História A casa do lago - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Assombrada, Medo, Morte
Visualizações 19
Palavras 1.272
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Ficção, Lemon, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shonen-Ai, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Gente desculpa a demora, eu estava com um bloqueio criativo com esta fic mais agora eu continuarei, sei que era para ser curta mais no momento estou postando todas as minhas fics pelo celular com um teclado minusculo então os capítulos de agora em diante serão pequenos mas mesmo assi eu resolvi termina-la.

Capítulo 3 - Diverção


No dia seguinte todos levantaram quase meio dia, sendo que Sasayuki levantou primeiro que todos até mesmo que seu namorado que continuou dormindo quando ele levantou. Sasayuki chegou até a cozinha decidido em preparar o café da manhã mesmo sendo onze e meia da manhã. O rapaz ligou o rádio baixo já que todos estavam dormindo, separou uns ingredientes e bateu um bolo de milho e colocou no forno para açar passou um café, fez umas panquecas para comer com mel e como não sabia se todos gostavam de café fez um suco de laranja natural.

- Humm... Que cheiro bom. - Falou Sophia sentando em um banquinho que ficava perto do balcão grande onde já tinha o suco e as panquecas junto com o café, Sasayuki só estava esperando o bolo terminar de açar.

- Estou preparando o café. - Falou Sasayuki se virando para olhar a garota que já se servia com um pouco de suco.

- Esse bolo esta com um cheiro gostoso, não sabia que cozinhava. - Sophia toma um pouco do suco.

- Minha mãe me encinou depois que soube que eu e o Alec, nós... - Ficou com vergonha de terminar a frase. 

- Então seus pais já sabem? 

- Sim.

- E os pais do Alec? Também sabem? - Sasayuki confirmou com a cabeça. - Uau! - Exclamou bebendo mais um pouco do suco. - Eles aceitam? 

- Bem, no começo acharam um pouco estranho, já que eu e Alec eramos amigos de infâcia, mas depois ele se acostumaram e até apoiam a gente, minha mãe me ecinou a cozinhar alegando que eu tinha que ser uma boa esposa para meu marido. - Sophia olha para Sasayuki e começa a rir e o rapaz não aguentando começou a rir também.

- Sério isso? Quer dizer, sua mãe disse isso com essas palavras? - Gargalhava Sophia.

- Disse. - Riu Sasayuki. - Depois disso ela começou a me encinar a cozinhar, me encinou até a culinaria tipica do Japão. 

- Sabe fazer comida japonesa? - Se interessou.

- Sim, eu e meus pais somos japoneses, saimos do Japão quando eu tinha sete anos, foi ai que eu conheci Alec, pois nos mudamos para casa ao lado. - Explicou Sasayuki.

- Uau! 

- Do que estão falando? - Perguntou Damon entrando na cozinha e Sasayuki foi tirar o bolo do forno. - Não parem só por que eu cheguei. 

- De coisas que não são da sua conta. - Responde Sophia.

- Que rude. - Comenta Damon ironico. - E você fofilete o que esra fazendo? 

- Não devia ser tão idiota com quem preparou o café que esta tomando. - Sophia falou um pouco rude. Sasayuki não falou nada, desenformou o bolo e o colocou ao lado do suco.

- Não acredito que fez tudo isso, até que você não é tão inut... - Damon foi cortado. 

- Acho bom não terminar esta frase. - Comenta James sentando ao lado da namorada e lhe dando um beijo de bom dia.

- Por que? 

- Por que, Alec arrancaria sua língua. 

- Eu arrancaria o que ? - Pergunta Alec entrando e sentando ao o lado de Sasayuki que tinha acabado de se sentar. Sasayuki serve uma xicara de café puro e um pedaço de bolo para Alec que agradece com um leve sorriso. - Então? Ninguém me respondeu o que eu arrancaria do Damon. - Sasayuki tocou o ombro do namorado, sabia que daria confusão se ele soubesse da história estão fez com que ele mudasse de assunto.

- Não é nada, foi só uma brincadeira. - Falou Sasayuki suavemente.

- Se esta dizendo. - Deu de ombros e mordeu um pedaço do bolo. - Delicioso, como sempre. - Comentou mastigando com gosto o que tinha na boca.

- Se cozinha assim no café imagine no almoço. - Comenta James.

- Que, já esta pensando em colocar meu namorado para ser o cozinheiro da casa?

- Eu sabia que vocês estavam... - Foi cortado por Alec. 

- E daí? Pense pelo lado bom, Melissa não tera outra opção a não ser ficar com você. - Todos riram.

- Vai se ferrar Alec. - Diz Damon.

- Voltando ao assunto. - Falou James chamando toda atenção para si. - Sasayuki é o único que sabe cozinhar nesta casa, Sophia só sabe fritar ovo.

- Ei! - Exclama a mesma dando um tapa no braço do namorado.

- É a verdade, conviva com ela ou aprenda a cozinhar. - Sorri vendo a namorada lhe mostrar o dedo do meio com raiva.

- Idiota.

- E tem a Melissa aquele do jeito que é não sabe nem ferver uma água, eu também não sei cozinhar e aposto que nem você e nem Damon também não sabem.

- Verdade. - Concordou Alec. 

- Eu não não sou mulherzinha para cozinhar.

- Então sobrou para mim cozinhar? - Pergunta Sasayuki.

- Sim amor. - Alec beijou seu rosto e olhou para os outros. - Mas Sasayuki só vai cozinhar, ele não vai cuidar da limpeza.

- Pelo menos isso eu posso fazer, eu limpo. - Falou Sophia.

- Certo, e nós vamos cuidar da limpeza da casa.

- Que ?! - Perguntou Damon.

- Até parece que você vai ficar aqui as férias inteira aqui sem fazer nada. - Fala James.

- E a Melissa? - Perguntou Sophia.

- Não sei, dê algo para ela fazer, fale que ela terá que ajudar vocês na cozinha, para nossas férias ser legal todos teram que ajudar ou esse lugar vai paracer um chiqueiro.

- Dê algo para quem fazer? - Perguntou Melissa chegando por último.

- Tarefas. - Respondeu Sophia.

- Nem pensar, não estou aqui para fazer tarefas, estou aqui para curtir.

- Sim, todos estamos, mas se não cuidarmos da casa em poucos dias isso aqui vai virar um chiqueiro. - Melissa bufa cruzando os braços.

- Que eu tenho que fazer? 

- Nos ajudar na cozinha. - Respondeu Sophia.

- Não sei cozinhar.

- Todos já sabemos, quem vai cozinhar será Sasayuki.

- Por que ele? - Perguntou indignada.

- Por que ele é o único de nós que sabe. Tudo o que esta vendo aqui foi ele  quem fez. - A garota olha para mesa desacreditada.

- Você quem fez isso sozinho? - Perguntou.

- Sim. - Melissa olha para Alec que agora comia uma panqueca com gosto, não sabia que aquele garoto tinha esses qualidades, vai ser dificil conquistar Alec assim, a única qualidade dela era ser lider de torcida e ter o corpo perfeito mas talvez para Alec isso não bastava, tinha que pensar em algo para separar aqueles dois e depois atacar, Alec seria seu custe o que custar, pensou.

- O que foi? - Perguntou Alec reparando que Melissa o olhava de mais para seu gosto.

- Nada. - Disse pegando um pouco de suco. 

Tudos tomaram café e foram se divertir no lago já que como tomaram café tarde não iriam comer tão cedo. Sasayuki estava sentado em uma cadeira de praia e teve uma senssação estranha, olhou para cima em um ponto específico, uma pequena janela em formato redondo, era a janela do sotão, sentia que algo de muito ruim os observava de longe.

- Sasa, o que foi? - Perguntou Alec tirando o livro de simbolos místicos das mão do menor.

- N-Nada, eu acho. - Respondeu incerto.

- Já disse que se ficasse o dia inteiro lendo eu jogaria seus livros no lago não disse. - Sasayuki arregalou os olhos puchados.

- Não! - Disse se levantando.

- Então vamos entrar na água depois você lê. - Sasayuki deu mais uma olhada para a janela do sotão e seguiu o namorado em direção do lago, podia ser coisa da sua cabeça ando lendo muitos livros de sobrenatural, pensou o menor, mas mal sabe o quão certo de suas desconfianças ele esta.


Continua...




Notas Finais


Sei que demorei, e esta fic terá mais capítulos do que eu disse que teria mais eu resolvi termina-la.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...