncio

- Vai ser estranho, mas tudo bem- falo

- Tem certeza?- ela pergunta

- Sabe... quando eu te via nos corretores, não achei que tu fosse tão ensegura, tu passa uma imagem de que tem tudo no controle- falo- mas quando te conhecem tu mosta ser uma pessoa frágil mas muito forte- falo e ela levanta o troco e me olha

- Eu não curto muito demostra sentimentos- ela fala

- Eu sei meu amor- falo

- Amanhã que horas nos vamos buscar ele?- ela pergunta

- Não sei, a hora que tu quiser-falo 

- Depois do almoço?- ela pergunta

- Pode ser- falo - vem vamos dormi, amanhã teu filho chega aqui e eu tenho que fala com o meu pai- falo e ela gela quando eu sito meu pai

- O que ele vai acha de mim?- ela pergunta quase em pânico

- Essa é uma ótima pergunta, não sei- falo deitando novamente me aconchega bem perto dela e dormimos

No dia segunte en acordo e Lauren não tava na cama, eu pego uma das minhos roupas que estava no closet dela, pego meu celular, era quase meio dia, desço as escadas, a mãe dela estava preparado o almoço.

- Onde Lauren ta?- pergunto e Clara se assusta - desculpa- falo pra ela 

- Tudo bem, Lauren acho que ela ta terminado o quarto do Liam ou na academia. Avisa ela que o almoço esta quase pronto- Clara pede

- Ta- falo subindo as escadas de dois em dois, vou pro quarto do Liam que era do lado do de Lauren, eu abro a porta e ela tava lá arrumando uma bolsa

- Eu ja ia te acorda- ela fala ao me ver

- Ta arrumando as coisinhas dele?- pergunto e ela assena

- Pode conferi pra mim?- ela pede e eu começo a ver as coisas que ela tinha separado

- Lo... vai na tua gaveta de cuecas, embaixo da onde ta umas calcinhas minhas tem uma lixa de unha, pega pra mim- falo colocando as coisas em uma bolsa de esportes da Lauren

Lauren sai do quarto, eu olho pro quarto do Liam, incrível, eles fizeram isso tão rápido. Lauren volta com minha lixa que eu coloco na bolsa.

- Leva pro teu carro ja- falo pra ela

- Eu ja disse que tu é mandona?- ela pergunta

- Sim- respondo - ah sua mãe disse que o almoço ta quase pronto- ela assena, pega a bolsa e sai do quarto indo para o andar de baixo

Eu dou mais uma olhada no quarto, saio e facho a porta. Desco as escadas e começo a ajudar Clara. O almoço foi tranquilo, os irmãos zoaram Lauren. Queriamos ir o mais cedo possível buscar o Liam, Lauren ficou meu apressado. Quando chegamos no hospital Lauren estaciona o mais perto da estrada. Eu pego a bolsa e entramos no hospital, Lauren vai fala com uma enfermeira e logo fomos pra maternidade, ela tava bem ansiosa andava um pouco rápido. Chegando no berçário ela ficou encarando o vidro, procurando o filho pelo vidro, até achare ficar com um sorriso idiota.

- Vamos pegar ele- falo pra ela que praticamente sai correndo

- Oi- ela fala empolgada para uma médica - eu vim buscar meu filho, o Liam Jauregui- Lauren fala com o sobrenome dela e a médica assena

- Vocês são jovens pra ter um filho- a médica fala entrando na casa em que o Liam estava e da um roupa pra Lauren colocar por cima das que ela ja estava e eu deixo a bolsa com uma enfermeiras que me da a mesma coisa que a Lauren estava. Entro junto com elas.

- Oi Liam- a médica fala pegando ele - suas mamães vieram te busca- ela termina

- Eu não so a mãe dele, é so a minha namorada- falo e a medica do um sorriso envergonhado

- Desculpa- ela fala

- Não tem problema, é meio complicado- falo

- Tu não é ligada em esportes ne?- Lauren pergunta

- Não tenho muito tempo, mas minha filha é- ela responde

- Então ela teve ter visto meu vídeo- Lauren fala

- Tu é jogadora?- 

- Sim, jogo pelo Portland, essa é minha namorada, e a mãe dele é minha ex- falo e ela fica em dívida

- Tu é intersexual?- ela pergunta

- Sim- ela assena

- Ele é a sua cara- ela fala dando o filho a Lauren

- Que bom- respondo e Lauren ri

- Tu precisa assina a alta dele, vão levar ele nos braços?- ela pergunta

- Não, a caderinha dele ta no carro- Lauren responde e seguimos a médica até fora da sala, tiramos aquela roupa e Lauren me deu o filho pra ela assinar nos papéis.

Lauren volta até mim pega a bolsa, guarda alguns papéis que ela rescebeu, ela pega uma toalinha e coloca sobre o rosto dele, por causa dos fotógrafos que tinha lá.

- Leva ele?- ela pergunta

- Sim- respondo

- Vai atrás com ele dai, pode ser?- eu asseno e vamos

Saímos da parte da maternidade, Lauren nem quis saber da Diana, ela pediu ajuda a alguns seguranças que nos ajudacem a rir até seu carro. 

- Lauren... Lauren esse é seu filho?-

- Sai... da licença- o segurança fala

- Por que ele ta coberto?-

- Pra vocês n tirarem fotos dele?- Lauren fala como se fosse a coisa mais óbvia

O bebê começa a chora no meio do caminho e eu tento o acalmar, a unica coisa que o acalma e quando eu coloco ele no meu ombro, o ajeito e chegamos no carro, foi difícil eu nunca coloquei um bebê em uma caderinha. Liam era grande, gordinho, ele abre os olinhos, era verdes como o da Lauren. Graças a Deus ele era igual a ela.

- Lo, os olinhos dele são verdes, igauis aos seus- falo sorrindo pra ela

- Ele é lindo. Ta tudo ptonto ai?- ela pergunta virando a cabeça pra trás e eu asseno - então vamos pra casa- ela fala se ajeita, liga o carro e vai em direção a casa dela

Eu juro que não sei o que meu pai vai fala sobre isso, ele gosta la Lauren as vezes quando não estamos juntas, ele é ciumento, filha mais velha... Lo, quer sempre o meu bemn sempre junto, me apoiando e eu apoio ela e os seus sonho como ela apoia os meus. 

- Camz...- ela me chama - o que tu acha de amanhã as meninas irem lá em casa?- 

- Não sei, a casa é tua- respondo e ela ri

- Sim isso eu sei, digo pra elas conhecerem o Lin, eu não quero expor ele na internet, so quando ele for mais velho talvez, dai eu queria chama elas pra ir la, o que tu acha?- uma boa ideia

- Tu ja dei apelido a ele?- pergunto

- Sim, tipo aquele cantor da Broadway que tu gosta, o Lin-Manuel Miranda é isso?- 

- É... tu presta atenção quando eu falo de teatro- falo sem reação

- Presto, até que é legal- ela fala e eu sorri

Eu fico olhando o bebê a viagem toda, Lo pega ele quando chegamos, eu pego a bolsa dele e fomos até a porta, ela abre a porta e a família toda dela estavam a esperando.

- Ah- a mãe da Lauren da um gritinho - ele é lindo filha-

Eles estavam todos juntos em família, eu não quero atrapalha, subo as escadas, pego minha carteira e as chaves do meu carro, desço e Tay e Sofia estavam falando com Lauren. Mike e Clara estavam babando no neto. Eu vou até a porta.

- Pra onde tu vai?- era Lauren que pergunta

- Embora, vou deixar vocês em família- falo pegando na maçaneta - tchau- falo dando um selinho nela e saio

Entro no meu carro e vou pra casa. Chegando em casa meu pai queria saber exatamente do que Lauren tinha falado naquele vídeo. Foi embaraço ele teve várias perguntas e ficou confuso, com toda a história mas tudo bem. Eu vou pro meu quarto tomo banho troco de roupa e me deito, passo o resto do dia vendo série.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...