1. Spirit Fanfics >
  2. A Chama Azul (HYUNIN) >
  3. See you and medicine

História A Chama Azul (HYUNIN) - Capítulo 4


Escrita por: HJinnies

Notas do Autor


Oi bolinhos, como disse o capítulo saiu no domingo como havia planejado.
Foi revisado mas sempre um erro passa abatido, espero que gostem!

Boa leitura bebis! ☁️

Capítulo 4 - See you and medicine


☁️ 장 - Até mais e remédio.


– Mas porque você tem que entrar pelo telhado? A casinha não tem escada? – Jeongin questionava o mais velho.

– É, até tinha, mas como eu gostava de me esconder aqui minha mãe tirou a escada e escondeu, agora nem eu e muito menos ela sabemos onde está a escada. – Hyunjin explicou.

Jeongin começou a rir, Hyunjin não esperava que a risada do azulado fosse tão gostosa ao ponto de lhe contagiar também.

– Aí aí Jinnie, assim você deixa sem ar de tanto rir! – O mais novo exclamou já com a barriga doendo.

– Posso te deixar ser ar por outra coisa bebê Jeongin... – Hyunjin provocou.

Viu, Hyunjin era bom de lábia para deixar Jeongin envergonhado. O azulado parou de rir na hora com as bochechas rubras, a única reação foi tapar seu rosto com as mangas largas do moletom do mais velho.

– Eu estou brincando Jeongin! – O moreno dia alto.

– Seu idiota! Não brinco mais com você! – Cruzou os braços em um bico emburrado.

– Aigoo bebê Jeongin! Eu não vivo sem você! – Hyunjin exclamou dramático.

O moreno se jogou em cima do Yang abraçando sua fina cintura, Jeongin ficou estasiado e sem palavras perante ao ato do moreno.

– H-hyunjin... – Demasiado tímido Jeongin murmurou.

– Oque foi Innie? – O moreno perguntou com um sorriso de canto.

– Err, você... minha cintura e... – O Yang não vi seguiu completar a frase.

– Haha, você fica bonitinho de bochechas rosadas bebê Jeongin. – Hyunjin provocou.

Mesmo assim não havia se soltado da cintura de Jeongin, aliás era confortável naquela posição, pelo menos mais confortável do que se espremer no pequeno sofá.

– Aish Hyunjin! Você é num idiota sabia? – Jeongin fez uma pergunta retórica.

O Hwnag deu um riso, ele sabia que era um idiota e atrevido de natureza mesmo. O momento estava perfeito, ambos os garotos tinham um contato maior e chegava ser engraçado para Hyunjin deixar Jeongin sem graça, porém o momento foi quebrado pelo som de uma campainha, ou similar a uma.

– Que susto porra! – O azulado exclamou.

Hyunjin não sabia descrever sua reação, o bebê Jeongin fala palavrão? Chocado ele estava, mas nada disse sobre o xingamento, aliás era uma coisa normal para si.

– Calma Jeongin! – O mais velho exclamou. – Minha mãe sabe que nós estamos aqui, deve ser um aviso para nós descermos. – Explicou.

Havia um tipo de campainha dentro da casinha que servia para avisar Hyunjin para ele descer sem alguém precisar subir na árvore, a senhora Hwang sabia que quando o seu filho não estava no quarto, era na casinha na árvore que se encontrava.

– Vem, eu vou primeiro e te ajudo a pular. – Hyunjin levantou e sorriu estendendo a mão para Jeongin levantar do sofá.

O Yang nada disse apenas deixou o moreno fazer o ato. Como havia dito Hyunjin pulou primeiro logo após Jeongin, ambos voltaram para o quarto do Hwnag plea janela.

Não havia ninguém no quarto mas poderia se ouvir as risadas da matriarca Hwang vindas do andar de baixo, Hyunjin se virou para Jeongin e levou seus dedos aos lábios fazendo o sinal de silêncio. Passo por passo os dois desceram as escadas e pegaram as mais velhas conversando algo.

Surpreendentemente elas comentavam sobre os sues filhos, Hyunjin e Jeongin não chagaram a tempo para pegarem um pouco mais da conversa além do fim.

– Hyunjin! – A matriarca Hwang exclamou ao ver seu filho junto a Jeongin.

– Oi mãe... – O moreno disse indo ao encontro de sua mãe.

– Bom, acho que já está na nossa hora não é Jeongin? – A senhora Yang disse levantando-se do sofá.

– A pressa é sua senhora Yang! – Exclamou senhora Hwang imitando o ato da outra.

– Não, ainda temos bastante coisas para ajeitar e tenho que resolver a questão de emprego e uma escola 'pra Jeongin, também não quero causar incômodo senhora Hwang. – A Yang mais velha disse.

– Está bem, mas saiba que não é incomodo algum! Você e Jeongin são bem vindos nessa casa e qualquer coisa é só pedir que ajudarei na medida do possível! – Gentil a matriarca Hwang disse.

– Claro! Se precisar de ajuda já sei a quem pedir! – Exclamou a mais velha arrancando um riso de todos.

– Vamos, eu e Hyunjin acompanhamos vocês até a porta. – A Hwang mais velha disse.

Hyunjin a olhou mas nada disse, apenas seguiu sua mãe e senhora Yang com Jeongin ao seu lado.

– Acho que elas se derem bem. – Hyunjin murmurou baixo para somente o azulado escutar.

– Hmn, acho que sim. – Sem ânimo Jeongin respondeu Hwnag, que estranhou.

Porque de repente o Yang estava tão desanimado? Hyunjin não o conhecia tão bem para saber o porquê, talvez algo que disse ou que fez para o azulado? 

– Ei, porque está assim Jeongin? Sem ânimo de repente? – O moreno questinou o mais novo.

– Eu estou cansado Jinnie. – O Yang disse após num bocejo.

– Ah, agora você vai 'pra casa descansar bebê Jeongin, talvez amanhã nos vemos de novo então, até mais Innie. – Hyunjin se despediu com um sorriso de canto de boca.

Jeongin riu baixo, balançando a cabeça.

– Até mais Hyunjin. – Deu um riso soprado e saiu atrás de sua mãe.

– Muito obrigada por nós receber em sua casa senhora Hwang! – A Yang mais velha se despedia da matriarca Hwang ao lado de fora da casa.

– Que nada! Aliás Jeongin realmente é um amor como dizem, agora vão rápido está frio aqui fora. – Senhora Hwnag disse.

– Você tem razão senhora Hwang, vamos pequeno Jeongin, você deve estar cansado. – A mulher chamou seu filho, esse que estava constrangido.

Hyunjin riu baixinho para que sua mãe não escutasse.

– Até senhora Yang! – Exclamou o moreno, para a mulher que já estava um pouco longe, que acenou para o Hwang.

A matriarca Hwang e Hyunjin voltaram para dentro de casa, Hyunjin se jogou no sofá suspirando, a mais velha a seguiu e se sentou na guarda do mesmo sofá.

– Parece que você e Jeongin se deram bem né Hyunjin? - A mais velha questinou o Hwang acariciando seus cabelos.

– Hmn, Jeongin é adorável como a senhora disse. – Hyunjin aproveitava o carinho da sua mãe, já cansado.

Fazia um tempo que ambos não tinham uma conversa tão íntima entre mãe e filho, após a morte do pai de Hyunjin a conexão deles não estava mais tão forte e recentemente o moreno não estava sendo um bom filho.

– Sim ele é. – A mulher deu um riso. – Mas você foi um cavalheiro servindo e puxando a cadeira para ele, acha que não vi seu moletom que te dei de natal nele? Aliás você nunca usou ele. – A matriarca Hwang disse pensativa.

– Amarelo não combina comigo mãe, mas combinava com Jeongin então emprestei para ele. – Hyunjin justificou.

– Mn, está bem mas agota levante do sofá antes que durma aqui, escove seus dentes e vá deitar. Boa noite filhão. – A mulher deu um beijo na testa do loiro e saiu.

Cheio de preguiça Hyunjin levantou e subiu as escadas como um bêbado até chegar no seu quarto, lá entrou no banheiro e ligou as luzes que quase cegaram seus olhos de tão clara a luz era, escovou seus dentes e lavou o rosto logo após se jogou na cama sem ao menos trocar de roupa Hyunjin caiu no sono.

No final acabou até esquecendo o seu celular carregando na tomada e a janela do quarto aberta lá deixando no frio entrar.

[...]

– Hyunjin, acorda filho. – Sussurrando a senhora Hwang tentava acordar o moreno.

– Hum, que foi mãe? Um dos gatos do vizinho veio parar aqui de novo? – Meio grogue Hyunjin perguntava.

– Não Hyunjin! – A mais velha deu um riso. – É que o Jeongin vai ficar aqui o dia inteiro até amanhã, eu vou levar a senhora Yang para conhecer o meu trabalho 'pra ver se ela vai querer uma vaga lá. – Explicou.

Hyunjin só de ouvir o nome do azulado levantou tão rápido que sentiu uma tontura passageira.

– Mn, legal mãe. – O Hwnag mais novo tá tava esconder sua ansiedade ao ver o garoto de novo.

– Eles já devem estar chegando, vá tomar um banho quente e desça para tomar café. – Senhora Hwnag disse e logo se tirou do quarto.

O moreno escolheu uma roupa simples porém estilosa, pegou a toalha e foi para o banheiro do seu quarto começando a tomar um banho quente porém rápido. Se vestiu rápido escovou os dentes as pressas e nem teve tempo de secar o cabelo ou tomar seu café, a campainha soou no andar de baixo.

Hyunjin pegou seu celular e desceu a escadas calmo como se não tivesse demasiado animado para passar um dia com Jeongin, chegando na cozinha encontrou somente o azulado lá, Hyunjin estranhou torcendo o nariz mas nada disse apenas se aproximou silêncioso do mais novo.

– Que susto Hyunjin! – Jeongin exclamou quando Hwnag tocou em sua cintura.

– Sou tão feio assim bebê Jeongin? – Hyunjin fez um beiço.

– Hyunjin, oque você pensa que está fazendo com esse cabelo molhado e sem pantufas?! Quer pegar uma gripe? – O azulado ignorou a provocação do mais velho ao notar seu estado.

– Olha, se você cuidar de mim, eu acho que arrisco ficar de cama por alguns dias. – Provocativo Hyunjin disse.

Jeongin bufou revirando os olhos, levantou puxando Hyunjin escadas a cima até o quarto do mais velho. Procurou o secador de cabelo e achou na gaveta do banheiro, logo após voltou para o quarto fechando a janela.

– Não pode esquecer de fechar a janela quando subir na casa na árvore Hyunjin, pode ficar resfriado. – Avisou o mais novo.

Agora Jeongin estava atrás de Hyunjin na cama secando seus cabelos após achar uma tomada.

– Porque nossas mães não estavam lá em baixo? – Hyunjin questinou após Yang terminar de secar seus cabelos.

– Elas saíram as pressas Hyunjin, aliás sua mãe deixou seu café da manhã pronto, vamos descer. – O mais novo pegou na mão de Hyunjin e o levou de volta para a cozinha.

– Mn, parece estar bom mesmo sendo congelador. – Hyunjin murmurou após encontrar as panquecas de mercado no prato. – Você já comeu Jeongin? – Questinou o loiro.

– Sim Hyunjin. – O azulado respondeu simplista.

O Yang esperou Hyunjin terminar de comer na cozinha e foi para a sala acompanhado do mesmo, Jeongin lia um livro calmo enquanto Hyunjin não aguentava o silêncio que de instalou no local. Queria a atenção do azulado para si e era isso que tentaria fazer.

Cof cof! – O moreno fingiu uma tosse seca.

Fingir estar resfriado foi a melhor opção que Hwnag havia encontrado para ter a atenção de Jeongin para si já que o mais novo parecia bem preocupado consigo anteriormente, e surpreendentemente, deu certo.

– Eu lhe avisei que iria ficar gripado Hyunjin, você tem xarope ou algum remédio do tipo? – Questinou o azulado se levantando, finalmente largando o livro de lado.

– No banheiro do meu quarto em um frasco vermelho. – Hyunjin disse com a voz um pouco rouca e tossiu um pouco.

Afinal o Hwang era um bom ator.

– Já volto. – Então o Yang subiu atrás dos remédios.

O mais novo trouxe algumas cobertas e tal remédio para a tosse de Hyunjin, o mesmo está até ficando com calor debaixo das cobertas no sofá mas se manteve no personagem.

– Isso tem gosto ruim Jeongin! Eu não viu tomar d jeito nenhum! Prefiro morrer do que isso! – Hyunjin fazia seu drama relutando para não tomar o remédio.

– Você tem que tomar Hyunjin! Culpa sua você ter que tomar esse remédio, da próxima vez não deixe a janela do quarto aberta! – Exclamou Jeongin.

Em geral o pequeno Yang era um doce de gente, porém as vezes parecia ser um velho de tão ranzinza e mal humorado, Hyunjin até ficava confuso com as mudanças de humor do mais novo.

– Tá, eu tomo! Mas só se você dormir na mesma cama que eu essa noite. – Indagou o Hyunjin sem vergonha.

Jeongin nada disse, apenas enfiou a colher na boca do mais velho na hora de descuido do mesmo, Hyunjin fez careta mas apesar do gosto ser horrível, quem cala consente.

– Nunca mais tomo isso na vida! Iria ser uma tortura! – Hyunjin exclamou enquanto o azulado revirava os olhos.

Por dentro Jeongin achava graça da situação, a careta de Hyunjin foi impagável.

– Está bem Hyunjin, eu vou voltar a ler agora. – Antes que Jeongin pudesse sair de perto de Hyunjin ele já estava no sofá com ele.

O mais velho puxou Yang pelo pulso e o abraçou desajeitado, queria atenção e faria de tudo para conseguirmos isso, tudo menos aquele silêncio agoniante, aliás Hyunjin era uma pessoa elétrica mas Jeongin era um tanto ao contrário.

– Não, agora você vai olhar um filme comigo bebê Jeongin, nem tente negar. – Hyunjin disse.

O azulado estava envergonhado e o Hwnag sabia disso, parte do ato de Hyunjin era por esse motivo, ele ama ver Jeongin sem jeito e com as bochechas rosadas.

– H-hyunjin eu não p-posso. – Tropeçando em suas palavras Jeongin pelo menos murmurou algo.

Hwang deu um riso baixo.

– Porque não? Aliás nem estudando então porque está lendo? Não vai me dizer que faz isso por vontade própria, bebê Jeongin?! – Exclamou Hyunjin.

– Tá podemos olhar um filme Hyunjin! Mas pelo menos me deixa ficar em uma posição confortável, sim? – Jeongin desistiu com facilidade.

Hyunjin abriu um sorriso de orelha a orelha, deu espaço para o menor se acomodar e o abraçou novamente, Jeongin nada disse aliás já estava se acostumando com a ousadia do moreno sem vergonha.

Escolheram um filme de ação pois os dois gostavam do tópico e começaram a olhar, Hyunjin quase não prestava a atenção na televisão, estava mais ocupado cheirando a nuca do menor, o cheirinho era bom e suave de castanha e canela.

– Innie pode ir buscar uma água 'pra mim? – Hyunjin pediu.

– Vá você Hyunjin, eu em que folgado. – Jeongin retrucou.

– Mas eu estou doente Innie eu não posso! Não vai cuidar de seu paciente enfermeiro Jeongin? – Hyunjin provocou falando contra a orelha do garoto mais novo.

Jeongin levantou em um pulo, o azulado parecia uma pimentinha de cabelo azul, Hyunjin riu discretamente, aquecia seu peito ver o Yang assim.

– E-eu vou buscar, m-mas é porque eu quero! – Afoito o azulado dou para a cozinha deixando Hyunjin só.

O garoto agora se permitia rir do mais novo, Jeongin era fofo até envergonhado e Hyunjin era especialista até de mais para fazer o pequeno Yang ficar envergonhado. Um belo casal, aliás opostos de atraem não?

Continua...


Notas Finais


Nesse capítulo apareceu muito as senhoras Yang e Hwang, então para não ficar repetindo eu queria dar um nome para elas oque vocês acham? Comentem por favor!

Beijos até a próxima bebis! ☁️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...