1. Spirit Fanfics >
  2. A carta perdida (Covinsky) >
  3. Capitulo 8

História A carta perdida (Covinsky) - Capítulo 8


Escrita por:


Capítulo 8 - Capitulo 8


Na noite passada, Gen me ligou tanto que uma hora eu atendi, e ela começou a chorar dizendo que eu não fui ve-la, que ela precisava de mim, que eu fui insensível e blá, blá, blá... eu estava tão irritado com ela, que apenas disse que se ela precise de alguém, devia chamar o cara daquela foto, que ela devia ficar com ele e me deixar em paz. Por fim, disse à ela que ela não tinha mais qualquer poder sobre mim e desliguei o telefone.

Passei o resto da noite pensando no que Owen me disse no caro. Quando eu era mais novo tive mesmo um crush em Lara Jean, tanto que meu primeiro beijo foi com ela. Será que esse sentimento esta voltando agora que não me vejo preso à Genevive? Será que esse sentimento um dia foi embora? Decidi fazer um teste, como hoje eu ia buscar Lara Jean e sua irmã para leva-las à escola, resolvi que agiria como ela como se fosse seu namorado. A pegaria pela mão, acompanharia pelas aulas, passaria meu braço sobre seu pescoço, coisas que namorados fazem. E veria como eu me sentiria fazendo essas coisas. Assim descobriria se eu gostava dela ou não.

Chego na frente da casa das Coveys, e dou uma buzinada para elas saírem. Não demora muito Kitty aparece sorrindo, e vem correndo até o carro, ela entra e me entrega um envelope dobrado e diz:

- Peter não leia agora, esconda isso de Lara Jean e leia só quando chegar em casa, por favor.

- Ok, - digo sem entender nada, e guardo o envelope no bolso do moletom, enquanto Lara Jean vem caminhando até o carro. E meu Deus, como ela esta particularmente bonita hoje. Vestia uma calça Jeans bem justa, modelando seu corpo e uma blusa com desenhos de Cupcake com uma jaqueta por cima.

A primeira provação do dia foi o café da manhã. Quando Lara Jean me disse que não havia comido direito, fiquei realmente mal por ela, então passei para pegar café pra ela, e acabei pedindo para mim também, decidi que tomaríamos café juntos na cafeteria da escola, como eu faria se estivesse namorando. Por sorte nossa primeira aula era juntos, então foi fácil acompanha-la pelo corredor. Conversei com seus amigos antes do professor chegar, e fui interrogado pela sua melhor amiga Chris, em nossa segunda aula que fizemos juntos.

- E ai, quais são suas intenções com a LJ – Chris me olhou com um olhar interrogativo, mas pude sentir que ela queria proteger sua amiga.

- Calma... nenhuma, só a ajudei ontem depois que ela bateu o carro...

- LJ bateu o carro? – ela me pergunta quase gritando.

- Graças a Deus não foi nada grave, apenas amassou e arranhou a frente, mas enfim, eu a ajudei e ofereci carona para escola, já que ela ficou sem carro... só isso.

- Hum, sei... sei..., to de olho em você em Kavinsky. Você que ouse machucar a minha amiga – ela me olhou com um olhar ameaçador, eu apenas ri e seguimos as aulas.

Na hora do almoço procurei por Lara Jean, mas fiquei sabendo pelo Lucas, seu amigo, que ela tinha ido almoçar fora, então pedi meu almoço e me sentei com os caras do time. Como de costume. Quase na hora de o sinal tocar para as últimas aulas do dia, vejo Lara Jean chegar com Chris e pararem no corredor, decidi que não ia importuna-la naquele momento, mas logo vejo Gen dar um esbarrão tão grande nela que a fez cambalear, fiz menção de ir até ela, mas vejo que ela conseguiu se sair bem e ainda deixar Genevivi envergonhada. “Boa Covey, essa é minha garota”, digo baixinho, só para mim, mas infelizmente Gabe me ouviu.

-Ih... o Kavinsky está apaixonado – ele fala e todos os caras começam a me zoar.

- Parem com isso, foi só um comentário, ela enfrentou a Gen galera, fiquei impressionado... só isso.

- Hum, vejo uma paixão antiga reascendendo hein Kavinsky – é a vez de Trevor zoar, mas dessa vez não falo nada apenas dou risada junto com os caras que começaram a me empurrar. Ele sabia do beijo, e sabia que eu gostava de Lara Jean no fundamental.

Por sorte o sinal toca e todos vamos para nossas aulas. O sinal da última aula tocou, e eu sabia que estava no mesmo corredor que Lara Jean, arrumo minhas coisas com rapidez, na esperança de pega-la saindo de sua aula. E eu consegui. Passei meus braços em seu pescoço e fomos caminhando e conversando até o estacionamento. Confidenciei sobre a traição da Gen e naquele momento eu tive certeza. Eu estou realmente gostando da Lara Jean. Só não sei se é de novo, ou se é ainda.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...