1. Spirit Fanfics >
  2. A casa na praia (imagine Jungkook) >
  3. Noites de amor e chuva

História A casa na praia (imagine Jungkook) - Capítulo 16


Escrita por:


Notas do Autor


Oie voltei meus amores♡

Mais uma vez agradeço aos comentários e favoritos.

Bora pra história. (Comentários sempre bem vindos)

Capítulo 16 - Noites de amor e chuva



~Jungkook pov.~             


Quatro dias haviam se passados e a chuva não parava de cair, mas pra mim aquilo não tinha problema nenhum, eu tinha S/n do meu lado e aquilo era tudo que eu precisava. O aniversário dela daria no domingo daqui a três dias e eu rezava para que a chuva passasse um pouco antes. Queria dar uma festa bem grande pra ela convidando todos do colégio e nossas famílias, ela ia fazer dezenove anos, comemorar sua entrada na faculdade e o melhor, ia assumir ela pra todo mundo, ia falar pra todos que eu estou namorando a garota mais incrível do mundo.

Foram quatro dias de muito amor e carinho, e nesse momento estamos agarrados no sofá da sala com um edredom quentinho ao nosso redor. Ela admirava as gotas fortes de chuva que batiam e escorriam pelo vidro da porta dos fundos.


- Gosta da chuva amor? - pergunto abraçando sua cintura e encostando meu rosto em suas costas.

- Amo. Deixa o ar com um clima mais... romântico - diz me beijando - Mas sinto falta de sair um pouco

- Quer dar uma volta?

- Na chuva?

- Porque não? Vamos - digo me levantando estendendo minha mão pra ela.


Tiro ela do sofá e a puxo até a porta dos fundos. Sou o primeiro a sair correndo porta a fora em direção ao temporal que caía forte e sem dó, rapidamente meus cabelos ficaram ensopados pela água assim como minhas roupas. Com S/n não era diferente, seus cabelos desciam em várias ondulações molhadas, sua roupa grudava em seu corpo. Corro pra longe dela fazendo ela vim atrás de mim, seus risos ecoavam a distância, tomo ela nos braços e a giro no ar, ah como eu amava aquela garota. Caminhamos até uma árvore com muitas folhas, o suficiente pra não nos molhar-mos mais do que já estávamos. Vejo ela se sentar e depois me sento também deitando minha cabeça na sua perna, do mesmo modo que eu tinha feito no meu sonho, mas em vez de ganhar carinhos no cabelo eu ganhava beijinhos no topo da cabeça e na boca. As ondas quase batiam perto de nós de tão alta que a maré estava. Me levanto e coloco S/n no meu colo olhando fixamente dentro dos seus olhos. Eu não queria toca-la ou ser safado, sabia dos problemas que ela tinha tido com relação a isso, começando por achar que ela tinha feito sexo com um desconhecido, que na verdade era eu, e depois o filho da puta do Yoongi. Já não bastava ele fazer sexo com todo mundo que ver pela frente, ainda tinha que tocar na minha S/n? Ah, mas não mesmo! Na minha namorada nunca mais. 

Ainda não tinha contado a ela sobre eu ser o desconhecido que ela tinha feito amor, tinha medo de perder ela pra sempre, aquilo era tudo que eu menos queria. Se eu perder ela, meu mundo simplesmente para, não tem mais sentindo, não tem mais forma, não gira mais na órbita, tudo se acaba. E na minha cabeça já vinha três mini cópias nossas correndo pela praia molhados por conta do mar ou da chuva. Aquele pensamento me deu vontade de noivar e ter ela ali mesmo naquele pontinho daquela praia gigante.

Tomo seu rosto e beijo os cantinhos de sua boca tirando dela um sorriso, tomo seus lábios carinhosamente, eu amava o sabor que só existia nos beijos dela, era incrível e impossível não viciar naquela garota. Mau via a hora de assumir o que a gente tinha pro mundo e mais lá na frente ela seria minha esposa, o que eu tinha com ela era tão real quanto aquele mar gigante a frente. Já tinha namorado varias garotas, mas nunca tinha sentido por elas o que eu sentia por S/n, nunca tinha imaginado uma vida com cada garota que eu tinha perdido meu tempo dizendo que eu amava, nunca via elas sendo parte do meu futuro, pra mim aquilo que eu vivi com elas não era real, era apenas uma fantasia, e hoje eu agradeço a Deus por ter tirado cada uma delasndo meu caminho e ter colocado S/n.

Paro o beijo pra admirar a visão que eu tinha na minha frente, coloco uma pequena mecha de cabelo atrás de sua orelha, seus olhos brilhavam mais do que as estrelas no céu, me sentia viajando pelo cosmo estelar. Aquele anjo sabia exatamente como me deixar encantado e louco ao mesmo tempo. Aquela vontade de ter ela pra mim invadiu meu corpo de novo, me perguntava como ela ficava a luz da lua, como a nebulosa refletia nos seus olhos escuros. Tomo mais uma vez seus lábios sentindo e deixando todo o amor naquele único toque.


~Continua...~



Notas Finais


Sinto muito se ficou curto babys.

Mas acreditem eu fiz com muito carinho♥️

Até a próxima 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...